Você está na página 1de 17

Esquemas de

Reforçamento
Armando Rezende Neto
UNIBAN
UNIFESP - Psiquiatria
ESQUEMAS DE REFORÇAMENTO:
Princípios Básicos

 Comportamentos são controlados


pelas conseqüências.

 Logo, comptos. podem aumentar ou


diminuir de freqüência dependendo
dos estímulos que o seguem.

Estímulo conseqüente do tipo


 Reforço positivo.
 SOMOS SEMPRE REFORÇADOS?

 Modo pelo qual somos reforçados 


Esquema de reforçamento.

 DEFINIÇÃO:
 Modo pelo qual a ocorrência do
reforço é programada no
procedimento de Reforçamento
Positivo.
ESQUEMAS DE REFORÇAMENTO

 2 Tipos:
 Esquema de Reforçamento
Contínuo (CRF) e

 Esquemas de Reforçamento
Intermitente
 (RAZÃO E INTERVALO)
Esquema de Reforçamento
Contínuo - CRF
 Todas as respostas emitidas são
reforçadas.

 Utilizado logo após a fase de


instalação da resposta (às vezes,
logo após a Modelagem).

 EXEMPLO: logo após fazer um


amigo, manter contatos freqüentes
com este amigo.
Esquemas de Reforçamento
Intermitente
 Reforço é apresentado
ocasionalmente. Somente algumas
respostas são reforçadas.

 Utilizados para manutenção de


respostas (depois de aprendidas)

 EXEMPLO: elogiar só de vez em


quando o funcionário quando faz
algo correto.
TIPOS DE INTERMITENTES
 Esquema de Reforçamento em RAZÃO:
 O reforço é liberado após um número
determinado de respostas emitidas.

 Esquema de Reforçamento em
INTERVALO:
 O reforço é apresentado depois da
primeira resposta após uma passagem
de tempo.
ESQUEMA DE
REFORÇAMENTO EM RAZÃO
1. FIXA (FR)
 O reforço é liberado após um número
fixo de respostas.
 FR:5  são necessárias 5 respostas
para apresentação do reforço.

 PADRÃO: 1) Gera alta freqüência de


respostas.
 Quanto mais o organismo
responder mais reforços obterá.
 Se responder com rapidez será
reforçado imediatamente e
freqüentemente.
 2) Pausa após o reforçamento:
 O organismo discrimina que o
reforço demorará a vir.
 Discriminação facilitada, pois o
número de respostas é sempre o
mesmo p/ cada reforço.

 EXEMPLO: série de abdominais.


ESQUEMA DE
REFORÇAMENTO EM RAZÃO
 VARIÁVEL (VR)
 No. de respostas entre cada reforçador
varia. O reforço é liberado após uma
média de respostas. Esquema muito
comum em nosso cotidiano.

 PADRÃO:
 Gera alta freqüência de respostas e
sem pausas após reforço, pois não há
como o organismo discriminar o no.
de respostas para o próximo reforço.
 EXEMPLOS:
 Dizer “bom dia”: dizemos bom dia a 2
ou 3 pessoas diferentes até sermos
reforçados.
 Vender carros: oferecemos carros a 2
ou mais pessoas até fecharmos uma
venda.
 Fazer barba, pentear o cabelo, jogar em

máquina caça níqueis, etc.


ESQUEMA DE REFORÇAMENTO DE
INTERVALO

1. FIXO (FI)
 Reforçadores estarão disponíveis depois
de transcorridos intervalos fixos desde o
último reforço. Respostas no meio do
intervalo não são reforçadas. Para
receber o reforço o organismo deve se
comportar pelo menos 1 vez.

 PADRÃO:
 Gera baixa freqüência de respostas no início
do intervalo e alta freqüência de respostas no
final do intervalo. Grandes pausas após o
reforço.
 EXEMPLO:
 Fiscal passa em um setor da fábrica de
hora em hora para inspecionar o
trabalho dos operários – FI 60 minutos.
 Programas de TV: todos os dias, ligo a
televisão num determinado horário para
assistir ao telejornal.
ESQUEMA DE REFORÇAMENTO EM
INTERVALO

1. VARIÁVEL (VI)
 Reforço está disponível após a
passagem de intervalos variáveis de
tempo. Isto é, o intervalo entre o último
reforçador e o próximo não são os
mesmos.

 PADRÃO:
 Gera alta freqüência de respostas sem
pausas após o reforço, pois o organismo não
tem como prever quando o reforçador estará
disponível. Responderá quase o tempo todo.
 EXEMPLO:
 Fiscal da fábrica passando em
intervalos variáveis de 60 minutos
 VI 60 minutos.
 Olhar a rua a cada 5 minutos em média
para verificar se o ônibus se aproxima
da parada  VI 5 minutos.
 Achar uma boa música no rádio, ser
elogiado pelo(a) namorado(a), etc.
DISPONIBILIDADE LIMITADA

 DEFINIÇÃO:
 É um tempo determinado, após o intervalo, no
qual a resposta deve ocorrer, caso contrário, o
reforço não será liberado.

 EXEMPLOS:
 Comportamento de fazer sinal para o
ônibus, sendo reforçado com a parada do
ônibus:
 a disponibilidade limitada é quando passado o
intervalo necessário para o surgimento do
ônibus, há um período limitado de tempo para
fazer o sinal e ele parar.
COMPARAÇÃO ENTRE CRF E
INTERMITENTES

QUANTO A:

 Freqüência de Respostas;
 Aquisição de Comportamentos;
 Manutenção de Comportamentos;
 Efeitos sobre a Extinção
(perseverança e teimosia).