Você está na página 1de 12

REFORMA

ANGLICANA

Henrique VIII,
rei da
Inglaterra
Causas

Fortalecimento da
monarquia;
 A posse das terras da
Igreja;
O pedido de divórcio do
rei Henrique VIII;
Caricatura de 1517 mostra frei Johann Tetzel vendendo indulgências para
ajudar na construção da catedral de São Pedro, em Roma. Na verdade, o
dinheiro foi usado para pagar dívidas do papado.
Fortalecimento da
monarquia
A Igreja Católica exercia grande influência política dentro da

Inglaterra, pois era dona de grande parte das terras e

monopolizava o comércio de objetos sagrados. Para fortalecer o

poder da monarquia inglesa, Henrique VIII teria que reduzir a

influência do Papa dentro da Inglaterra.


A posse das terras da Igreja
A nobreza capitalista inglesa tinha grande interesse

econômico em apossar-se das terras da Igreja. Para que isso

acontecesse era preciso unir-se em torno do rei, a fim de que

os poderes da Igreja Católica se enfraquecessem.


A reforma protestante defendia a livre leitura e interpretação da
Bíblia, que se tornou leitura fundamental para os fiéis
protestantes
O pedido de divórcio do rei
Henrique VIII
Casado com a princesa espanhola Catarina de Aragão, Henrique
VIII teve com ela uma filha para sucedê-lo no trono. Insatisfeito
com o casamento e querendo um herdeiro para o trono, em 1529
pediu ao Papa que anulasse seu matrimônio com Catarina de
Aragão, mas deparou-se com a recusa do Sumo Pontífice. Em
1534, o Parlamento inglês votou um Ato de Supremacia, pelo qual
considerava Henrique VIII o chefe supremo da Igreja Nacional
Anglicana. Houve pouca resistência, nela incluída a de Thomas
Morus, que foi decapitado. Suprimiu-se o clero regular e seus
bens, devolvidos à coroa, foram vendidos.
A reação de Roma
Após o casamento de Henrique VIII com
Ana Bolena em 1532 , o Papa Clemente VII
excomunga o soberano inglês em 1533, o que
só adianta para confirmar o racha entre o
soberano inglês e o Papa.

Morte na fogueira do
teólogo John Hus, por
discordar das idéias da
Igreja Católica
Papa Clemente VII com o
Imperador Carlos V
Os novos dogmas
A Igreja Anglicana procurou desenvolver uma conciliação original entre o rito tradicional do

catolicismo e o dogma de caráter protestante. Em outras palavras, mantinha-se nas cerimônias

a forma católica (conservação da liturgia católica, da hierarquia eclesiástica etc.) e

introduziam-se na doutrina elementos do conteúdo protestante (salvação pela fé, preservação

de apenas dois sacramentos - batismo e comunhão etc.).

Essa foi a solução encontrada pela monarquia inglesa para favorecer, no país, a convivência

social dos diferentes grupos religiosos rivais. Assim, de acordo com as circunstâncias

históricas de cada momento, a monarquia inglesa dirigia a Igreja Anglicana para enfatizar a

forma católica ou o conteúdo protestante. Se quisesse agradar aos protestantes, valorizava o

conteúdo dos cultos; se quisesse agradar aos católicos, valorizava o rito formal das cerimônias.
Análise
A Reforma Anglicana, diferentemente da luterana e da
calvinista, não pode ser considerada tão radical, na
medida em que manteve normas e rituais católicos,
acrescentando-se, entretanto, princípios calvinistas. Em
suma, porém, o anglicanismo não representou uma
Reforma teórica de fato (como o foi o calvinismo, por
exemplo).
Foi, isso sim, uma autêntica manobra política, sagaz e
oportuna, que foi tão bem-sucedida que tornou-se uma
religião de fato (embora muitos de seus preceitos
sejam idênticos aos católicos) _ principalmente após
1563, com a publicação da Lei dos Trinta e Nove
Artigos, onde se encontram todos os fundamentos da
doutrina anglicana, pela rainha Elizabeth I.
A nova configuração religiosa
da europa
Fontes Consultadas

Barsa – Encyclopaedia Brittanica


Rio de Janeiro, 1994 Volume13, págs 205-211
Reforma Anglicana –urs.bira
Disponível em < http://urs.bira.nom.br/litera/hmdrefoa.htm>
Acesso em : 4 de junho de 2008
Capítulo 04.A Reforma Religiosa
Disponível em : < http://www.cocemsuacasa.com.br/ebook/pages/2976.htm>
Acesso em: 4 de junho de 2008
Moderna: Reforma Religiosa – HISTORIANET, a nossa história
Disponível em : < www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=918>
Acesso em: 4 de junho de 2008
Yahoo! Respostas – O que foi a reforma anglicana?
Disponível em: < http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid
=20070625175132AAZnDgu>
Acesso em: 4 de junho de 2008
A Reforma Protestante e a reação católica
Disponível em:< http://boanova.tripod.com/reforma.htm>
Acesso em: 4 de junho de 2008