Você está na página 1de 31

NR-12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

TREINAMENTO DE CAPACITAÇÃO, MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO DE MÁQUINAS

E EQUIPAMENTOS

VÍDEO 1 - TEMPOS MODERNOS

VÍDEO 1 - TEMPOS MODERNOS

REQUISITOS LEGAL

NR-12

SEGURANÇA

NO

TRABALHO

EM

MÁQUINAS

E

EQUIPAMENTOS Anexo II

 

NR-10

SEGURANÇA

EM

INSTALAÇÕES

E

SERVIÇOS

EM

ELETRICIDADE

REQUISITOS NORMATIVOS

NBR NM 272 Segurança de máquinas Proteções Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções fixas e móveis;

NBR

NM

273

Segurança

de

máquinas

Dispositivos

de

intertravamento associados a proteções Princípios para projeto e

seleção;

NBR 13759 Segurança de máquinas Equipamentos de parada de emergência Aspectos funcionais Princípios para projeto;

REQUISITOS NORMATIVOS

NBR NM-ISO 13852 Segurança

de

máquinas

Distâncias

de

segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores;

NBR NM-ISO 13853 Segurança

de

máquinas

Distâncias

de

segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores;

NBR NM-ISO 13854 Segurança de máquinas Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano;

REQUISITOS NORMATIVOS

NBR ISO 12100:2013 - Segurança de máquinas - Princípios gerais de

projeto - Apreciação e redução de riscos;

NBR 14152 Segurança de máquinas Dispositivos de comando bimanuais Aspectos funcionais e princípios para projeto;

NBR 14153 Segurança de máquinas Partes de sistemas de comando relacionadas à segurança Princípios gerais para projeto;

NBR

14154

inesperada;

Segurança

de

máquinas

Prevenção

de

partida

REQUISITOS NORMATIVOS

OSHA 3170-02R

2007

Safeguarding

Employees from Amputations;

Equipment

and

Protecting

OSHA 29 CFR 1910.215 Abrasive wheel machinery;

OSHA 29 CFR 1928.52 Guarding of farm field equipment, farmstead

equipment, and cotton gins.

DESCRIÇÃO E IDENTIFICAÇÃO

DOS RISCOS

Devemos trabalhar na identificação

e redução dos riscos levando em consideração

Proteções de Máquinas Adequadas Procedimentos de Segurança Adequados Capacitação adequada do Fator Humano (trabalhadores e Gestores)
Proteções de
Máquinas
Adequadas
Procedimentos
de Segurança
Adequados
Capacitação
adequada do Fator
Humano
(trabalhadores e
Gestores)
DESCRIÇÃO E IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS Devemos trabalhar na identificação e redução dos riscos levando em consideração

CICLO DE VIDA DA

SEGURANÇA

5. Manutenção e melhorias continuas

1. Análise de riscos e perigos

2. Especificação funcional
2. Especificação
funcional
4. Instalação física e validação
4. Instalação
física e validação

3. Projeto e verificação

VÍDEO 2 DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS

VÍDEO 2 – DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS

PRINCÍPIOS DE SEGURANÇA NA

UTILIZAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

A NR 12 e seus anexos definem referências técnicas, princípios

fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a

integridade física dos trabalhadores e estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos,

e ainda a sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título, em todas as atividades econômicas, sem prejuízo da observância do disposto nas demais Normas Regulamentadoras NR aprovadas pela Portaria no 3.214, de 8 de

junho de 1978, nas normas técnicas oficiais e, na ausência ou omissão

destas, nas normas internacionais aplicáveis.

PRINCÍPIOS DE SEGURANÇA NA

UTILIZAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

E conforme preconizado na NR 12, são consideradas medidas de proteção, a ser adotadas nessa ordem de prioridade:

a) Medidas de proteção coletiva; b) Medidas administrativas ou de organização do trabalho;

c) Medidas de proteção individual.

FUNCIONAMENTO DAS PROTEÇÕES

Dificultar ao máximo a ocorrência dos acidentes, proporcionando um trabalho seguro nas máquinas;

Caso ocorram acidentes, reduzir sua gravidade;

Proteger o operador, dos riscos existentes principalmente no ponto de operação;

Proteger as pessoas, que circulam próximas às máquinas e de

suas partes energizadas

COMPONENTES DE SEGURANÇA EM

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

Elemento especificamente utilizado para prover segurança por meio de barreira física, podendo ser: Fixa ou Móvel. As proteções físicas devem ser complementadas com dispositivos eletroeletrônicos de maneira a potencializar sua eficiência. As proteções móveis geralmente vinculada à estrutura da máquina

ou elemento de fixação adjacente, por meios mecânicos, (por

exemplo, basculantes ou deslizantes) que pode ser aberta sem o auxilio de ferramentas.

Estas Proteções podem articular-se com Dispositivos de Segurança

como: intertravamentos, sensores, válvulas e outros.

COMPONENTES DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

COMPONENTES DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
COMPONENTES DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

COMPONENTES DE SEGURANÇA EM

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

COMPONENTES DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

VÍDEO 3 PROTEÇÃO DE MÁQUINAS

VÍDEO 3 – PROTEÇÃO DE MÁQUINAS

REMOÇÕES DE PROTEÇÕES

A manutenção, inspeção, reparos, limpeza, ajuste e outras intervenções que há a necessidade de remoção das proteções devem ser executadas somente por profissionais capacitados, qualificados ou

legalmente habilitados, formalmente autorizados pelo empregador,

com as máquinas paradas, adotando-se os seguintes procedimentos descritos abaixo:

a) Isolamento e descarga de todas as fontes de energia das máquinas

e equipamentos, de modo visível ou facilmente identificável por meio dos dispositivos de comando;

REMOÇÕES DE PROTEÇÕES

b) Bloqueio mecânico e elétrico na posição “desligado” ou “fechado” de todos os dispositivos de corte de fontes de energia, a fim de impedir a reenergização e sinalização com cartão ou etiqueta de bloqueio contendo o horário e a data do bloqueio, o motivo da manutenção e o nome do responsável;

c) Medidas

energia

acidentes;

que garantam que à jusante dos pontos

de corte

de

não

exista

qualquer possibilidade de gerar risco de

REMOÇÕES DE PROTEÇÕES

  • d) Medidas adicionais de segurança, quando for realizada manutenção,

inspeção e reparos de qualquer equipamento ou máquinas sustentados

somente por sistemas hidráulicos e pneumáticos;

  • e) Sistemas de retenção com trava mecânica, para evitar o movimento

de retorno acidental de partes basculadas ou articuladas abertas das máquinas.

