Você está na página 1de 24

ou

Megalitismo
O Megalitismo é um fenómeno cultural do período
Neolítico, associado ao imaginário mágico/simbólico das
primeiras comunidades de agricultores; que consistia na
construção de túmulos colectivos e de outras estruturas
formadas por grandes blocos de pedra pouco desbastados.

Estes grandes monumentos são uma das primeiras formas


de arquitectura.
O termo megalitismo deriva das palavras gregas mega
(μεγας), grande e lithos (λιθος), pedra.

O megalitismo surgiu na Europa Atlântica e no


Mediterrâneo Ocidental, entre 5000 e 1200 a. C.
Regiões da Europa
com monumentos
megalíticos

Alentejo- a área
de Portugal com mais
Megálitos.
De forma simplificada pode-se considerar que existem
quatro tipos de monumentos megalíticos:

-Menires, grandes pedras isoladas colocadas


ao alto;

-Alinhamentos, grupos de menires colocados em linha


ou em filas paralelas;

-Cromeleques, conjuntos de menires dispostos em


círculos,

-Antas ou dólmenes, construções realizadas com


grandes pedras postas ao alto cobertas por grandes
lajes.
A construção destes
monumentos
exigia notáveis
conhecimentos
técnicos e, sobretudo, um
grande empenho e esforço
por parte das comunidades
tribais, pois a base para
a sua edificação
era a força braçal do
grupo.
De forma amendoada ou fálica, os
menires podiam atingir grandes
Dimensões.

A sua função ainda hoje é discutida;


o mais provável é que fossem
erguidos em honra de divindades
astrais ou relacionadas com a
fertilidade. Foram também defendidas
as hipóteses de serem marcos de
demarcação territorial ou meras
demonstrações do poder das tribos.
Alinhamentos

Estes conjuntos
de menires,
teriam também
a ver com cultos
religiosos
Menires – Alto Alentejo
Situado no sul de França, este
alinhamento reúne milhares de
menires
Carnac
CROMELEQUES

Estes conjuntos de menires dispostos em círculo teriam, juntamente com as suas


funções religiosas, a utilidade de servirem como local de reunião das tribos.
Sul de Inglaterra
3300 a 1800 a. C
Como era
Stonehenge

Estado actual

Está hoje provado que o cromeleque de Stonehenge


se destinava à realização de rituais em honra do Sol.
• Stonehenge: santuário solar megalítico
Cromeleque dos Almendres – perto de Évora
Cromeleque dos Almendres
Alguns dos menires do Cromeleque dos Almendres
apresentam símbolos gravados
ANTAS
As antas eram
Monumentos
Funerários destinados
a enterramentos
colectivos ou
de figuras importantes
da tribo.

Serviam também de
“templo”, onde se
prestava culto aos
Mortos.
Partes da
Anta

Partes da Mamoa
(anta coberta)
Partes da anta

Tampa ou
Chapéu

Esteios

Câmara
(sala interior)

Corredor
Anta grande do ZAMBUJEIRO

Situada ao pé de
Évora, é uma das
maiores da Europa
ANTA DE PAVIA

Alto Alentejo

Algumas antas foram


reaproveitadas e
“cristianizadas”