Você está na página 1de 17

CARBOIDRATOS

Diminuição do gasto energético. Declínio da massa muscular. Diminuição da atividade física.
Diminuição
do gasto
energético.
Declínio da
massa
muscular.
Diminuição
da atividade
física.
CARBOIDRATOS Diminuição do gasto energético. Declínio da massa muscular. Diminuição da atividade física. A quantidade da

A quantidade da ingestão de carboidratos

relaciona-se com o gasto energético?

CARBOIDRATOS

A

ingesta

energética

total

necessidade de energia.

é

determinada

primeiramente pela

Diminuição de 30% da necessidade de energia diminuição de 30% da ingestão alimentar.

Estado nutricional em idosos saudáveis não apresentam deficiências de macro ou micronutrientes.

CARBOIDRATOS • A ingesta energética total necessidade de energia. é determinada primeiramente pela • Diminuição de
CARBOIDRATOS • A ingesta energética total necessidade de energia. é determinada primeiramente pela • Diminuição de

CARBOIDRATOS

Função: fornecer energia as células, especialmente as dependentes de glicose.

CARBOIDRATOS • Função: fornecer energia as células, especialmente as dependentes de glicose. • A recomendação de

A recomendação de carboidratos para idosos é a mesma para adultos jovens 130g/dia baseada na utilização média de glicose pelo cérebro.

Recommended Dietary Allawance (RDA)

CARBOIDRATOS

CARBOIDRATOS • Sendo o consumo excedida para compensação das proporções de consumo aceitas de gorduras e

Sendo o consumo excedida para compensação das proporções de consumo aceitas de gorduras e proteínas. 200 a 300 g/dia para homens e 180 a 230 g/dia para mulheres. Recomendação a dieta do idoso esta entre 50 a 60% do valor calórico total de carboidratos.

CARBOIDRATOS

Alterações fisiológicas do metabolismo dos carboidratos

Diminuição na tolerância da glicose da terceira até a nona década da vida, elevando a pequenos valores glicêmicos em jejum.

Aumento insulina.

na

resistência periférica à

CARBOIDRATOS • Alterações fisiológicas do metabolismo dos carboidratos • Diminuição na tolerância da glicose da terceira

CARBOIDRATOS

Outras alterações:

Homeostase dos carboidratos

Os

idosos

utilizam

preferencialmente

 

os

carboidratos como

fonte

de

energia que à gordura corporal.

CARBOIDRATOS • Outras alterações:  Homeostase dos carboidratos • Os idosos utilizam preferencialmente os carboidratos como

CARBOIDRATOS

Carboidratos Complexos

 

Carboidratos Simples

CARBOIDRATOS Carboidratos Complexos Carboidratos Simples
CARBOIDRATOS Carboidratos Complexos Carboidratos Simples

Fibras

Recomenda-se uma ingesta de

20

a

35

g/dia

para

adultos

e

idosos. São

polissacarídeos

não

amiláceos, de origem vegetal.

 

Classificados insolúveis.

em

solúveis

e

Fibras • Recomenda-se uma ingesta de 20 a 35 g/dia para adultos e idosos. • São

Fibras

Fibras

Proteínas

São

formados

existentes.

por diferentes combinações dos 20 aminoácidos

Tem funções estruturais, reguladoras, de defesa e de transporte dos fluídos biológicos.

Fontes proteicas:

De origem animal; Mistura de cereais e leguminosas.

Proteínas • São formados existentes. por diferentes combinações dos 20 aminoácidos • Tem funções estruturais, reguladoras,

Proteínas

Alterações fisiológicas das proteínas

Os idosos apresentam uma diminuição da SINTÉSE PROTEICA, além da

diminuição da massa magra (SARCOPENIA).

Proteínas • Alterações fisiológicas das proteínas Os idosos apresentam uma diminuição da SINTÉSE PROTEICA, além da
Proteínas • Alterações fisiológicas das proteínas Os idosos apresentam uma diminuição da SINTÉSE PROTEICA, além da

Proteínas

Recomenda-se proteínas.

0,8

Ingestão

pode:

elevada

g/Kg/dia de

de

proteínas

Sobrecarregar o sistema renal;

Proteínas • Recomenda-se proteínas. 0,8 • Ingestão pode: elevada g/Kg/dia de de proteínas • Sobrecarregar o
Proteínas • Recomenda-se proteínas. 0,8 • Ingestão pode: elevada g/Kg/dia de de proteínas • Sobrecarregar o

Pode interferir na absorção de Ca⁺⁺, prejudicando a massa óssea.

Proteínas • Recomenda-se proteínas. 0,8 • Ingestão pode: elevada g/Kg/dia de de proteínas • Sobrecarregar o

Funções:

Lipídios

• Funções: Lipídios  Energéticas, estruturais e hormonais;  Auxiliam na absorção e transporte de vitaminas

Energéticas, estruturais e hormonais; Auxiliam na absorção e transporte de vitaminas lipossolúveis. O consumo não deve ser superior a 300 mg/dia.

A ingestão recomendada de lipídeos é de 20 a 30% do valor calórico total.

• Funções: Lipídios  Energéticas, estruturais e hormonais;  Auxiliam na absorção e transporte de vitaminas

Lipídios

Não devendo as gorduras saturadas ultrapassar 10%.

Lipídios • Não devendo as gorduras saturadas ultrapassar 10%.

O

restante

VEGETAIS.

deverá ser
deverá
ser

Lipídios

mono

e

poliinsaturardos

GORDURAS

• O restante VEGETAIS. deverá ser Lipídios mono e poliinsaturardos – GORDURAS

Lipídios

Ômega 6 (ácido linoleico)

Ômega 3 (ácido linolênico)

Lipídios Ômega 6 (ácido linoleico) Ômega 3 (ácido linolênico)
Lipídios Ômega 6 (ácido linoleico) Ômega 3 (ácido linolênico)
Água • No idoso a ingesta de água merece atenção especial, é comum casos de desidratação

Água

No idoso a ingesta de água merece atenção especial, é comum casos de desidratação e de distúrbios hidroeletrolíticos.

O sistema renal diminui sua capacidade funcional; Há diminuição da sensação de sede, causando a privação de água. Está privação pode estar relacionada com distúrbios cognitivos e debilidades físicas.

A ingestão hídrica diária recomendada de ser ml/Kg.

Água • No idoso a ingesta de água merece atenção especial, é comum casos de desidratação

de

1

ml/Kcal ou 30