PROTEÇÕES DANIFICADAS E/OU SEM FUNÇÃO

PROTEÇÕES DANIFICADAS E/OU SEM FUNÇÃO Jamais elimine os dispositivos de segurança; Jamais retire anteparos de proteção.

Jamais elimine os dispositivos de segurança;

Jamais retire anteparos de proteção. Nunca opere as máquinas sem as proteções ou

danificada e/ou sem função. Ao notar qualquer

irregularidade no equipamento, informe ao

encarregado e/ou responsável imediatamente. Não coloque suas mãos dentro da máquina em funcionamento. As mãos nunca devem ser colocadas onde você não possa vê-las.

Utilize sempre o sistema de bloqueio.

Jamais, faça limpeza e/ou manutenção com a máquina ligada.

VÍDEO 4 MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

VÍDEO 4 – MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

SEGURANÇA PARA RISCOS MECÂNICOS,

ELÉTRICOS E OUTROS

As máquinas devem possuir aterramento, sendo proibidas nas máquinas e equipamentos a utilização de chave geral como dispositivo de partida e parada, a utilização de chaves tipo faca nos

circuitos elétricos e a existência de partes energizadas expostas de

circuitos que utilizam energia elétrica. Os condutores devem ser construídos de material que não propaguem fogo e não tóxico em caso de aquecimento.

MÉTODO DE TRABALHO

Mesmo os profissionais mais experientes devem ser

treinados e até mesmo reciclados nos Métodos de Trabalho. Todo Método de Trabalho deve, descrever o passo-a-passo de toda atividade a ser desenvolvida e seus perigos , riscos e as medidas de proteção.

MÉTODO DE TRABALHO Mesmo os profissionais mais experientes devem ser treinados e até mesmo reciclados nos

PERMISSÃO DE TRABALHO

Deve-se observar a necessidade

de

emissão

de

PT

em

máquina/equipamento/sistema onde haja mais de uma energia

perigosa, detalhando as etapas de controle das fontes de energia na

AEP (Análise de Energia Perigosa). Garantindo que os perigos e as precauções levantados no local de trabalho tenham recomendações adicionais quando necessário e verificar se todos os executantes

compreendem os perigos e precauções.

LOCK-OUT/TAG-OUT

A manutenção expõe, o profissional a riscos que não são

de rotina. Eventualmente pode estar

com todo o corpo dentro da máquina,

assim ele deve possuir total controle sobre as fontes de energia como

elétrica, fluidos hidráulicos, ar

comprimido, que podem gerar movimento mecânico inesperado.

LOCK-OUT/TAG-OUT A manutenção expõe, o profissional a riscos que não são de rotina. Eventualmente pode estar

VÍDEO 5 FALTA DE BLOQUEIO E SINALIZAÇÃO

VÍDEO 5 – FALTA DE BLOQUEIO E SINALIZAÇÃO

LOCK-OUT/TAG-OUT

Durante as ações de manutenção, setup e similares, efetuar o bloqueio das energias de risco potencial (Lockout / Tagout).

LOCK-OUT/TAG-OUT Durante as ações de manutenção, setup e similares, efetuar o bloqueio das energias de risco
LOCK-OUT/TAG-OUT Durante as ações de manutenção, setup e similares, efetuar o bloqueio das energias de risco

LOCK-OUT/TAG-OUT

Quando forem realizados testes que necessitam da energização da máquina,

medidas adicionais como calços ou

barreiras mecânicas provisórias podem ser necessárias para o ingresso do profissional à zona de risco.

LOCK-OUT/TAG-OUT Quando forem realizados testes que necessitam da energização da máquina, medidas adicionais como calços ou
LOCK-OUT/TAG-OUT Quando forem realizados testes que necessitam da energização da máquina, medidas adicionais como calços ou

LOCK-OUT/TAG-OUT

AÇÕES PARA TRAVAMENTO

1

-

Levantamento

dos

meios

de

travamento

necessários e quantidades.( cadeado, cartão, trava múltipla, dispositivos, etc.);

2 - Levantamento do número de empregados envolvidos e necessidade de treinamento;

3 - Levantamento dos equipamentos

que

necessitam de adequação para a utilização do

sistema de travamento de fontes de energia.

LOCK-OUT/TAG-OUT AÇÕES PARA TRAVAMENTO 1 - Levantamento dos meios de travamento necessários e quantidades.( cadeado, cartão,
LOCK-OUT/TAG-OUT AÇÕES PARA TRAVAMENTO 1 - Levantamento dos meios de travamento necessários e quantidades.( cadeado, cartão,
LOCK-OUT/TAG-OUT AÇÕES PARA TRAVAMENTO 1 - Levantamento dos meios de travamento necessários e quantidades.( cadeado, cartão,

VÍDEO 6 COMO SOFRER UM ACIDENTE DE TRABALHO

VÍDEO 6 – COMO SOFRER UM ACIDENTE DE TRABALHO