Você está na página 1de 9

Gestão de Projetos - GPR

Aula 5

Estruturas Organizacionais
ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS

O que é ESTRUTURA ORGANIZACIONAL ?

 Assim como os projetos são únicos, as organizações em que são executadas


também o são, já que possuem estilo e cultura próprios que influenciam no
modo como o trabalho do projeto é conduzido.

 O segredo para determinar o tipo de organização em que você trabalha é


avaliar quanta autoridade a alta diretoria pretende delegar aos gerentes de
projeto.

 Não representa o ORGANOGRAMA!!

 Embora a singularidade seja a regra nas culturas empresariais, todas as


organizações são estruturadas segundo uma destas três modalidades:
 Funcional
 Por projeto
 Matricial (de matriz forte, fraca ou equilibrada)

2
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - FUNCIONAL

 É a forma de organização mais


comum. É agrupada por áreas de
especialização em áreas funcionais
distintas. É uma hierarquia onde cada
profissional têm superior bem
definido.
 São agrupados por departamentos
num primeiro nível: marketing,
produção, informática, etc. Podendo
ser subdivididos em um segundo
nível. Ex.: Engenharia Mecânica e
Elétrica.

 As organizações com estrutura funcional também têm projetos, mas o escopo percebido do projeto está
limitado às fronteiras da função: o departamento de engenharia numa organização com estrutura
funcional executa seu trabalho independente do departamento de manufatura ou marketing, caso o
projeto demande trabalhos dessas outras áreas, os projetos são encaminhados para elas.
 Gerente Funcional – São avaliados pelos resultados da área funcional. Prioridade para projetos é quase
nenhuma. São donos do recurso e da autoridade dos projetos.
3
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - PROJETIZADA

 A empresa é organizada
por projetos. O gerente de
projetos tem controle e
autoridade sobre os projetos.
 A equipe é subordinada ao
gerente de projetos. É um
“Work Force” de
profissionais especialistas em
tempo integral.
 Controla e define
prioridade dos recursos
 Gerente de projetos
divididos por “área de
negócios!”

 Os membros da equipe só fazem o trabalho do projeto e quando o projeto termina, precisam ser
realocados, mas não tem um departamento para onde voltar.
 A comunicação, em geral, só ocorre dentro do projeto.
 Duplicação de recursos, pouca troca de informações entre os GPs.

4
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - MATRICIAL

 Forma de tentar maximizar as forças das organizações funcionais e por projetos.


Os membros se reportam a dois “chefes”: de projetos e funcional. Os membros são
alocados parcialmente nos projetos.
 A comunicação ocorre entre o projeto e a equipe funcional.
 As equipes fazem o trabalho em acréscimo às horas de trabalho normal do
departamento.

5
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
MATRICIAL FRACA

Matriz Fraca: o poder é do gerente funcional, papel do gerente de projetos é comparado a de um


facilitador ou coordenador:
 Facilitador: atua como um assistente de pessoal e coordenador de comunicações. Não tem
poder de decisão.
 Coordenador: Igual ao facilitador, mas com algum poder de decisão.

6
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
MATRICIAL BALANCEADA/EQUILIBRADA

Matriz balanceada: poder compartilhado entre o gerente funcional e de projetos.

7
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
MATRICIAL FORTE

Matriz forte: autoridade do gerente de projetos

8
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - MATRICIAL