Você está na página 1de 17

Escola Básica Integrada De Silvares S.

Martinho

O desporto e a saúde
Ano lectivo 2008/2009

Trabalho elaborado por:


Carmo nº9
Margarida nº3
Sandra nº23
Carlos nº8
Disciplina: Área de Projecto Pedro nº20
1- Introdução
2- Porque deve fazer exercício?
3- Combinar o exercício com a alimentação
4- O desporto faz bem à saúde e não só
5- Componentes de aptidão de diferentes actividades
6- A competição é divertida e faz bem à saúde
7- Quais os tipos de exercícios mais adequados
8- Benefícios da actividade física
9-A vida nas sociedades modernas
10- Nível de actividade física
11- A prática desportiva
12- Promoção de saúde e prevenção de doenças
12.1-vantagens
12.2-desvantagens
13- Estilo de vida
14- Conclusão
15- Bibliografia
Este trabalho pretende apresentar que a prática desportiva é uma
forma simples e saudável de combater a obesidade. Nesta
apresentação abordaremos alguns aspectos da relação entre a
actividade física, a saúde e o bem-estar em todas as idades.
Pretendemos também alertar a sociedade para poderem
combaterem todas as doenças fazendo exercício físico.
A chave para um modo de vida saudável, que inclua bem-estar físico e mental, está
em encontrar um nível de exercício que considere estimuladamente e que possa
facilmente manter numa base regular.
Embora muitas pessoas façam exercício regularmente, a maior parte de nós fá-lo
o menos possível quando não pode ser evitado, tem de ser suportado.
Esta imagem está contudo a mudar lentamente, à medida que as exigências físicas
da maioria dos trabalhos vão diminuindo e a informação em relação aos vários
benefícios do exercício se vai tornando mais acessível, mais pessoas começam a
fazer exercício numa base de prazer pessoal.
Em termos gerais, podem-se obter dois benefícios claros da prática regular de
exercício. O primeiro é a saúde melhor, o segundo é uma forma física melhor.
O exercício também desempenha um papel importante num modo de vida saudável
num modo de vida saudável, pois quando faz exercício queima energia, podendo
depois apreciar algo de bom sem se preocupar com o aumento de peso. No entanto, a
tendência nos últimos anos tem sido para um modo de vida menos activos.
Se esta tendência se mantiver, é provável que leve a problemas de saúde graves no
futuro. Contudo, as oportunidades de exercício são mais acessíveis do que nunca.
O exercício também desempenha
um papel importante num modo de
vida saudável num modo de vida
saudável, pois quando faz
exercício queima energia,
podendo depois apreciar algo de
bom sem se preocupar com o
aumento de peso. No entanto, a
tendência nos últimos anos tem
sido para um modo de vida menos
activos.
Se esta tendência se mantiver,
é provável que leve a problemas
de saúde graves no futuro.
Contudo, as oportunidades de
exercício são mais acessíveis do
que nunca.
Um dos requisitos mais importante para um
programa de exercício eficaz é assegurar-se de
que o seu organismo recebe o combustível certo
para sustentar o tipo e intensidade de exercício
que escolheu.
Todas as pessoas devem estar a par de todos
os alimentos básicos da alimentação saudável.
O aspecto mais importante da alimentação é
obter o equilíbrio certo de vários grupos
alimentares.
Para a maioria dos adultos, a carne e os
produtos lácteos devem ser evitados.
Os alimentos que devem manter no mínimos
devem ser as gorduras. Por fim, certifique que
bebe muita água por dia.
Comer uma alimentação baseada nestes
princípios assegura que obtém todos os nutrientes
essenciais para uma boa saúde. O exercício
contudo, faz exigências extra ao seu organismo
que pode requerer alterações na alimentação.
Individualmente, o desporto o desporto
pode ser: aplaudir a sua equipa de
futebol, fazer o seu jogging diário ou
transpirar numa aula de aeróbia. Mas, a
nível colectivo, o desporto ganha uma
dimensão completamente diferente. Para
além dos evidentes benefícios para a
saúde, o desporto assenta em valores que
aproximam as pessoas. O desporto é
importante em termos de emprego,
representando 15 milhões de postos de
trabalho unicamente na Europa.
Não é, portanto surpreendente que a
U.E. queira promover e salvaguardar os
benefícios do desporto para a sociedade
e para a economia. Desde 2004, ano
Europeu da educação pelo desporto, a
comissão Europeia trabalha para dar mais
visibilidade ao desporto.
Escolher um desporto ou exercício pode inicialmente ser uma tarefa difícil. Contudo, se
souber quais as áreas de aptidão que quer desenvolver a tabela seguinte pode ajuda-lo
a decidir o desporto ou exercício certo para si.

