3ª AULA – 30.11.

2012

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

1

3ª AULA – 30.11.2012

AGLOMERANTES

2

3ª AULA – 30.11.2012

CONCEITO DE AGLOMERANTES

3

3ª AULA – 30.11.2012

É um material ativo, ligante, em geral pulverulento, cuja principal função é formar uma pasta que promove a união entre os grãos do agregado.
4

3ª AULA – 30.11.2012

CLASSIFICAÇÃO DOS AGLOMERANTES

5

3ª AULA – 30.11.2012

Os aglomerantes podem ser classificados, quanto ao seu princípio ativo, em:
6

3ª AULA – 30.11.2012

Aéreos: são os aglomerantes que endurecem pela ação química do CO2 no ar, como por exemplo a cal aérea.

7

3ª AULA – 30.11.2012

hidráulicos: são os aglomerantes que endurecem pela ação exclusiva da água, como por exemplo a cal hidráulica, o cimento Portland, etc. Este fenômeno recebe o nome de hidratação.
8

3ª AULA – 30.11.2012

poliméricos: são os aglomerantes que tem reação devido a polimerização de uma matriz.

9

3ª AULA – 30.11.2012

Nesse estudo nos deteremos aos Aglomerantes hidráulicos!

10

3ª AULA – 30.11.2012

CAL HIDRÁULICA

11

3ª AULA – 30.11.2012

Este tipo de cal é um aglomerante hidráulico, ou seja endurece pela ação da água, e foi muito utilizado nas construções mais antigas, sendo posteriormente, substituído pelo cimento Portland.
12

3ª AULA – 30.11.2012

A cal pode ser utilizada como único aglomerante em argamassas para assentamento de tijolos ou revestimento de alvenarias

13

3ª AULA – 30.11.2012

Durante muito tempo a cal foi largamente empregada em alvenarias, que vêm atravessando muitos séculos de vida útil. Atualmente o maior emprego da cal se dá, misturada ao cimento Portland.
14

3ª AULA – 30.11.2012

A cal também é muito utilizada, dissolvida em água para pinturas, na proporção de mais ou menos 1,3 gramas por litro de água. A esta solução chama-se nata de cal e sua utilização é conhecida como caiação.
15

3ª AULA – 30.11.2012

GESSO

16

3ª AULA – 30.11.2012

Dos aglomerantes utilizados na construção civil, o gesso é o menos utilizado no Brasil.

17

3ª AULA – 30.11.2012

No entanto, ele apresenta características e propriedades bastante interessantes, dentre as quais, pode-se citar o endurecimento rápido, que permite a produção de componentes sem tratamento de aceleração de endurecimento.
18

3ª AULA – 30.11.2012

O gesso é um aglomerante de pega rápida, obtido pela desidratação total ou parcial da gipsita, seguido de moagem e seleção em frações granulométricas em conformidade com sua utilização.
19

3ª AULA – 30.11.2012

Devido a sua principal característica, o rápido endurecimento, o gesso presta-se à moldagem. Quanto a suas principais aplicações destacamse: • material de revestimento (estuque); • placas para rebaixamento de teto (forro); • painéis para divisórias; • elementos de ornamentação, como: sancas, etc.
20

3ª AULA – 30.11.2012

CIMENTO PORTLAND

21

3ª AULA – 30.11.2012

Cimento Portland é a denominação técnica do material usualmente conhecido na construção civil como cimento.

22

3ª AULA – 30.11.2012

O cimento Portland foi criado e patenteado em 1824, por um construtor inglês, chamado Joseph Aspdin.

23

3ª AULA – 30.11.2012

De onde vem o sobrenome do cimento?

24

3ª AULA – 30.11.2012

O Sobrenome Portland surgiu, pois era parecido com as pedras que existiam na ilha de Portland na Inglaterra.

25

3ª AULA – 30.11.2012

O cimento é um pó fino com propriedades aglutinantes, que endurece sob ação da água, sendo, portanto, um aglomerante hidráulico.

26

3ª AULA – 30.11.2012

Depois de endurecido, mesmo sob ação da água, não se decompõe mais.

27

3ª AULA – 30.11.2012

O cimento é hoje, sem dúvida, o mais importante dos aglomerantes, sendo de fundamental importância conhecer bem suas propriedades, para poder aproveitá-las da melhor forma possível.
28

3ª AULA – 30.11.2012

29

3ª AULA – 30.11.2012

Na próxima aula!!

Composição do Cimento Portland

30

3ª AULA – 30.11.2012

Assista agora ao vídeo de como é fabricado o cimento...

31

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful