Você está na página 1de 29

GOVERNO DO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

DEPARTAMENTO GERAL DE AÇÕES SOCIEDUCATIVAS


Rio de Janeiro DIREÇÃO GERAL

Reflexões sobre deveres


e responsabilidades
através de metáforas

Ph
Assessoria
Assessoria
Empresarial
Empresarial
Sérgio Lins
21-8167-0444

16:00 18:00 – Sexta Feira 17-04-2009 1


Sumário bem esclarecedor

• O guru que fez chover;

• O rato que avisou sobre a cobra;

• Migalhas de pão que afastam tigres;

• Nosso relacionamento com o Papa;

• O homem nu coroado rei da ilha;

• Metáforas instigam a reflexão.

Um sumário pode ser tão


enigmático quanto esta figura
Vamos resolver este enigma aos acima que muitos não
poucos... percebem do que se trata.
2
Sérgio Lins
2009
As metáforas comunicam
indiretamente
1. Metáforas simples fazem comparações elementares e diretas:
– meter a mão em cumbuca;
– feio como o diabo;
– fazer das tripas coração.
2. Metáforas complexas são histórias com diversos níveis de
significado que quando contadas de maneira clara e simples:
– Distraem a mente consciente e ativam a procura inconsciente de
significados;
– Revelam elementos ocultos que apenas o inconsciente pode perceber e
utilizar.
3. Metáforas estimulam a busca por relevância, concretude e
significado, para os conceitos pertinentes ao nosso dia-a-dia:
– Iniciativa, precaução, segurança, continuidade, mudança, crescimento;
– Sinergia, visão, dado, informação, sabedoria, conhecimento;
– Ameaça, inferência, inovação, inter-relacionamento.

Sérgio Lins
3
2009
O guru que fazia chover
...mas a minha
terra já estava
preparada!
E a de vocês?

Esteja sempre se preparando para quando a


situação mudar
(...) Decorrido algum tempo, a chuva começou a cair sobre a terra
ressecada. Ao perguntarem como obtivera tamanho milagre, ele respondeu
humildemente... "A cada dia, ao cultivar o jardim, voltava-me mais para
dentro de mim mesmo. Quanto à chuva, não sei a razão, mas tenho certeza
que a terra do meu jardim já está preparada. E a de Vocês?"

Sérgio Lins
4
2009
Valorizar a liderança proativa
1. Certifique-se de que já fez tudo para melhorar a situação;
2. Não tente atuar diretamente sobre fenômenos incontroláveis;
3. Descubra o aspecto da continuidade que compõe o problema;
4. Planeje o que fazer se o problema persistir;
5. Lembre que oportunidade só ocorre para a mente preparada;
6. Esteja sempre se preparando para quando a situação mudar.

Preparar-se constantemente para assegurar a continuidade dos


serviços por mais adversa que seja a situação
Atribuições
- Inteirar-se das leis que regulam as práticas relativas ao cumprimento de medidas
socioeducativas; (2.0)
- Realizar o deslocamento de internos de seus alojamentos para locais de atividade com
o número suficiente de educadores; (7.3)

Sérgio Lins
5
2009
O aviso do rato

Esteja sempre atento às ameaças, mesmo que elas não


pareçam importantes
Quando o rato falou que viu uma cobra se arrastando na direção da casa da
fazenda, a galinha, a vaca e o porco disseram que não era problema deles, pois
não viviam lá. Pouco depois, a cobra picou a dona da casa que, ao adoecer,
precisou de dieta especial que incluía uma boa canja de galinha. Os vizinhos,
que visitaram a doente, saborearam um bom churrasco e um suculento pernil.
Enquanto a vaca, a galinha e o porco serviam de alimento, o rato se deliciava
com as migalhas deixadas pelos descuidados visitantes.
Sérgio Lins
6
2009
Manter uma visão sistêmica
1. Todo aviso insistente merece ter suas implicações avaliadas;
2. O “agora-aqui” sempre influencia o “futuro-acolá”;
3. Desenvolva um senso de responsabilidade abrangente;
4. Coloque-se a disposição para dar apoio a outras áreas;
5. Sinais muito tímidos podem antecipar crises muito graves;
6. Deve-se avaliar o que aconteceria caso ameaças se realizem;
7. Desaprove o descaso relativo ao que afeta outras áreas;
8. A crise de uma área pode crescer e repercutir em todas.
Coordenar atividades das diversas equipes, chamando atenção para
o inter-relacionamento das suas responsabilidades
Atribuições
- Tomar conhecimento de todos os fatos relevantes ocorridos no período compreendido
por sua folga e compartilhá-los com a equipe a qual coordena; (6.0)
- Atuar de forma preventiva, mediando conflitos, toda vez que notar o início de
desentendimentos entre os atores integrantes do ambiente socioeducativo; (21.0)

Sérgio Lins
7
2009
O tigre invisível

Mantenha-se prevenido das ameaças invisíveis e inesperadas

Nasrudin estava jogando migalhas de pão em volta da sua casa. Alguém passa e
pergunta: o que está fazendo? Ele responde que está mantendo os tigres
afastados. O outro comenta que não há tigres por ali. Ele diz: exatamente! Vê
que eficiência!

Sérgio Lins
8
2009
Identificar ameaças invisíveis
1. O ambiente sofre influências externas incontroláveis;
2. Surpresas podem acontecer por mais previdente que se seja;
3. Informações nunca são suficientemente completas;
4. Mensagens podem estar chegando sem serem entendidas;
5. Cuidado com as mudanças invisíveis, graduais ou indiretas;
6. Ameaças invisíveis não emitem sinais e são muito perigosas;
7. Monitoração constante evita ocorrências indesejáveis.

Estimular senso de responsabilidade, monitorando o ambiente para


evitar solução de continuidade nos serviços
Atribuições
- Realizar checagem minuciosa de toda a estrutura física da Unidade na qual exerce a
função de Coordenador, registrando e relatando à chefia imediata toda e qualquer
alteração que afete a segurança da casa e a execução da medida socioeducativa. (9.0)
- Atuar de forma preventiva, mediando conflitos, toda vez que notar o início de
desentendimentos entre os atores integrantes do ambiente socioeducativo; (21.0)

Sérgio Lins
9
2009
As longas colheres

Reconheça que certas tarefas são impossíveis se


não forem realizadas em equipe

(...) Os convidados queriam servir-se, mas surpreenderam-se quando


perceberam, no caldeirão, enormes colheres de metal, com mais de um metro
de comprimento. Não se podia segurar as colheres quentes a não ser por uma
pequena haste de madeira em suas extremidades. Desesperados, todos
tentavam comer, sem resultado. ...um dos convidados segurou a colher pela
haste e levou-a à boca de seu vizinho. Todos o imitaram e se saciaram.

Sérgio Lins
10
2009
Consciência sinergística
1. Cuide para que todos percebam rapidamente os objetivos;
2. Reconheça que certas tarefas só se realizam em equipe;
3. Mantenha-se atento em busca de quem precisa de apoio;
4. Tenha humildade para reconhecer quando precisa de ajuda;
5. Classifique o grau de dificuldade com que realiza as coisas;
6. Aproveite seus pontos fortes e compense suas fraquezas;
7. Agregue o seu potencial às diferenças admiráveis de outros;
8. Imite a natureza quando cria um ar livre de poluição.
Desenvolver atividades de integração, disseminado conhecimento e
habilidades em prol de maior eficiência e eficácia do trabalho
Atribuições
- Estar de posse da grade diária de atividades socioeducativas, dos adolescentes, a fim
de otimizar sua execução; (7.0)

Sérgio Lins
11
2009
Água do paraíso

...Harith teve a impressão de que aquela


era a verdadeira água do paraíso...
(...) Harun, o Íntegro, provou da água, e ordenou aos guardas palacianos
que levassem Harith e o mantivesse detido por algum tempo, até tornar
conhecida sua decisão sobre aquele caso... ”O que para nós não é nada,
para ele é tudo. Leve-o deste palácio durante a noite para que ele não veja
o poderoso rio Tigre. Escoltem-no até sua tenda no deserto, dêem-lhe 5mil
dinares e façam-no guardião da água do paraíso...

Sérgio Lins
12
2009
Reconhecimento do valor das
idéias
1. Honre a liderança e explique a essência da idéia;
2. Ouça atentamente a idéia e adie comentários prematuros;
3. Descreva o ambiente em que surgiu a idéia;
4. Pense no valor da idéia onde ela surgiu e nunca a desmereça;
5. Tenha humildade e admita a possibilidade de idéias melhores;
6. Incentive e faça o autor desenvolver e aplicar a idéia;
7. Aceite a responsabilidade pelo desenvolvimento da idéia.

Por melhor que seja o seu relato, ao apresentá-lo, esteja preparado


para ouvir todos os tipos de comentários
Atribuições
- Assessorar a equipe técnica da Unidade, relatando toda e qualquer informação
relevante, conforme forem surgindo os atos ou fatos que despertem a atenção do
Coordenador e sua equipe. (16.0)
- Estimular, orientar e cobrar o tratamento cordial e respeitoso entre todos os atores
envolvidos com o cumprimento das Medidas Socioeducativas; (29.0)

Sérgio Lins
13
2009
Relacionamento com o Papa

A proximidade dos relacionamentos pode ser


surpreendente
(...) O professor então explicava que é muito amigo da irmã de um
arcebispo que foi amigo do João Paulo II. Assim, o professor tem
proximidade 1 com a amiga, 2 com o arcebispo, e proximidade 3 com o
Sumo Pontífice. Isto garante uma distância máxima de 4 entre os alunos e
o Papa, pois todos podem ter certeza que a interação da sala de aula
garante que não passa de 1 a distância deles para o professor.
Sérgio Lins
14
2009
Desenvolver rede de
relacionamentos
1. Não se tem noção do poder das relações humanas;
2. Sobre relacionamentos pode-se dizer que:
– Independem das distâncias e podem ter conseqüências imprevisíveis;
– Independem do conhecimento direto e ter proximidade surpreendente;
– Podem fugir do nosso controle e serem benéficos ou maléficos;
3. Amizade não é condição de relacionamento;
4. Relacionamentos são fundamentais para as negociações;
5. Comunicação cria, desenvolve e mantém relacionamentos;
6. Relacionamentos são úteis para antecipar crises.
Usar mecanismos de comunicação abrangentes para criar,
desenvolver e manter rede de relacionamentos
Atribuições
- Coordenar, orientar e supervisionar todo o trabalho realizado pelos educadores afetos
ao seu plantão; (19.0)
- Coordenar as atividades, delegando tarefas, proporcionando condições de realização
das atividades com o máximo de eficácia; (18.0)
- Exigir da equipe que só se ausente da Unidade com sua autorização, pois o
coordenador deve saber onde cada um está; (19.1)
Sérgio Lins
15
2009
Os verdadeiros tesouros pertencem a
todos

O valor de um tesouro depende do conhecimento do


seu significado

(...) Obrigado por me dar o tesouro. - Não me agradeça por uma coisa
que você não recebeu. Como não lhe dei as jóias elas não são suas,
absolutamente. - Como você sabe - respondeu o amigo, - senti tanto
prazer admirando os tesouros quanto você, por isso não há essa
diferença entre nós como pensa. Só que os gastos e o problema de
encontrar, comprar e cuidar as jóias são seus…
Sérgio Lins
16
2009
Busca pela excelência
1. Desenvolva e transforme conhecimento em sabedoria;
2. Reconheça que o conhecimento é multiplicado ao ser dividido;
3. Compartilhe conhecimento como a apreciação de um tesouro;
4. Dê polimento nas gemas que apresentarem pouco brilho;
5. Aumente o valor com as críticas e as questões levantadas;
6. Procure parceiros para aumentar o seu tesouro;
7. Honre todos que contribuírem para o tesouro;
8. Divulgue o conteúdo do seu tesouro.
Participar de comissões e reuniões para obter conhecimentos e
posteriormente divulgá-los entre os educadores
Atribuições
- Coordenar a ação diária dos educadores, visando atingir a excelência resultante da
perfeita harmonia e equilíbrio entre as práticas de segurança ativa e a individualização da
medida socioeducativa; (1.0)

Sérgio Lins
17
2009
Rei por um ano

Mais importante do que manter o poder é cuidar do futuro

(...) Naquela ilha estavam todos os reis anteriores, vivendo na maior penúria.
Como rei, desde que não mudasse a constituição, ele poderia fazer qualquer
coisa. Ele procurou o guru da ilha e perguntou-lhe “o que fazer agora para
influenciar aquele futuro inevitável". Este lhe disse: "Nu você chegou e nu
partirás para aquela ilha. Enquanto for rei tudo poderá fazer e todo o recurso
receberá. Use estes recursos para preparar a ilha que será o seu futuro e o
futuro de todos aqueles reis que virão." ...