Força muscular Resistência Resistência Flexibilidade


Desporto Aeróbia Muscular
Aula de Não sim sim sim
aeróbia
Dança Sim Sim Sim Sim
Treino de Sim Sim Sim Sim
circuito
Caminhar Não Sim Sim Sim
Correr Não Sim Sim Não
Remar Sim Sim Sim Sim
Nadar Sim Sim Sim Sim
Artes marciais Sim Não Sim Sim
Ginástica Sim Não Sim Sim
Desportos de Não Sim Sim Sim
raqueta
Ciclismo Não Sim Sim Não
Muitas pessoas são atraídas para actividades
que implicam forte competição com outras
pessoas, enquanto outras preferem competir
contra os elementos ou contra si próprias.
Algumas das pessoas que participam em
provas e sabem que não conseguem ganhar,
mas não desanimam porque tentam sempre
bater os seus recordes pessoais.
Apesar disso, os participantes têm de
treinar para ficarem suficientemente aptos
para concluírem o desafio.
Para muitas pessoas, o desporto competitivo
proporciona o incentivo para treinar
regularmente e aumentar os níveis da
actividade, para além do mínimo necessário
para a saúde. Em alguns desportos é o treino
e não a competição que tem um determinado
valor para a saúde.
Basicamente, existem dois tipos de
metabolismo empregados pelo organismo na
produção de energia para a execução do
trabalho muscular: aeróbico e anaeróbico.
A diferença entre aeróbica e anaeróbica
são que a aeróbica consiste no trabalho dos
músculos de longa duração mas com pouco
dispêndio de energia e a anaeróbica consiste
no trabalho dos músculos de curta duração
mas com muito dispêndio de energia.
Exemplos de exercícios de aeróbica são a
natação, ciclismo, corridas e várias formas
de energia.
Exemplos de exercícios de anaeróbica são
levantamento de peso e as corridas de curta
distância contra o relógio.
O estilo de vida cada vez mais sedentário está a
causar altos níveis de inactividade entre as pessoas
de todas as idades, em todo o mundo.
A oms reconhece a grande importância da actividade
física para a saúde física, mental e social,
capacidade funcional e bem-estar de todos os
indivíduos e de todas as sociedades. Aponta para as
necessidades de política e programas que levem em
conta as necessidades e possibilidades das diferentes
populações e sociedades, com o objectivo de integrar
a actividade física ao dia-a-dia de todas as faixas
de idades, incluindo mulheres, idosos, trabalhadores
e portadores de deficiências, em todos os sectores
sociais, especialmente na escola, no local de trabalho
e nas comunidades.
O sedentarismo é enfatizado com um factor de risco
que causa doenças, com a mesma importância que o
fumo e a alimentação.
O estilo de vida sedentário é um factor de risco
relevante para a interinidade conoriana e um os
principais causadores de morte.
A prática desportiva tem
influência na nossa saúde, ou seja
o desporto é uma maneira de
prevenir a obesidade e tem como
objectivo dar a ver às pessoas
que o desporto é bom para a
saúde.
O desporto é uma actividade
física sujeita a determinados
regulamentos e que geralmente
visa a competição entre
praticantes e desenvolve as
habilidades e capacidades
motoras.
Em média os rapazes praticam
mais desporto que as raparigas.
A relevância do binómio
A actividade física e a saúde leva à necessidade de
melhor informar e educar a população à cerca da prática
regular da actividade física, como o factor de promoção da
saúde e prevenção de doenças. É importante compreender
a relação intrínseca entre a saúde e estilo de vida, em
fundamental. Deve-se ter sempre em mente que o corpo
humano foi projectado para a acção, e não para a
inactividade.
Vantagens: Fazendo actividades físicas as pessoas, em
geral, ficam mais saudáveis e não têm tanta possibilidade
de ficar obesos.
Fazer desporto é bom para qualquer pessoa
independentemente da saúde de cada um.
Desvantagens: O estilo de vida sedentário é um factor de
risco relevante para a interinidade coronária e para o
acidente vascular, as principais causas de morte em todo o
mundo.
O risco de doença cardíaca para as pessoas menos activas
e menos condicionadas pode ser o dobro, comparado com
as pessoas mais activas e condicionadas.
Com este trabalho conseguimos conciliar o desporto com a saúde.
Aprendemos que o desporto é essencial para a nossa saúde bem
como uma alimentação saudável.
Também aprendemos que há várias maneiras de fazer desporto e
que não é preciso ter um hobbies.
Internet:
http://www.educacaopelodesporte.org.br/congresso/papers/antonio%20m
arques
http://outroscaminhos.blogs.sapo.pt/29845.html
http://www.google.pt(search?hl=pt-
ptlq=0+desporto+e+a+sua+import%c3%a3%a2ncia+para+a+sa%c31.ba.de
btng=pesquisa+do+googlemeta=
http://nataçaosincronizada.blog.com/3088023/
http://www.uclo.br/mestradoef/rbcm/12/12%20-%201/c-12-1-8.pdf
http://imagens.google.pt/imgres?imgurl=http://www.cn-
funchal.pt/cnf/images/www/desporto/desporto
Livros:
Exercícios e saúde- selecçãodo reader´s digest- 1998
Carmo: Resumiu alguns textos e passou-os em suporte de
papel, fez algumas coisas no PowerPoint e fez o índice com a
ajuda da Margarida.
Margarida: Resumiu alguns textos e passou-os no suporte de
papel, fez a introdução e passou textos no PowerPoint. Fez a
conclusão com a ajuda da Carmo.
Sandra: Passou vários textos que resumiu no suporte de papel e
no PowerPoint.
Pedro: Passou textos em suporte de papel e no PowerPoint.
Carlos: Fez vários resumos e passou alguns no suporte de papel e
no PowerPoint.

Local de encontro: Terças-feiras às


14:00 h na Biblioteca