Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Derrota nas urnas: pronunciamento dá sinais sobre futuro de Bolsonaro

Derrota nas urnas

DeE Tem Mais


Derrota nas urnas

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
33 minutos
Lançados:
3 de nov. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço das reações às primeiras declarações do presidente Jair Bolsonaro (PL) após a derrota para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de 2022.
Bolsonaro foi o primeiro chefe do Executivo desde a redemocratização no Brasil a não reconhecer o resultado da eleição presidencial imediatamente após o término da apuração dos votos. Nas quase 48 horas em que o presidente permaneceu em silêncio, apoiadores dele bloquearam estradas pelo país em protesto contra o resultado das urnas.
No discurso, Bolsonaro agradeceu os 58 milhões de votos que recebeu e disse que continuará cumprindo o que determina a Constituição. Mesmo após as primeiras declarações do presidente, muitos manifestantes ainda se recusavam a deixar as ruas. A continuidade dos bloqueios levou Bolsonaro a gravar um novo vídeo, em que pediu de maneira mais enfática que as rodovias fossem liberadas.
Para traçar um panorama sobre os sinais das declarações do presidente e qual pode ser o seu futuro a partir do ano que vem, participa deste episódio o cientista político Creomar de Souza, CEO da consultoria Dharma Politics.
Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.
Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
3 de nov. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.