Você está na página 1de 116

SISTEMA DIGESTÓRIO

PROF. DR. EDUARDO RAMOS


PROFESSOR ADJUNTO DO DEPARTAMENTO DE
ANATOMIA DA UFPR
CONCEITO
Representa um conjunto de órgãos
tubulares e glândulas anexas responsável
pela apreensão, mastigação, deglutição,
digestão, absorção de nutrientes e a
excreção
de produtos residuais sob a forma de fezes
(bolo fecal).
DIVISÃO

 Tubo digestório (canal alimentar)

 Glândulas anexas
TUBO DIGESTÓRIO
No sentido crânio-caudal compõe-se de:

 Boca
 Faringe
 Esôfago
 Estômago
 Intestino delgado
 Intestino grosso
 Ânus
GLÂNDULAS ANEXAS

 Glândulas salivares

 Fígado

 Pâncreas
BOCA
Conceito: é um espaço irregular situado na
porção inferior da face, constituindo o
segmento inicial do canal alimentar.
Comunica-se anteriormente com o meio
exterior através da rima bucal e
posteriormente com a orofaringe por meio do
istmo das fauces.
CAVIDADE BUCAL
Está limitada por seis paredes:

 anteriormente (lábios)
 posteriormente (pilares tonsilares)
 superiormente (palato)
 inferiormente (soalho bucal)
 lateralmente (bochechas)
PALATO DURO (ÓSSEO)
DIVISÃO DA CAVIDADE BUCAL

 Vestíbulo bucal: espaço delimitado


externamente pelos lábios e bochechas
internamente pelos arcos dento-alveolares.

 Cavidade bucal propriamente dita: espaço


que aloja a língua.
Boca

Palato Mole Palato Duro

Tonsila

Língua
Dentes
Gengiva
Lábios
DENTES

São estruturas rijas, fortemente


mineralizadas, de coloração branco-
amarelada, implantadas em pequenas
cavidades presentes na maxila e
mandíbula, denominadas alvéolos.
DENTES
Cada dente possui três porções:

 Raiz – parte implantada no alvéolo dentário.


 Coroa – parte livre e exposta na cavidade
bucal.
 Colo – zona estreita que marca a transição
coroa-raiz e encontra-se circundada pela
gengiva.
DENTES

O homem é classificado como um ser:

 Difiodonte (duas dentições)

 Heterodonte (diferentes grupos dentais)


DENTIÇÕES

 Decídua (temporária): 20 dentes

 Permanente: 32 dentes
DENTIÇÃO DECÍDUA
Grupos dentais:

 Incisivos (central e lateral)


 Canino
 Molares (1o e 2o)
DENTIÇÃO DECÍDUA
DENTIÇÃO PERMANENTE
Grupos dentais:

 Incisivos (central e lateral)


 Canino
 Pré-molares (1o e 2o)
 Molares (1o, 2o e 3o )
DENTIÇÃO PERMANENTE
RADIOGRAFIA PANORÂMICA
NERVO TRIGÊMEO
LÍNGUA
Representa um órgão fonoarticulatório
com múltiplas funções:
 Gustativa (90% dos receptores gustativos
localizam-se na língua)
 Fonética
 Orientar o bolo alimentar durante a
mastigação
 Deglutição
Divisão
 Raiz – 1/3 posterior

 Corpo – 2/3 anteriores

Obs: A língua possui ápice, base, bordas,


dorso e ventre.
PAPILAS LINGUAIS
Estão localizadas no dorso da língua:

 Filiformes – em forma de fio (função táctil)


 Fungiformes – em forma de fungo ou
cogumelo
 Circunvaladas ou valadas – formam o “V”
lingual
 Foliáceas – em forma de folha
LÍNGUA
FARINGE
 Estrutura tubular
 Canal músculo-membranoso
 Via aerodigestória
 Mede aproximadamente 15 cm de
comprimento
 Estende-se da abertura nasal posterior ao
esôfago
FARINGE

Divide-se no sentido crânio-caudal em:

 Nasofaringe (rinofaringe) – via respiratória


 Orofaringe (bucofaringe) – via
aerodigestória
 Laringofaringe (hipofaringe) – via digestória
OROFARINGE
VISTA POSTERIOR
VISTA LATERAL
VISTA POSTERIOR
ESÔFAGO
 Tubo muscular
 Via digestória
 Mede aproximadamente 25 a 30 cm de
comprimento
 Estende-se da laringofaringe ao estômago
 Apresenta porções cervical, torácica e
abdominal
ESÔFAGO

Possui três estreitamentos anatômicos:

 Cricóideo
 Aortobrônquico
 Diafragmático
CORTE TRANSVERSAL -TÓRAX
Trajeto do Alimento
pelo Esôfago
ESTÔMAGO

 Víscera oca
 Dilatação do tubo digestório
 Situada entre o esôfago e o duodeno
 Produz o suco gástrico
 Volume médio em torno de 1,5 litro
ESTÔMAGO
Divide-se em quatro porções:
 Cárdia – em contato com o esôfago
 Fundo – localizado acima da abertura
superior do estômago
 Corpo – área intermediária e maior porção
 Região pilórica – subdivide-se em antro
pilórico (proximal) e canal pilórico (limite
entre o estômago e o duodeno)
INTESTINO DELGADO
 Canal músculo-membranoso
 Mede aproximadamente 6 a 7 m de
comprimento
 Diâmetro 3 a 4 cm
 Estende-se do estômago até a junção íleo-
cecal
 Porção do tubo digestório responsável pela
maior parte da absorção de nutrientes
INTESTINO DELGADO

