Você está na página 1de 37
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva

Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos

Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva

Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
Caderno 02 (Parte 1) Quantificação, Registros e Agrupamentos Orientadora de Estudo Eleúzia Lins da Silva
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-2" src="pdf-obj-1-2.jpg">

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-8" src="pdf-obj-1-8.jpg">

TURMA DE 2º ANO

Orientadora de Estudo:

ELEÚZIA LINS DA SILVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-20" src="pdf-obj-1-20.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-22" src="pdf-obj-1-22.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-24" src="pdf-obj-1-24.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-26" src="pdf-obj-1-26.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-1-28" src="pdf-obj-1-28.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL DE ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

PACTO NACIONAL DE ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL DE ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL DE ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA PAUTA DO ENCONTRO

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA PAUTA DO ENCONTRO

PAUTA DO ENCONTRO

  • 1. Leitura Deleite: Beleléu e os números (Patrício Dugnani)

  • 2. Fechamento da aula anterior (retomada)

  • 3. Slides (conteúdos do Caderno 2 Parte 1)

objetivos do Caderno 2;

números;

senso numérico;

correspondência um a um;

O agrupamento na organização da contagem;

  • 4. Vídeo: A história dos números

  • 5. Congresso Matemático (simulação).

  • 6. Jogo: Número Oculto.

  • 7. Jogo: Pintando o Sete.

  • 8. Socialização.

LEITURA DELEITE
LEITURA DELEITE

FECHAMENTO DA AULA ANTERIOR

FECHAMENTO DA AULA ANTERIOR SELANDO A APRENDIZAGEM
FECHAMENTO DA AULA ANTERIOR SELANDO A APRENDIZAGEM

SELANDO A

APRENDIZAGEM

OBJETIVO GERAL DO CADERNO 02

Provocar reflexões

sobre

ideia

a

de

número e

seus

usos em situações

do

cotidiano,

oferecendo

subsídios

práticas

para

pedagógicas.

OBJETIVO GERAL DO CADERNO 02 Provocar reflexões sobre ideia a de número e seus usos em

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:  Estabelecer relações de semelhança e de ordem, utilizando critérios diversificados para classificar, seriar

Estabelecer relações de semelhança e de ordem, utilizando critérios diversificados para classificar, seriar e ordenar coleções;

Identificar funções;

números

em

diferentes

contextos

e

  • quantificar elementos de uma coleção, utilizando diferentes estratégias;

  • comunicar

as

quantidades,

utilizando

a

linguagem oral, os dedos da mão ou materiais substitutivos aos da coleção;

  • representar graficamente quantidades

e

compartilhar, confrontar, validar e aprimorar seus

registros nas atividades que envolvem a

quantificação;

  • reproduzir sequências numéricas em escalas ascendentes e descendentes a partir de qualquer número dado;

elaborar,

comparar,

comunicar, confrontar e validar

hipóteses sobre as escritas e leituras numéricas, analisando a posição e a quantidade de algarismos e

estabelecendo relações entre a linguagem

oral.

escrita e a

O SER HUMANO SEMPRE PRECISOU CONTAR, E SEMPRE DA MESMA FORMA ?
O SER HUMANO
SEMPRE PRECISOU
CONTAR, E SEMPRE DA
MESMA FORMA ?
Vídeo: A História dos Números FONTE - https://www.youtube.com/watch?v=ntylzQWvzCA
Vídeo: A História dos Números
FONTE - https://www.youtube.com/watch?v=ntylzQWvzCA

Apresenta

-

os

números no âmbito das

situações

de

uso

em

contextos sociais.

2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS

NÚMEROS

2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS

DUAS PERSPECTIVAS:

2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS

- Apresenta os números como resultantes de uma

operação de contagem que

segue alguns princípios lógicos e possui variadas formas de registro.

2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS

Contagem Quantificação Os sistemas de registro Os sistemas de numeração

2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS
2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS
2ª Apresenta - os números no âmbito das situações de uso em contextos sociais. NÚMEROS DUAS

A Construção do Número

A todo o momento, as pessoas estão contando alguma

coisa.

..

A Construção do Número A todo o momento, as pessoas estão contando alguma coisa. ..
Podemos compreender a produção do conhecimento matemático como o modo humano de construir respostas para as
Podemos compreender a produção do conhecimento matemático como o modo humano de construir respostas para as
Podemos compreender a produção do conhecimento matemático como o modo humano de construir respostas para as

Podemos

compreender

a

produção

do

conhecimento

matemático

como

o

modo

humano

de

construir

respostas

para

as

suas

necessidades

 

básicas

construídas

sociais.

nas

relações

Quando era nômade,

o

ser

humano vivia

em abrigos como cavernas

e,

para

sobreviver, caçava e pescava. Para isso, o

simples

numérico

senso

permitia-

lhe perceber as

quantidades

de

modo a suprir necessidades.

suas

Quando era nômade, o ser humano vivia em abrigos como cavernas e, para sobreviver, caçava e

O QUE É O SENSO NUMÉRICO?

