Você está na página 1de 14
Noam Chomsky Modelo Gerativista

Noam Chomsky

Modelo Gerativista

As teorias atuais sobre aquisição da linguagem assumem que, juntamente com as experiências (empiristas), as crianças fazem uso de alguma forma de capacidade inata.

*Racionalismo-inatista:
*Racionalismo-inatista:

*A criança já nasce dotada de uma capacidade inata de aquisição da linguagem,

*O aprendizado da língua materna é o resultado de um amadurecimento dessa criança, isto é, uma consequência de suas suposições, respostas ou conclusões, a respeito da língua a ser adquirida.

* Então, quanto maior for à capacidade cognitiva, maior será a possibilidade de suposições levantadas por ela, e mais perto ficará da língua do adulto.

NOAM CHOMSKY

*Nascido em 1928 nos EUA *Professor do Instituto de Tecnologia de Massachussets

- MIT

*Publicou o livro Syntactic Structures, em 1957. A obra veio a se tornar um divisor

de águas na linguística do

século XX. *Nesta

obra,

e

em

publicações

posteriores

(1965

e

anos

seguintes),

desenvolveu o conceito de

Gramática

Gerativo-

Transformacional.

NOAM CHOMSKY * Nascido em 1928 nos EUA * Professor do Instituto de Tecnologia de Massachussets

*Críticas ao Behaviorismo:

O ritmo que a crianças aprendem gramática e palavras sem serem

ensinadas é extraordinário demais

para

ser

explicado

apenas

pelos

princípios da aprendizagem (hábito,

condicionamento ou imitação).

Os

indivíduos

sentenças

novas

receberem reforço.

geram

diversas

independente

de

PRESSUPOSTOS TEÓRICOS

*Os estudos de Chomsky nos indicam que os seres humanos apresentam uma predisposição

genética que permite a aquisição da

linguagem.

*Todo ser humano possui uma capacidade inata para adquirir qualquer língua.

*Atenção: não

é

a

lingua que

capacidade linguística.

é

inata, é

a

*A morada da linguagem passa a ser a mente humana.

*A capacidade para adquirir

a

linguagem é

uniforme, comum aos membros da espécie.

PRESSUPOSTOS TEÓRICOS (cont.)

*Encara a Linguagem como um processo criativo, uma atividade cognitiva e racionalista.

*A estrutura da linguagem é determinada, em grande parte, biologicamente. A função da experiência é ativar a capacidade inata para

adquirir e usar um código linguístico.

*A fala da criança não é simples imitação da fala do adulto, pois possui fatos que não aparecem

na língua do adulto, então a fala das crianças é

original possui suas próprias regras, que através da convivência com o adulto é que vão se moldando.

Pontos Principais:

DISPOSITIVO DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM (DAL)

Chomsky propõe que a criança tem um equipamento mental chamado de Dispositivo de Aquisição da Linguagem

que é inato e quando ativado possibilita descobrir as regras da língua. O DAL trabalha a partir de sentenças (input) e gera como resultado a gramática da

língua à qual a criança está exposta.

GRAMÁTICA UNIVERSAL (GU)

A criança tem uma Gramática Universal inata que contém as regras de todas as línguas, e cabe a ela,

criança, selecionar as regras que estão ativas na

língua que está adquirindo.

A Gramática Universal

aquisição

da

propriedades:

linguagem

é

o

e

estágio inicial

da

tem

as

seguintes

*É genética, faz parte da nossa bagagem biológica;

*É inata,

quando nasce todo ser humano tem a

capacidade necessária para aprender qualquer

língua;

*É universal, é igual para todas as pessoas em todos os lugares do mundo.

FACULDADE DA LINGUAGEM

*A Faculdade da Linguagem explica porque em pouco tempo uma criança normal aprende a língua que ouve ao seu redor. Portanto, sem treinamento

especifico, sem experiência prévia e sem ser

exposta a dados negativos, uma criança consegue dominar a língua nativa em poucos anos.

*A

Faculdade

da

Linguagem

princípios e por parâmetros:

é

composta por

*Os Princípios são línguas,

leis válidas

para todas

as

*Os Parâmetros dizem respeito a propriedades

específicas

de

cada

língua,

estes são

responsáveis pelas diferenças observadas entre

as línguas.

GRAMÁTICA GERATIVO -

TRANSFORMACIONAL

*A gramática constitui um sistema de regras que interagem continuamente para gerar um

número indefinido de estruturas linguísticas, ou seja, Chomsky considera que o sujeito que dominar um conjunto finito de regras será capaz de produzir um número infinito de

sentenças gramaticais de uma língua

qualquer.

*Toda

gramática

é

componentes básicos:

formada

por

três

o sintático,

o fonológico e

o semântico.

TIPOS DE ESTRUTURA LINGUÍSTICA

Cada sentença gramatical é composta por:

*A

Estrutura

Profunda

é

o

fator

essencial

na

determinação do significado, sendo, portanto, a

responsável

pela

interpretação

semântica

da

sentença.

*A Estrutura Superficial está diretamente vinculada

ao

componente

determinando

a

fonológico

interpretação

da

gramática,

fonética das

sentenças.

*Exemplo:

*João é ávido de agradar *João é fácil de agradar.

*Mesma estrutura superficial. *Estrutura profunda diferente.

*O componente sintático da gramática de uma língua é aquele que especifica se as sentenças são ou não gramaticalmente aceitáveis. É ele

o responsável por gerar a estrutura superficial

e a estrutura profunda das sentenças, inter-

relacionando-as.

Gramática Gerativa - Transformacional:

estuda as gerações e as transformações das

frases.

COMPETÊNCIA E DESEMPENHO

Chomsky traçou a distinção fundamental entre:

*

 

Competência - o conhecimento que uma pessoa tem das regras de uma língua

*

Desempenho

-

o

uso

efetivo dessa

língua

em

situações reais.

A competência é, então, o conjunto de aptidões especializadas que um indivíduo adquiriu em sua primeira infância e que lhe permitem, ao nível do desempenho, enunciar e compreender um número infinito de frases de sua língua materna. O desempenho é, afinal, aquilo que efetivamente realizamos quando falamos (ou quando ouvimos, ou escrevemos ou lemos).

Grupo:

*Amanda Brasil *Erika Barbosa *Ermelinda Piedade *Glaucia Magalhães *José Geraldo Ferreira

Grupo: * Amanda Brasil * Erika Barbosa * Ermelinda Piedade * Glaucia Magalhães * José Geraldo