SEGURANÇA EM ELETRICIDADE

Prof. Carolina Garreto

Introdução à segurança com eletricidade
• • • • Eletricidade Sistema Elétrico Trabalho em instalações elétricas Acidentes no trabalho – setor elétrico 20h (4h/semana)

DE ONDE VEM A ELETRICIDADE? DE QUE MANEIRA A ELETRICIDADE PODE SER OBTIDA?

ELETRICIDADE

• • • • • • •

Energia Solar Energia Mecânica Energia Química Energia Eólica Energia Térmica Energia Sonora Energia Nuclear (atômica)

• • • • • •

Usina Hidrelétrica Usina Termoelétrica Usina Nuclear Usina Eólica Pilha Dínamo

É a proporção entre tensão e corrente em um condutor É a produto entre tensão e corrente em um dispositivo     Tensão (V)  Resistência (Ω)  Potência (W)  ABNT Associação Brasileira de Normas técnicas  NBR – Normas produzidas pela ABNT   NR  Normas Regulamentadoras . É a diferença de potencial elétrico entre dois pontos.DEFINIÇÕES  Corrente (A)  é um fluxo de elétrons que circula por um condutor quando entre suas extremidades houver uma diferença de potencial.

SISTEMA ELÉTRICO GERAÇÃO TRANSMISSÃO DISTRIBUIÇÃO UTILIZAÇÃO (CONSUMO) .

.

sistemas de medição. interface com a transmissão de energia elétrica. . disjuntores.etc. Os riscos na etapa de geração (turbinas/geradores) de energia elétrica são similares e comuns a todos os sistemas de produção de energia e estão presentes em diversas atividades. transformadores. geradores. capacitores.). destacando os seguintes:   Instalação e manutenção de equipamentos e maquinários (turbinas.GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA  Características da geração se encerram nos sistemas de medição da energia usualmente em tensões de 138 a 750 kV. chaves.

 . realizados em subestações próximas aos centros de consumo. abrangendo processos de elevação e rebaixamento de tensão elétrica. Essa energia é transmitida em corrente alternada (60 Hz).TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA  Basicamente está constituída por linhas de condutores destinados a transportar a energia elétrica desde a etapa de geração até a etapa de distribuição.

. 220 e 380 Volts até 23 kV.  A distribuição de energia elétrica possui diversas etapas de trabalho.  A distribuição de energia elétrica aos clientes é realizada nos potenciais de 110. indo das subestações de distribuição entregando energia elétrica aos clientes.DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA É o segmento do setor elétrico que compreende os potenciais após a transmissão. 127.   Pesquisar e trazer na próxima aula algumas etapas de trabalho na rede de distribuição.

Geração Transmissão e Distribuição .

1.TRABALHOS EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS • Projeto • Construção • Montagem • Operação • Manutenção das instalações elétricas Aplica-se também a • Quaisquer serviços realizados nas proximidades das instalações elétricas 10.2 .

 Consequência da “invisibilidade”:  exposição à situações subestimadas. percepção apenas de suas manifestações exteriores. de riscos ignoradas ou .ELETRICIDADE  Eletricidade:  fenômeno que escapa aos nossos sentidos.

2KV Até 1KV Acima de 1KV  Média tensão  Alta tensão: 1KV a 36. os níveis definidos na NR são os que valem!!!!! .2KV Até 1KV  Baixa tensão   Quais normas? NBR 5410 (baixa tensão)  NBR 14039 (média tensão)  Para Segurança.NÍVEIS DE TENSÃO Para aplicação das NBRs  Para a Norma Regulamentadora   Alta tensão  Baixa tensão:   Acima de 36.

observar e praticar os procedimentos relativos à prevenção de acidentes. . cabe ao trabalhador que atua no Sistema Elétrico.ATENÇÃO!!!!  Com a evolução das tecnologias disponibilizadas à sociedade. pois como se diz no ambiente laboral: “A Segurança é DEVER de Todos”.

No Brasil existem profissões: • Não regulamentadas • Regulamentadas .

O Estado regulamenta uma profissão se entender que seu exercício indiscriminado coloca em risco a sociedade .

LEGISLAÇÃO .

Normas ABNT • NBR 6533 – Estabelecimentos dos Efeitos da Corrente Elétrica do Corpo Humano • NBR 5410 – Instalações Elétricas em Baixa Tensão • NBR 14039 – Instalações Elétricas em Média Tensão • NBR 5418 – Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas • NBR 5419 – Proteção de Estruturas contra Descargas Atmosféricas • NBR 10622 – Ensaios Elétricos em Luvas Isolantes de Borracha .

NORMAS REGULAMENTADORAS NRs .

NRs • NR-5 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA • NR-6 – Equipamento de Proteção Individual • NR-17 – Ergonomia • NR-26 – Sinalização de Segurança • NR-10 – Instalações e Serviços em Eletricidade .

interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade. direta ou indiretamente.NR 10  Esta Norma Regulamentadora . de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que.NR . .estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos.

CONDIÇÕES PARA AUTORIZAÇÃO DE TRABALHADORES QUALIFICAÇÃO X HABILITAÇÃO X CAPACITAÇÃO X AUTORIZAÇÃO Item 10.8 da NR-10 .

Tornou-se Habilitado assim que se registrou no Conselho de Classe. reconhecido pelo Sistema Oficial de Ensino. expondo-se desnecessariamente a acidentes do trabalho.  O profissional Qualificado completou com êxito seu curso de formação na área elétrica. evitando-se que funcionários sem treinamento específico e de segurança venham a exercer atividades de risco.8 DA NR-10 Descreve detalhadamente como deve ser definido o trabalhador autorizado a trabalhar em instalações elétricas.O ITEM 10.  .

