Você está na página 1de 21

BE/CRE de Freixo

“What school thinks about its


librairy is a library is a measure
of what it thinks about
education”

Horald Howe, former U.S. commissioner of education

Cristina Alves, 13/ 11/2009


BE/CRE de Freixo

WORSHOP:

Apresentação d o Modelo de Auto-


Avaliação das
Bibliotecas Escolares

Cristina Alves

Cristina Alves, 13/11/ 2009


BE/CRE de Freixo
Organização: Equipa da BE/CRE da Escola EB 2,3 de Freixo.

Destinatários: Membros do Conselho Pedagógico.

Objectivos :
vConhecer o Modelo de Auto avaliação (conceitos e
objectivos)
vReflectir sobre vantagens, constrangimentos e
impactos da
aplicação do modelo;
vReflectir sobre a avaliação enquanto instrumento de
melhoria de qualidade.

Duração: 16:00h / 18:30h

Data:10 de Novembro de 2009

Cristina Alves, 3/11/ 2009


BE/CRE DE FREIXO

 A Biblioteca apresenta-se como centro de transmissão e


valorização da informação e do conhecimento – potenciais
organizacionais capazes de aprender e gerir actividades de
comunicação, aptas a alterar a sua componente organizacional para
sobreviverem na nova e complexa dinâmica caótica das
organizações.


(1998,Pinto e Ochôa)

Cristina Alves, 3/11/ 2009


A BE/CRE de hoje torna-se:
BE/CRE DE FREIXO 

 organizada em função das competências de literacia;

-
 interactiva, oferecendo recursos e informações em diversos
suportes;

-
 um espaço de aprendizagem permitindo transformar
informação em conhecimento,

-
 um espaço privilegiado para o trabalho articulado com os
professores.

Cristina Alves, 3/11/ 2009


BE/CRE DE FREIXO

o);

d  Learning);

informação (Web 2.0 ) , de trabalho e de construção do conhecimento , levando ao desen

bibliotecas têm na escola e quais os factores críticos ao seu desenvolvimento.

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

uncionamento  e os outputs (número de empréstimos, número de visitas, sessões realizad


onhecimento dos utilizadores.
BE/CRE DE FREIXO

OBJECTIVOS DO MODELO:

IDENTIFICAR PONTOS FRACOS OU MENOS


DESENVOLVIDOS NA BE.
AVALIAR O TRABALHO DA BE E O SEU IMPACTO NO
FUNCIONAMENTO DA ESCOLA E NAS
APRENDIZAGENS.
REPENSAR PRáTICAS
MELHORAR COMPORTAMENTOS.
REDEFINIR METAS.
  COMUNICAR E ENVOLVER A ESCOLA.
  MELHORAR OS RESULTADOS GERAIS DA ESCOLA.

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

O Modelo avalia 4 domínios de análise (Modelo AA)

Domínio A - Apoio ao desenvolvimento Curricular


(Trabalho de colaboração entre Biblioteca e professores em
prol do sucesso dos alunos.)

Domínio B - Leitura e literacias


( Desenvolvimento da leitura e das Literacias )

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

C - Projectos, parcerias e actividades livres de abertura à comunid


mento de actividades livres –
ulares ou de enriquecimento curricular
à comunidade)

D - Gestão da biblioteca escolar


ondições humanas e materiais; articulação da BE com a Escola; Gestão da colec

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

ciclo de 4 anos/1 domínio diferente para cada ano.


envolve toda a Escola, não estando só dependente do trabalho do professor coor
com o papel pedagógico da BE e a representação que ela tem nos órgãos de ges

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

orque analisar?
auto-avaliação da BE é um momento de reflexão e de acção, destinado a:

dentificar pontos fortes e fracos da BE ; oo

consciencializar e valorizar o papel da BE a nível da escola;

estabelecer e construir estratégias de melhoria da biblioteca;

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

Etapas de um processo de avaliação

1º Escolha fundamentada de um domínio a avaliar ;


2º Recolha de evidências( questionários);
3º Gestão e interpretação da informação recolhida;
4º Inclusão da escola num perfil de desempenho;
5º Divulgação dos resultados ;
6º Comunicação dos resultados da Auto-Avaliação;
7º Plano de Melhoria: discussão e aprovação em CP. 
BE/CRE DE FREIXO

As evidências (Instrumentos de recolha de dados)  


                                            

PEE
RI
PAA
Registos de actas
Onde?      Memorandos de reuniões e actividades
Estatísticas internas
Questionários e grelhas de observação
Entrevistas
Materiais produzidos pela BE ou com os Dep.

 
BE/CRE DE FREIXO

q Perfis de Desempenho
Excelente (4) - O trabalho é de grande qualidade e tem um
impacto muito positivo
Bom (3) - O trabalho é de qualidade mas ainda é possível
melhorar certos aspectos.
Satisfatório (2)- O trabalho está em desenvolvimento, mas
necessita de melhorar para que o seu impacto
seja mais efectivo.
Fraco (1) - O trabalho não existe ou é pouco, sendo o seu
impacto bastante reduzido. É necessária uma
intervenção urgente

 
 
BE/CRE DE FREIXO

Divulgação de resultados
Elaboração de um relatório final de auto-avaliação da BE.

Divulgação do relatório na Direcção e no C. P.

Inclusão do relatório da BE no Relatório de Avaliação da Escola.

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

Impactos pretendidos
Na BE:
Conhecimento fundamentado das práticas da BE ;

Melhoria nas áreas consideradas fracas ou satisfatórias ;

Melhoria do impacto nas aprendizagens dos alunos;

Na Escola:
Conhecimento fundamentado e alargado do trabalho da BE

Melhoria da articulação entre o trabalho da Escola e o da BE

Melhoria do impacto no nível dos processos de ensino-aprendizagem na Escola

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO
.

elo de Auto-avaliação
/centro de recursos.

evidências e informações recolhidas, devem sempre ter em conta :


a BE/CRE: oportunidades e ameaças, prioridades da escola, adequação aos objectivos e es

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

-Poderias dizer-me, por favor, que caminho hei-de tomar para sair daqui?
-Isso depende do sítio onde queres chegar! – disse o Gato.
-Não interessa muito para onde vou… - retorquiu Alice.
-Nesse caso, pouco importa o caminho que tomes – interpôs o Gato.
Alice no País das Maravilhas e o gato de Chechire

nidade de melhoria e de mudança, indicando caminhos sustentados e seguros, porque ba


os do caminho que trilhamos para lá chegar?

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

o da BE, identifique e proponha o domínio a aplicar, tendo em conta o contexto escolar na

Cristina Alves, 13/11/2009


BE/CRE DE FREIXO

ões:
apresentação dos trabalhos, haverá lugar a um debate (10minutos).

do um documento final que resume e engloba as propostas apresentadas pelos grupos de

nto final servirá de guião à implementação do Modelo na Escola de Freixo.