Divide-se em três porções:

 Duodeno
 Jejuno
 Íleo
DUODENO
 Primeira porção do intestino delgado

 Mede aproximadamente 25 cm de comprimento

 Possui a forma de letra “C”

 Recebe secreções digestórias provenientes do


fígado e do pâncreas
JEJUNO
 Possui paredes mais espessas em relação
ao íleo
 Mais vascularizado
 Mais calibroso
 Ocupa o 1/3 mais superior e à esquerda da
cavidade abdominal
 Representa 2/5 do intestino delgado
ÍLEO

 Porção final do intestino delgado


 Termina na junção íleo-cecal
 Preenche os 2/3 inferiores e à direita da
cavidade abdominal
 Representa 3/5 do intestino delgado
INTESTINO GROSSO (CÓLON)

 Porção final do tubo digestório


 Mede aproximadamente 1,5 m de
comprimento
 Diâmetro 6 a 7 cm
 Estende-se da junção íleo-cecal ao ânus
 Responsável pela absorção de água,
minerais e formação das fezes (bolo fecal)
INTESTINO GROSSO
Possui características próprias:
 Haustros – bosseladuras ou dilatações
limitadas por sulcos transversais
 Tênias – três formações em fita, resultantes
da condensação da musculatura
longitudinal
 Apêndices epiplóicos – acúmulos de
gordura salientes na serosa da víscera
INTESTINO GROSSO
Divide-se nos seguintes segmentos:

 Ceco
 Cólon ascendente
 Cólon transverso
 Cólon descendente
 Cólon sigmóide
 Reto
APÊNDICE VERMIFORME
RETO E CANAL ANAL
 MASCULINO

– RECESSO RETOVESICAL
RETO E CANAL ANAL
 FEMININO

– RECESSO RETOUTERINO
(DOUGLAS)
RETO E CANAL ANAL
GLÂNDULAS ANEXAS

 Glândulas salivares
 Fígado
 Pâncreas
GLÂNDULAS SALIVARES
São glândulas exócrinas que produzem a
saliva e dividem-se em:

 Salivares maiores (principais)


 Salivares menores (acessórias)
GLÂNDULAS SALIVARES
MAIORES

 PARÓTIDAS
 SUBMANDIBULARES
 SUBLINGUAIS
GLÂNDULA PARÓTIDA
GLÂNDULA SUBMANDIBULAR
GLÂNDULAS SUBMANDIBULAR E
SUBLINGUAL
SOALHO BUCAL
GLÂNDULAS SALIVARES
MENORES

 Labiais
 Bucais (jugais ou genianas)
 Palatinas
 Linguais
GLÂNDULAS LABIAIS
GLÂNDULAS PALATINAS
FÍGADO

Representa a maior glândula do corpo


Humano e ocupa o hipocôndrio direito.
Produz a bile (secreção exócrina) e uma série
de proteínas lançadas diretamente na
circulação sangüínea.
FUNÇÕES HEPÁTICAS
 Produção da bile
 Síntese de proteínas plasmáticas
 Mecanismo de desintoxicação
 Armazenamento de ferro, cobre, vitaminas
e glicogênio
 Formador dos elementos figurados do
sangue no feto
FÍGADO

 Possui duas faces (diafragmática e visceral)

 Possui quatro lobos (direito, esquerdo,


caudado e quadrado)
TOPOGRAFIA
FACE DIAFRAGMÁTICA
FACE VISCERAL
VEIA CAVA INFERIOR
PARÊNQUIMA HEPÁTICO
VIAS BILIARES EXTRA-
HEPÁTICAS

 Ductos hepáticos direito e esquerdo


 Ducto hepático comum
 Ducto colédoco (resulta da união dos
ductos hepático comum e cístico)
 Vesícula biliar (armazena e concentra a
bile)
 Ducto cístico (drena a vesícula biliar)
VIAS BILIARES
Colecistectomia
Colecistectomia
DUCTO COLÉDOCO

O ducto colédoco conduz a bile ao


duodeno e geralmente une-se ao ducto
pancreático principal formando a ampola
hepatopancreática (Vater) que por sua vez
desemboca na papila maior do duodeno.
DRENAGEM VENOSA
VEIA PORTA
SEGMENTOS
SEGMENTOS
PÂNCREAS

 Glândula acessória da digestão


 Localização retroperitoneal
 Posterior ao estômago
 Localiza-se entre o duodeno à direita e o baço à
esquerda
 Glândula alongada e com disposição transversa
na parede posterior do abdome
SECREÇÕES

 Secreção exócrina

 Secreções endócrinas
SECREÇÃO EXÓCRINA

 Suco pancreático das células acinares


 Chega ao duodeno pelos ductos pancreáticos
principal e acessório
SECREÇÕES ENDÓCRINAS
Hormônios produzidos pelas ilhotas
pancreáticas (Langerhans)

 Insulina

 Glucagon
DIVISÃO
Compõe-se de quatro partes:

 Cabeça
 Colo
 Corpo
 Cauda