Você está na página 1de 19

Que factores podem condicionar a actividade agrícola

1. CLIMA

2. RELEVO

3. SOLO

4. DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

5. ORGANIZAÇÃO ECONÓMICA
1. CLIMA
Temperatura
Condições necessárias para o
Luz
desenvolvimento das plantas:
Humidade
2. RELEVO

Áreas aplanadas de baixa e média altitude


são as mais favoráveis para a prática
agrícola.

O Declive das vertentes influencia a


fertilidade do solo e tornam o trabalho do
homem mais penoso.

Para contrariar o declive do terreno, o


homem procede à construção de Socalcos.
A INFLUÊNCIA

O relevo interfere na dist

 introduz alterações
3. SOLO
Os solos mais férteis para a agricultura, aqueles que são ricos e
húmus, localizam-se, principalmente, nas regiões temperadas.

Corresponde à
matéria orgânica
decomposta.

Os solos nacionais são os


piores da Europa para a
produção agrícola
encontram-se fortemente
degradados por erros do
passado: campanha de
trigo, eucaliptização em
locais errados, crescimento
Urbano desregrado.
Notícias Magazine, Setembro 2002
4. DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

O desenvolvimento tecnológico das sociedades é de grande importância


para a prática da agricultura.

A mecanização agrícola nos Países Desenvolvidos A ausência de mecanização agrícola nos Pa


em Desenvolvimento

- Meios Técnicos Permitem atenuar, ou mesmo contrariar


5. ORGANIZAÇÃO ECONÓMICA
SOCIEDADES

Individualismo e o sentimento Comunitarismo e a po


de posse da terra colectiva da terra e do

Paisagens fechadas com Paisagens abertas, com t


terrenos divididos e vedados extensos e sem vedaç

MECANIZAÇÃO?
6. INSTABILIDADE POLÍTICA E SOCIAL

- Quebra de Produção

- Agudização dos
problemas de carência
alimentar e de fome.
CONCEITOS IMPORTANTES:
RENDIMENTO AGRÍCOLA: relação entre a produção e a superfície.

PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA: relação entre a produção e o número de horas


trabalho necessárias para a obtenção dessa mesma produção.

EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS: conjunto das terras utilizadas, pelos diferentes


agricultores, para a produção agrícola.

POLICULTURA: cultivo de mais do que uma espécie vegetal.

MONOCULTURA: cultivo de uma só espécie vegetal.

REGIME EXTENSIVO: verifica-se quando não existe um aproveitamento tota


contínuo do solo.

REGIME INTENSIVO: verifica-se quando existe um aproveitamento total e


do solo.
MORFOLOGIA
AGRÁRIA
- Tamanho das explorações
• Minifúndios

• Latifúndios
• Microfúndios

- A forma das explorações


• Regulares
• Irregulares

- O limite das explorações


• Campos Fechados
SISTEMAS DE CULTURA caracterizam-se em relaç

Variedade de Culturas:
- Monocultura
- Policultura

Utilização ou não de rega:


- Regadio
- Sequeiro

Aproveitamento da Terra:
- Intensivo
SISTEMAS DE CULTURA
AGRICULTURA TRADICIONAL
• Objectivo: produzir o suficiente
(ou de Subsistência)
para a alimentação da família do
agricultor, ou seja, tem como
finalidade a subsistência ou o
autoconsumo .

• Utiliza técnicas e utensílios muito


simples como, por exemplo, a
enxada, a charrua, o arado,...

• Ocupa uma grande percentagem


de população activa .

• Utiliza fertilizantes naturais .

• Raramente faz uso de pesticidas e


herbicidas.
AGRICULTURA MODERNA
• Objectivo: produção de grandes
quantidades para venda dos
produtos no mercado e obtenção
de lucro.

• Apresenta um carácter científico:


o estudo dos solos e a selecção
das espécies mais produtivas e
resistentes são, por exemplo,
prática comum.

• Ocupa uma reduzida percentagem


de população activa.

• Utiliza produtos químicos, como


por exemplo, fertilizantes,
AGRICULTURA MODERNA
• Elevado rendimento agrícola.

• Apresenta altos níveis de


produtividade agrícola.

• É praticada em explorações
agrícolas de grande dimensão
resultantes, em alguns casos, da
realização de uma política de
emparcelamento.

• Adopta uma monocultura.


A Agricultura p

Até 1960, a actividade


A Agricultura po

Após a
Emparcelamento

AAgriculturaportug

PAC(Pol ítica Agr ícolaCom