Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Troca de ataques: campanha negativa expõe duelo de rejeição da corrida eleitoral

Troca de ataques

DeE Tem Mais


Troca de ataques

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
22 minutos
Lançados:
19 de out. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama do uso de ataques e acusações contra o adversário como uma estratégia de campanha dos dois candidatos que disputam o segundo turno das eleições presidenciais.
A chamada campanha negativa, que já aparecia desde o início da corrida eleitoral, se tornou mais intensa nas últimas semanas. O alto índice de rejeição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) apontado pelas pesquisas de intenção de voto é um dos fatores que contribuem para que os candidatos tentem atingir o adversário.
O cenário de polarização no país e a disseminação dos ataques por meio de redes sociais e outras plataformas digitais também influenciam os esforços das campanhas para combater o oponente como forma de buscar o voto de eleitores indecisos.
Para apontar até que ponto a troca de ataques é uma forma eficiente de obter sucesso na corrida eleitoral, participam deste episódio o cientista político Jonatas Varella, diretor de dados da Quaest Pesquisa e Consultoria, e o sociólogo Gabriel Rossi, professor da ESPM.
Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.
Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
19 de out. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.