Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Alta dos casos de Covid-19: quais os riscos de uma nova onda da doença

Alta dos casos de Covid-19

DeE Tem Mais


Alta dos casos de Covid-19

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
20 minutos
Lançados:
14 de nov. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama das preocupações com a alta de casos de Covid-19 no Brasil e no mundo e das lições aprendidas sobre as melhores alternativas para conter a doença.
A circulação de novas variantes do coronavírus tem elevado as taxas de transmissão da doença mesmo em países com acesso à vacina, como Alemanha, Estados Unidos e França. Apesar de não estar acompanhada da alta de casos graves e mortes, a maior presença do vírus entra a população tem preocupado os médicos, inclusive no Brasil.
Uma das mutações da variante Ômicron, a BQ.1, foi identificada em 20 de outubro no Amazonas e já circula em outros estados brasileiros. Diante do aumento dos casos no país, especialistas alertam para a necessidade de ampliar a parcela da população imunizada com as doses adicionais recomendadas da vacina contra a doença.
Para descrever os riscos e os cuidados com o novo aumento de casos da Covid-19, participam deste episódio os médicos infectologistas Rosana Richtmann, do Hospital Emílio Ribas, e Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).
Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.
Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
14 de nov. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.