Sérgio Lins
18
2009
Influenciar o futuro
1. Nem sempre é possível garantir a permanência no poder;
2. Reconheça que as crenças compõem poderoso fator cultural;
3. Antes de tentar mudar a cultura visualize o futuro desejável;
4. Antes de tomar qualquer decisão, reformule a questão;
5. Às vezes o mais importante é o que deixou de ser feito;
6. Use o máximo de recursos possível para preparar o futuro;
7. Exerça uma liderança proativa.

Adotar providências relativas a condições de trabalho e infra-


estrutura no agora-aqui, tendo sempre em mente o futuro-acolá
Atribuições
- Verificar, com antecedência, os locais onde se realizarão as atividades para prevenir a
existência de fatores que criem possibilidade de evasão, acesso a objetos que possam
servir de armas e outros fatores de risco. (7.1)

Sérgio Lins
19
2009
A velha chorosa e o mestre ZEN

Por que choras?

Não lamente pelo que ainda não está ocorrendo, mas


mantenha-se atento para o que possa vir a ocorrer
(...) Ah! Choro porque me sinto culpada de ter sugerido a um dos meus filhos
que fabricasse guarda chuvas. E hoje ele não vende nada. Mas outro dia
chovia e choravas também. Por quê? Ah! É que sugeri a ao meu outro
filho que fosse ser sapateiro e em dias de chuva ele não vende nenhum
sapato... Por que não pensas no seu filho sapateiro em dias de sol?

Sérgio Lins
20
2009
Reformular continuamente os
desafios
1. Erro nas avaliações gera conclusões inadequadas;
2. Avalie no momento certo e não tire conclusões apressadas;
3. Erros aumentam a compreensão da importância de erros;
4. Procure compreender os erros alheios;
5. A realidade pode não ser tão ruim quanto parece;
6. Continue ouvindo, pesquisando e perguntando;
7. Por trás de toda crise existe uma oportunidade.

Explorar ao máximo todas as possibilidades antes de propor soluções

Atribuições
- Verificar portões, avisar aos postos de segurança e portarias que haverá movimentação
de adolescentes, de forma a reforçar a segurança da Unidade para este momento
importante; (7.2)
- Exigir que os educadores jamais deixem os postos descobertos, sempre solicitando
rendição para qualquer tipo de ausência, inclusive ao término do plantão; (19.3)

Sérgio Lins
21
2009
A lenda das areias

Quanto maior for o autoconhecimento mais fácil será seguir a


trilha do sucesso
(...) a cada tentativa ele sente que está sendo absorvido cada vez mais
pelas areias... "Se o vento ultrapassa o deserto, o rio também pode
ultrapassar...“ O rio ignora a mensagem... "Deixe-se levar pelo vento, que
poderá se transformar em chuva, que se converterá em rio...“ Mas assim
eu perco a minha natureza de rio. Vou continuar insistindo à meu modo...
"A sua natureza é de água, e como água poderás ser rio, mar, chuva, gelo
ou vapor, e em cada dessas formas tens um serviço a prestar..."
Sérgio Lins
22
2009
Cuidar do autoconhecimento
1. Sucesso pode depender mais de flexibilidade que de esforço;
2. Reconheça quando não souber o seu potencial de realizações;
3. Compreenda melhor a sua natureza intrínseca e suas atribuições;
4. Você não é a sua formação nem sua função;
5. Seja mais flexível e adaptável;
6. Perceba que a sensação de ser útil lhe traz prazer;
7. Aceite que viemos ao mundo para servir;
8. Aumente a sua VIDAbilidade;
Usar adequadamente a informação para aumentar a sensibilidade e o
autoconhecimento num esforço sinérgico mais vigoroso
Atribuições
- Cumprir, com a mesma importância dispensada à segurança e disciplina, o atendimento
técnico, médico, odontológico, hospitalar, grade diária de atividades e outros da mesma
natureza, pois são fundamentais à efetivação da Segurança ativa e a Socioeducação;
(7.5)

Sérgio Lins
23
2009
A visita do amigo

A prática da “achologia” deve ser abolida

(...) Enquanto relembrávamos os bons tempos o cão foi derrubando uma coisa
aqui, outra ali... Entretanto, quando ele botou as patas sujas no meu sofá
branquinho, meu amigo percebeu que um limite de tolerância tinha sido
atingido e talvez já fosse a hora de ir. Ficamos certos de nos encontrarmos em
outra ocasião sem tantas “perturbações”. Comentei então que da próxima vez
ele não trouxesse o cão. Para minha surpresa ele disse: “esse cão não é meu,
pensei que fosse seu”.
Sérgio Lins
24
2009
Analisar diferentes pontos de
vista
1. Quanto menos compreensão mais chance de equívoco;
2. Tome cuidado com pontos de vista pré-estabelecidos;
3. Problemas devem ser analisados sob diversos pontos de vista;
4. Modelos mentais são usados para inferir sobre as ocorrências;
5. Infere-se sobre presente, passado ou suposto futuro;
6. Deve-se manter a comunicação livre de inferências;
7. A prática da “achologia” deve ser abolida.

