Você está na página 1de 19

rePET

PPS
Unir reciclagem com melhoria de qualidade de vida.
Esses dois olhares nortearam nosso projeto, que
utiliza as embalagens PET e de lata utilizadas em
buffets para garantir produtos de moda
ecologicamente corretos e de quebra garantir um
incremento financeiro para a família dos
funcionários.

O projeto alia a preocupação com o meio ambiente


prorrogando o prazo de retorno dos produtos para a
natureza, garante uma fonte de renda extra para a
família dos funcionários e estimula em outras
empresas a importância de associar seus nomes a
projetos de cunho sócio-ambiente-culturais.
objetivos

diminuir o impacto do lixo no meio-


ambiente

proporcionar uma fonte de renda


alternativa às famílias dos funcionários
conceito
lúdico

ecológico

social
pontos-chave
reciclagem

integração social
parceiros
buffets
fabricantes de tintas
fabricantes de aviamentos
assessores de comunicação
SEBRAE e UFPE
arte-educadores
ONGs
parceiros [papéis]
fornecer matéria-prima
fornecer espaço-físico (para depósito,
capacitação e produção)
facilitar a capacitação
divulgar o projeto
escoamento da produção
benefícios
parceiros
associação de seu nome a projetos de cunho
sócio-ambiente-culturais

população beneficiada
ganho econômico
ganho ambiental
terapia ocupacional

ambiente
menor necessidade de absorção do lixo dito
“reciclável”
storyboard
1 2 3

4 5 6
storyboard

100 pessoas geram 20 garrafas


PET de lixo em um evento
storyboard

O resíduo seria doado para


produção de acessórios. Os
familiares de funcionários
seriam capacitados
storyboard

Exemplos de aplicação dos


resíduos: bijouteria em
alumínio / PET e lantejoulas de
PET
diagrama
Captação de
Criação de
Sensibilização recursos e
associação ou
dos envolvidos matéria-prima
ONG

Interferência de
Capacitação designers para
Produção das dos produtores elaboração e
peças e início da produção das
divulgação peças

Divulgação e Repasse de
Escoamento da análise de recursos
produção resultados e absorvidos
produtos finais
PET
A entrada da embalagem de PET (polietileno tereftalato)
no Brasil, em 1988, além de trazer as indiscutíveis
vantagens ao consumidor, trouxe também o desafio de
sua reciclagem, que nos fez despertar para a questão do
tratamento das 200 mil toneladas de lixo descartadas
diariamente em todo Brasil.
O polímero de PET é um poliéster, um dos plásticos mais
reciclados em todo o mundo devido a sua extensa gama
de aplicações: fibras têxteis, tapetes, carpetes, não-
tecidos, embalagens, filmes, fitas, cordas, compostos,
etc.
A embalagem de PET quando reciclada tem inúmeras
vantagens sobre outras embalagens do ponto vista da
energia consumida, consumo de água, impacto
ambiental, benefícios sociais, entre outros.
PET
Conforme estudos realizados na USP o Brasil deixa de
economizar 6 Bilhões de dólares/ano por não reciclar os
materiais presentes nas 200 mil toneladas de lixo
gerados todos os dias. Ainda não estão contabilizados os
custos de danos ambientais e sociais. Urgente é a
elaboração de uma política nacional de resíduos sólidos,
as ações estaduais e municipais para viabilização da
logística reversa e o fortalecimento da indústria de
reciclagem no Brasil.
As embalagens de garrafas plásticas para bebidas (PET)
são ideais para o acondicionamento de alimentos, devido
às suas propriedades de barreiras que impossibilitam a
troca de gases e absorção de odores externos, mantendo
as características originais dos produtos envasados. Além
disto, são leves, versáteis e 100% recicláveis.
produção, consumo e reciclagem
de PET no Brasil

% reciclado % reciclado
ano produção consumo reciclagem
/produção /consumo

1997 170 mil 180 mil 27 mil 15,9 15

1998 260 mil 224 mil 40 mil 15,38 17,9

1999 295 mil 245 mil 50 mil 16,9 20,4

2000 340 mil 272 mil 67 mil 19,71 24,6

Fonte: ABEPET - 2001


curiosidades
68% de todo refrigerante produzido no país é
embalado em garrafas PET

1 kg de garrafas PET equivale: 16 garrafas


de 2,5 litros ou 20 garrafas de 2,0 litros ou
24 garrafas de 1,5 litros ou 26 garrafas de
1,0 litro ou 36 garrafas de 600 ml. (Fonte:
TOMRA/LATASA - Reciclagem S.A.)

Fonte: CEMPRE
latas de alumínio
A reciclabilidade é um dos atributos mais importantes do
alumínio. Qualquer produto produzido infinitas vezes,
sem perder suas qualidades no processo de
reaproveitamento, ao contrário de outros materiais.

A reciclagem de alumínio é feita tanto a partir de sobras


do próprio processo de produção, como de sucata gerada
por produtos com vida útil esgotada.

No Brasil, a reciclagem de latas de alumínio envolve


mais de 2.000 empresas de sucata, de fundição
secundária de metais, transportes e crescentes parcelas
da população, representando todas as camadas sociais -
dos catadores até classes mais altas.
curiosidades
a cada quilo de alumínio reciclado, cinco quilos de
bauxita (minério de onde se produz o alumínio) são
poupados.

para produzir o alumínio são necessários 17,6 mil kw.


Para reciclar, 700 kw. A diferença é suficiente para
abastecer de energia 160 pessoas durante um mês.

o Brasil reciclou 89% de todas as latas de alumínio


vendidas em 2003. Com esse índice, o país destaca-se
como líder mundial em reciclagem de latas de alumínio,
pelo terceiro ano consecutivo, considerando as nações
onde esta atividade não é obrigatória por lei.