Você está na página 1de 16

Fator de Grade

Objetivos

- Determinar o fator de grade do


equipamento de Raios-X;

- Discutir fisicamente os resultados obtidos;

- Freqüência Anual.
Materiais
- Tubo de Raios-X (Philips N800 HF);

- Nível de bolha;

- Cassete carregado com filme comum;


(Filme 18x24, Convencional Fuji, Chassi: CAWO
ABS, Tela: OG8 ORTHO 400);

-Densitômetro digital (MRA, nº serie: 01-121);

-Placas de acrílico (fantoma);

- Dispositivo de chumbo;

- Trena;
Metodologia
- O objeto simulador foi posicionado sobre a mesa e o
cassete no bucky;
- A distância foco-filme foi ajustada para 1,1m;
- O campo foi ajustado para que toda área do filme fosse irradiada;
- Foi realizada uma exposição com 50 kVp no modo automático e o
filme foi revelado;
-A DO foi medida no centro do filme e o valor obtido deveria estar em
torno de 1,0 acima da base + véu do filme avaliado;
- Após, o cassete foi colocado embaixo do dispositivo de chumbo
sobre a mesa e sob o objeto simulador, com a abertura no centro do
feixe do campo de luz, perpendicular ao eixo catodo-anodo;
- A distância foco-filme foi ajustada para 1,1m;
- Foram feitas exposições em faixas com o mesmo kVp, e com mAs
decrescentes a partir da mAs obtido anteriormente;
- Com o filme revelado, mediu-se a DO no centro de cada faixa;
-O experimento foi repetido para 3 espessuras diferentes de acrílico;
Esquema Experimental

Placa de chumbo

Objeto simulador

Filme em cima da mesa


Esquema damontagem do
objeto simulador, placas
de chumbo e chassi.
Tabela 1: Resultados utilizando um fantoma de 2,438
cm de acrílico.

• Filme no bucky (Base+Véu=0,17):


Medida1: 50kVp, 250mA, 12,5ms, 3,2mAs, D.O: 0,74.
Medida2: 50kVp, 250mA, 20ms, 5mAs, D.O: 1,37.

• Filme na
mesa: mA ms mAs DO
Medida 1 250 20 5 2,47
Medida 2 200 20 4 2,41
Medida 3 160 20 3,2 2,36 Base+Véu=0,1
Medida 4 125 20 2,5 2,24 7.
Medida 5 100 20 2 2,08
Medida 6 50 20 1 1,26
Figura1: Resultados utilizando um fantoma de 2,438
cm de acrílico.

Através do gráfico: para D.O. = 1,37 , temos


1,13 mAs.
Para o fantoma de 2,438
cm de acrílico

• Fator
Grade:

mAs2 1,13
= = 0,23
mAs1 5
Tabela 2: Resultados utilizando um fantoma de 4,857
cm de acrílico.

• Filme no bucky:
Medida1: 50kVp, 250mA, 32ms, 8mAs, D.O: 0,91.
Medida2: 50kVp, 250mA, 40ms, 10mAs, D.O:
1,17.
Medida3: 50kVp, 250mA, 50ms, 12,5mAs, D.O:
• Filme
1,40 . na
mesa: mA ms mAs DO
Medida 1 250 50 12,5 2,56
Medida 2 200 50 10 2,55
Medida 3 160 50 8 2,51 Base+Véu=0,1
Medida 4 125 50 6,25 2,44 7.
Medida 5 100 50 5 2,39
Medida 6 50 50 2,5 1,72
Medida 7 25 50 1,25 0,74
Figura2: Resultados utilizando um fantoma de 4,857
cm de acrílico.

y = 0,784x - 0,24
2

1,5
D.O.

0,5

0
0 1 2 3
mAs

Através do gráfico: para D.O. = 1,40 , temos 2,09


mAs.
Para o fantoma de 4,857 cm
de acrílico

• Fator Grade:

mAs2 2,09
= = 0,16.
mAs1 12,5
Tabela 3: Resultados utilizando um fantoma de
7,339 cm de acrílico.

• Filme no bucky:
Medida1: 50kVp, 250mA, 80ms, 20mAs, DO:1,10.
Medida2: 50kVp, 250mA, 100ms, 25mAs,
DO:1,19.
•Medida3:
Filme na50kVp, 250mA, 125ms, 31,25mAs,
DO:1,34.
mesa: mA ms mAs DO
Medida 1 250 125 31,3 2,5
Medida 2 200 125 25,0 2,61
Medida 3 160 125 20,0 2,57
Medida 4 125 125 15,6 2,54
Medida 5 100 125 12,5 2,51 Base+Véu=0,1
Medida 6 50 125 6,3 1,92 7.
Medida 7 25 125 3,1 0,96
Medida 8 16 125 2,0 0,56
Medida 9 10 125 1,3 0,28
Figura 3: Resultados utilizando um fantoma de
7,339 cm de acrílico.

2,5
2
1,5
D.O.

1
0,5
0
0 2 4 6 8
m As
y = 0,3067x + 0,0031

Através do gráfico: para D.O. = 1,34 , temos 4,36


mAs.
Para o fantoma de 7,339 cm
de acrílico

• Fator
Grade:
mAs2 4,36
= = 0,14.
mAs1 31,25
Conclusão
• Como pode ser visto nos resultados, o fator de
grade diminui com o aumento da espessura de
acrílico.
•Quando se aumenta a espessura, o mAs é
aumentado para aumentar o brilho da imagem, (grau
de enegrecimento), uma vez que a KVp é fixa. Então,
a quantidade de fótons que chegam no acrílico
aumenta e os fótons de baixa energia são filtrados,
aumentando assim a energia efetiva do feixe de
raios–X que atravessam o material atenuador.
• Se a espessura de acrílico aumenta, mais fótons de
baixa energia vão ser filtrados, fazendo com que o
feixe de raios-x tenha energia efetiva maior e não