Alimentar os sistemas de informações e desenvolver métodos de


extrair informações de dados aparentemente desconexos
Atribuições
- Fiscalizar as condições de higiene da Unidade, em todos os ambientes, e solicitar as
ações necessárias aos setores responsáveis, bem como empresas terceirizadas a fim de
corrigir possíveis inadequações; (10.0)
- Determinar a correta colocação para carga, de todo e qualquer material de serviço que
utilize bateria, tais quais lanternas, rádios transmissores, etc.; (19.5)

Sérgio Lins
25
2009
O cão que não sabia nadar

Devem-se usar os olhos da mente para


enxergar as vantagens da inovação

Sempre que o amigo demonstrava alguma novidade, aquele caçador


apontava alguma inconveniência, ora era o rifle que tinha o cabo muito
liso, ora era a sacola que era muito funda. Um dia quando o novo cão foi
‘andando sobre as águas’ pegar o pato abatido, o caçador comentou que,
como ‘não sabia nadar’, aquele animal não servia para caçar.

Sérgio Lins
26
2009
Evitar a paralisia
paradigmática
1. Todos correm o risco de contrair paralisia paradigmática;
2. Paralisia inibe a avaliação dos benefícios da mudança;
3. Paralisia atrasa mudança até com benefícios comprovados;
4. Deve-se desenvolver a visão e a vitalidade para criar e inovar;
5. Só os olhos da mente percebem as vantagens da inovação;
6. Pode surgir a vontade de mexer em time que está ganhando;
7. A cura pode acontecer resgatando a formação do paradigma;

Elaborar relatórios de avaliação dos profissionais, premiando


soluções criativas e inovadoras
Atribuições
- Solicitar a chefia imediata, sempre que necessário, que a mesma se pronuncie sobre
dúvidas a respeito de procedimentos existentes e sobre a adoção de unidade
procedimental entre as equipes quando estes não existam ou sejam distintos de uma
equipe para outra; (22.0)

Sérgio Lins
27
2009
Continuidade e Mudança
1334
Castelo de
Hochosterwitz

As decisões mais importantes consideram fatores sobre os


quais não se tem controle
(...) No castelo só restava um boi e um saco de farinha para alimentar centenas de pessoas que ainda resistiam
bravamente ao cerco. O comandante do castelo decide tomar uma medida desesperada, que para seus homens
deve ter parecido pura insensatez: matou o boi, encheu-lhe a cavidade abdominal com a farinha e ordenou que
jogasse tudo pelo rochedo abaixo sobre o acampamento inimigo. O comandante do exército tomou aquilo como
uma mensagem e acreditando que o castelo ainda estava bem abastecido levantou o cerco e retirou-se.
Sérgio Lins
28
2009
Perceber a continuidade
indesejável
1. Antes de tudo caracteriza-se o estado de continuidade;
– Diagnostica-se a situação e define-se um futuro desejável;
2. Traçam-se alternativas, tendo em mente o objetivo;
– Alternativas devem levar em conta o ambiente externo;
– Avaliam-se alternativas e identifica-se a mais viável;
3. A melhor alternativa pode não ser a mais viável;
– A decisão da liderança pode até parecer tresloucada;
– Às vezes duvida-se da racionalidade do processo decisório;
4. A liderança proativa é condição básica para o sucesso.
Analisar o ambiente, diagnosticar e traçar alternativas para contornar
problemas ou evitar a continuidade de situações indesejáveis
Atribuições
- Orientar cada membro da equipe a nunca abrir sozinho a porta de um alojamento,
devendo, no mínimo, estar acompanhado por dois educadores ou quantos mais a
situação recomendar; (19.4)
- Exigir da equipe que só se ausente da Unidade com sua autorização, pois o
coordenador deve saber onde cada um está; (19.1)

Sérgio Lins
29
2009