Você está na página 1de 7

Windows Services

(Serviços do Windows)
Os serviços do Windows são pequenas aplicações que rodam em “background” dando suporte a outras
aplicações e/ou executando tarefas específicas, sem ser necessário a intervenção do utilizador. Os serviços do Windows
podem ser configurados de modo a arrancar com o sistema operativo, ou podem ser iniciados manualmente quando
necessário.

É possível ver quais os serviços do


Windows que estão ser executados
através do gestor de tarefas
(Windows Task Manager).

Pressionando CTRL+ALT+ENTER.
Podemos escolher quais os serviços que desejamos que corram no Windows. Vai-se ao painel de controlo e
seleccionam-se as ferramentas administrativas, no caso de estarmos a trabalhar com um uma versão superior ao Windows
2000, é aconselhável mudar a apresentação do painel de controlo para a vista clássica. Da lista de opções seleccionamos
a que diz “serviços”. Então aparecerá um menu com todos os serviços instalados no Windows.

De uma forma mais simples pode-se ir à opção executar, no menu iniciar e inserir o comando “Services.msc“.
Existe também a possibilidade de activar e desactivar os serviços, no utilitário de configuração de sistema “MSConfig”.

ATENÇÃO: “Antes de modificar alguma coisa temos de ter cuidado para ver se não modificamos nenhuma opção
dos serviços básicos ao funcionamento do Windows.”
Estes serviços têm três opções de arranque (Automático, Manual e Desactivado). O “Início Automático” faz
com que a aplicação inicie automaticamente toda vez que o computador for iniciado ou reiniciado. O Início Manual faz
com que seja preciso iniciar a aplicação manualmente. O Início Desactivado desactiva esse mesmo serviço, não havendo
o risco de este ser iniciado indevidamente.
Os serviço utilizam um recurso, que é o de gravar mensagens ou eventos no “Log” de Eventos do
Windows, onde se pode verificar mensagens de alerta, atenção ou erro .

Criação de Serviços do Windows:

Também nós utilizadores podemos criar serviços do Windows.

Para criar um serviço do Windows podemos utilizar um modelo de projecto do Visual Studio chamado “Windows Service”. Este
modelo faz grande parte do trabalho automaticamente.
Instalação de Serviços do Windows:

Para instalar o serviço criado por nós, basta seguir alguns passos:
1. Criar um directório para o serviço: ex. “c:\meu_servico”;
2. Copiar o arquivo do serviço “nome_do_serviço.exe” que está na pasta, criada pelo Visual Studio,
“\nome_do_serviço\bin\Debug” para o directório criado;
3. Correr o programa “sc.exe”, que é fornecido no Resource Kit, na linha de comandos.

Exemplo:
O exemplo Seguinte cria o serviço no computador local como um serviço de inicialização automática que executa no seu próprio
processo. Neste caso possui dependências no grupo TDI e no serviço NetBIOS. Sendo necessário acrescentar aspas ao redor da
lista de dependências separadas por espaço.
(sc create “nome_do_serviço” binpath= c:\meu_serviço\nome_do_serviço.exe type= own start= auto depend= "+tdi netbios“)

Desinstalação de Serviços do
Windows:

Para desinstalar um serviço basta correr na linha de comando, “sc delete nome_do_serviço.exe”
Webografia:

http://en.wikipedia.org/wiki/Windows_service
http://imasters.uol.com.br/artigo/3838/dotnet/windows_services_-_parte_01/
http://imasters.uol.com.br/artigo/3922/servidores_windows/windows_services_-_parte_02/

Data: 08-01-2009
Curso: EFA – Nível Secundário – Instalação e Manutenção de Sistemas Informáticos
Formando: Carlos Daniel Santos Jacinto