PROFISSIONAL HABILITADO “pode fazer” PROFISSIONAL QUALIFICADO “sabe fazer” .

e devidamente identificada em seus registros. trabalha sob a responsabilidade de profissional habilitado e autorizado. eles estão Autorizados a exercer atividades em instalações elétricas. . Esta capacitação só tem valor na empresa em que trabalha.JÁ O TRABALHADOR CAPACITADO 1. 2. foi treinado por profissional habilitado e autorizado. Com a anuência formal da empresa em que trabalham.

FORMAÇÃO SISTEMA OFICIAL DE ENSINO NA EMPRESA QUALIFICADO Registro no Conselho Capacitação Específica dirigida e sob responsabilidade de Profissional Habilitado Autorizado HABILITADO CAPACITADO Sob supervisão de Habilitado e Autorizado Prof. Martins/07 AUTORIZADOS 27 .

RISCOS EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE O CHOQUE ELÉTRICO .

CHOQUE ELÉTRICO É uma perturbação acidental que se manifesta no organismo humano. quando percorrido por uma corrente elétrica. .

. . .Asfixia etc.CHOQUE ELÉTRICO E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA O SER HUMANO DIRETAS . . .Contrações musculares.fibrilação ventricular.parada cardíaca.queimaduras.

. .CHOQUE ELÉTRICO E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA O SER HUMANO INDIRETAS . .batidas.perda de membros. .fraturas.traumatismos.Quedas de níveis elevados. .

. tais como:  Percurso da corrente pelo corpo. A gravidade do acidente está ligada às características físicas da corrente e condições do acidente.  Tempo de duração da passagem.  Resistência do corpo humano à passagem da corrente elétrica.  Freqüência.GRAVIDADE  Natureza da corrente (contínua/alternada). que varia segundo as condições ambientais.

sendo difícil abrir as mãos para se livrar do contato.  Com uma corrente de 10 mA. a pessoa perde o controle dos músculos.  .CORRENTE ELÉTRICA  O mínimo que uma pessoa pode perceber:  1 mA. O valor mortal está compreendido entre 10 mA e 3 A.

CORRENTE (mA) <1 PERTURBAÇÕES ESTADO APÓS SALVAMENTO PROVÁVEIS CHOQUE Nenhuma Sensação cada vez mais desagradável à medida que a intensidade aumenta. per-turbações circulatórias graves inclusive fibrilação ventricular. con-trações violentas. perturbações circulatórias. contrações violentas. Sensação dolorosa. Contrações musculares. Sensação insuportável. queimaduras graves RESULTADO FINAL Normal Normal 1a9 Normal Desnecessário Normal 9 a 20 Morte Aparente Respiração Artificial Restabeleciment o 20 a 100 Morte Aparente Respiração Artificial Restabeleciment o ou morte > 100 Morte Aparente Muito difícil Morte Aparente Praticamente ou imediata impossível Morte Vários Amperes Morte . Asfixia imediata. fibrilação ventricular Asfixia imediata.

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS EFEITOS QUE UMA CORRENTE EXTERNA PODE PRODUZIR NO CORPO HUMANO? DICA: SÃO 4 PRINCIPAIS .

NATUREZA DO CHOQUE ELÉTRICO • O choque estático acontece com o contato com equipamentos que possuem eletricidade estática. etc). como por exemplo. um capacitor carregado (carro. Através do raio. • . porta metálica. acontece o choque atmosférico que é o recebimento de descarga atmosférica.

fissura ou rachadura da isolação  . Este choque se dá devido a:  toque acidental na parte viva do condutor ou equipamento  toque em partes condutoras próximas aos equipamentos e instalações que ficaram energizadas acidentalmente por defeito.NATUREZA DO CHOQUE ELÉTRICO  produzido por circuito energizado pelo contato com um elemento energizado.

TENSÃO DE TOQUE  é a diferença de potencial que um indivíduo é submetido quando em contato com partes acessíveis e condutoras simultaneamente (excluindo as partes vivas) durante uma falha de isolação .

.TENSÃO DE PASSO  é a diferença de potencial aplicada sobre os dois pés de um indivíduo na distancia de um passo (convencionalmente 1 metro) durante uma falha de isolação.

TENSÃO DE TOQUE TENSÃO DE PASSO .

F F F N Os perigos do choque elétrico podem ser mais danosos ainda. . desde que a corrente passe a transitar com maior intensidade pelo coração.

Vídeo .Choque elétrico .

ATIVIDADES: • • • • • Pesquisar e trazer na próxima aula: Algumas etapas de trabalho na rede de distribuição. Quais são os principais efeitos que uma corrente externa pode produzir no corpo humano? Pesquise sobre zona de risco elétrico. Pesquise sobre medidas de controle do risco elétrico .

4. 3. 7. Como pode ser a natureza do choque elétrico? Diferencie tensão de toque e tensão de passo. .ATIVIDADE AGORA!!!! 1. por que a eletricidade pode ser mais perigosa ainda? Quais os níveis de atuação para os trabalhadores? Cite 2 exemplos de consequencias de choque elétrico direto e indireto. Cite alguns tipos de “onde vem” a eletricidade. 2. Quais são as partes de um Sistema elétrico de potência? Como estão divididos os níveis de tensão de acordo com a aplicação das NBRs? E de acordo com a NR10? Na sua opinião. 8. 6. 5.