Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

PEC da Transição: Congresso vai definir tamanho e prazo de "licença para gastar"

PEC da Transição

DeE Tem Mais


PEC da Transição

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
23 minutos
Lançados:
17 de nov. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama das reações à entrega ao Congresso da minuta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada pela equipe de transição do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
O texto prevê uma licença para o governo gastar em 2023 até R$ 198 bilhões a mais do que o inicialmente previsto. Deste total, R$ 175 bilhões seriam utilizados para o pagamento de R$ 600 do Bolsa Família e um benefício extra, prometido por Lula durante a campanha eleitoral, de R$ 150 para famílias com crianças de até seis anos de idade.
O documento também propõe a possibilidade de ampliar as despesas, quando houver receitas extras, em até R$ 23 bilhões para investimentos em obras públicas. Mas a confirmação dos valores e do prazo para a utilização dos recursos acima do teto de gastos ainda depende da aprovação da proposta pelo Congresso.
Para descrever as dúvidas e os possíveis impactos da PEC da Transição, participam deste episódio os analistas de política e economia da CNN Thaís Arbex e Fernando Nakagawa.
Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.
Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
17 de nov. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.