Capacidade que permite diferenciar, sem contar, pequenas quantidades de grandes quantidades. Perceber onde há mais e onde há menos.

Quando há “tantos quantos” ou uma situação de igualdade entre dois grupos.

Capacidade natural que o ser humano e alguns animais possuem para apropriar-se de quantidades.

Num golpe de vista consegue-se indicar quantidades pequenas, de um a cinco, mesmo que estas se refiram a objetos ou seres que podem estar em movimento, como animais ou aves em um pasto.

Caderno 02, p. 6

SENSO NUMÉRICO

SENSO

NUMÉRICO

SENSO NUMÉRICO
SENSO NUMÉRICO
SENSO NUMÉRICO
SENSO NUMÉRICO
SENSO NUMÉRICO
SENSO
NUMÉRICO

Se der a uma criança que ainda não sabe contar certa quantidade de bolinhas e, depois dela brincar um pouco,

retirar algumas, ela não saberá

quantas você retirou, mas saberá que a quantidade foi modificada.

SENSO NUMÉRICO Se der a uma criança que ainda não sabe contar certa quantidade de bolinhas

Correspondência um a um

Correspondência um a um é a relação que se estabelece na

comparação unidade a unidade entre os elementos de duas coleções.

Correspondência um a um Correspondência um a um é a relação que se estabelece na comparação
Correspondência um a um Correspondência um a um é a relação que se estabelece na comparação

Nessa comparação, é possível determinar se duas coleções

têm a mesma quantidade de objetos ou não e, então, qual

tem mais ou qual tem menos.

CORRESPONDÊNCIA UM A UM

CORRESPONDÊNCIA UM A UM

O AGRUPAMENTO NA ORGANIZAÇÃO DA CONTAGEM E NA ORIGEM DO SISTEMA DE NUMERAÇÃO

Caderno 02, p. 15

O que é AGRUPAR?

O AGRUPAMENTO NA ORGANIZAÇÃO DA CONTAGEM E NA ORIGEM DO SISTEMA DE NUMERAÇÃO Caderno 02, p.

Contar os objetos de uma coleção e atribuir a cada um deles uma palavra ou

símbolo que corresponde a uma posição

na sequência numérica e que indica a quantidade que ele representa nessa

posição.

O AGRUPAMENTO NA ORGANIZAÇÃO DA CONTAGEM E NA ORIGEM DO SISTEMA DE NUMERAÇÃO Caderno 02, p.
Caderno 02, p. 15 Agrupar é UMA ESTRATÉGIA de contagem que organiza o que é contado,
Caderno 02, p. 15 Agrupar é UMA ESTRATÉGIA de contagem que organiza o que é contado,

Caderno 02, p. 15

Agrupar

é

UMA

ESTRATÉGIA de

contagem

que

organiza

o

que

é

contado, ajudando

a não esquecer de

contar

nenhum

objeto

e

evitando

que um mesmo

objeto seja contado

mais de uma vez.

MESMA QUANTIDADE APRESENTADA DE DUAS FORMAS.

EM QUAL DAS DUAS É MAIS FÁCIL CONTAR?

MESMA QUANTIDADE APRESENTADA DE DUAS FORMAS. EM QUAL DAS DUAS É MAIS FÁCIL CONTAR?
“Muitas coisas não ousamos empreender por parecerem difíceis. Entretanto, são difíceis porque não ousamos empreendê-las”. Sêneca,
“Muitas coisas não ousamos
empreender por parecerem
difíceis. Entretanto, são difíceis
porque não ousamos
empreendê-las”.
Sêneca, filosofo da Roma Antiga

CONGRESSO MATEMÁTICO

1º Organizar a sala em dupla.
Organizar
a
sala
em
dupla.
2º Discutir com o colega uma estratégia para resolver a situação- problema apresentada.
Discutir com o colega
uma estratégia
para
resolver
a
situação-
problema apresentada.
4º Apresentar para a classe o cartaz com a estratégia que a dupla encontrou para solução
Apresentar
para
a
classe o
cartaz com a
estratégia que a dupla
encontrou para solução
da situação-problema.
3º Escrever em cartolina ou outro papel, a estratégia que a dupla encontrou para a resolução
Escrever em cartolina
ou
outro
papel,
a
estratégia que a dupla
encontrou
para
a
resolução
do
problema.
Ao explicitar seu modo de pensar, os alunos têm a oportunidade de refletir sobre suas formas

Ao explicitar seu modo de pensar, os

alunos têm a oportunidade de refletir

sobre suas formas de raciocinar e de

proceder, gerenciando sua ações e as ajustando quando necessário.

Ao tomar conhecimento do modo de raciocinar dos colegas, o aluno terá

oportunidade

de

outras formas

se

deparar

com

de

raciocinar,

apreciando-as, comparando-as.

SITUAÇÃO-PROBLEMA

PARA O CONGRESSO

SITUAÇÃO-PROBLEMA PARA O CONGRESSO EDUARDO TEM 13 SELOS E ALBERTO TEM 19. QUANTOS SELOS ALBERTO TEM

EDUARDO TEM 13 SELOS E

ALBERTO TEM 19. QUANTOS

SELOS ALBERTO TEM A MAIS

QUE EDUARDO?

OBA! HORA DO JOGO!

JOGO:

NÚMERO OCULTO

OBA! HORA DO JOGO! JOGO: NÚMERO OCULTO
OBA! HORA DO JOGO! JOGO: NÚMERO OCULTO
OBA! HORA DO JOGO! JOGO: NÚMERO OCULTO
OBA! HORA DO JOGO! JOGO: NÚMERO OCULTO
OBA! HORA DO JOGO! JOGO: NÚMERO OCULTO

REGRAS DO JOGO: NÚMERO OCULTO

Objetivo: Exercer o cálculo mental fazendo a operação inversa da adição.

Número de participante: 3, sendo 2 jogadores e 1 "coordenador" do jogo.

Como jogar:

Cartas numeradas de 0 a 9, dispostas na mesa, viradas para baixo (os números podem variar de acordo com o grau de dificuldade dos alunos); Ao sinal do "coordenador" os dois jogadores pegam uma carta e a levam à altura da própria testa. Dessa forma cada jogador vê a carta que o adversário levanta, mas não vê a sua própria carta; O "coordenador" fala a soma dos números dos cartões; Utilizando-se do número falado pelo coordenador e do cartão que vê (na testa) do adversário, cada jogador deve adivinhar qual o número do seu próprio cartão; Ganha a partida/jogada aquele que acertar primeiro o número do seu cartão.

MAIS JOGO ...

MAIS JOGO ... PINTANDO O SETE
MAIS JOGO ... PINTANDO O SETE

PINTANDO O SETE

MAIS JOGO ... PINTANDO O SETE
MAIS JOGO ... PINTANDO O SETE
MAIS JOGO ... PINTANDO O SETE
MAIS JOGO ... PINTANDO O SETE

JOGO: PINTANDO O SETE Aprendizagem: Resolver adições; analisar as

possibilidades de soma 2, 3, 4, 5, 6, 8, 9, 10,

11 e 12 no lançamento de dois dados.

 
  • 2 4

3

     

5

 

6

 
  • 8 9

   

10

 

11

 

12

   
  • 7 7

7

7

   

7

7

7

 
JOGO: PINTANDO O SETE • Aprendizagem : Resolver adições; analisar as possibilidades de soma 2, 3,
JOGO: PINTANDO O SETE • Aprendizagem : Resolver adições; analisar as possibilidades de soma 2, 3,

Material:

a)2 dados numerados de 1 a 6; b)lápis de cor; c)1 folha com os números 2 a 12 (exceto o 7) para cada jogador.

c) Número de jogadores: 3 ou 4 participantes.

d) Regras:

  • - O primeiro jogador lança os dois dados, soma os pontos

obtidos e risca esse número na sua folha. Se o total for 7,

deverá pintar um dos setes da sua folha.

  • - Os próximos jogadores deverão fazer o mesmo.

  • - Caso o jogador obtenha, em uma jogada, um total que já foi

riscado, deverá passar a vez.

  • - O jogador que pintar todos os “setes” sai do jogo.

  • - Ganha o jogo quem primeiro conseguir riscar todos os números.

BOA NOITE!!!!

BOA NOITE!!!! FONTE DA IMAGEM : http://coisasparablogsesites.blogspot.com.br/2011/08/gifs-de-carinhas-animadas.html
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-2" src="pdf-obj-36-2.jpg">

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-8" src="pdf-obj-36-8.jpg">

TURMA DE 2º ANO

Orientadora de Estudo:

ELEÚZIA LINS DA SILVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-20" src="pdf-obj-36-20.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-22" src="pdf-obj-36-22.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-24" src="pdf-obj-36-24.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-26" src="pdf-obj-36-26.jpg">
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA DE 2ºlins.pnaicbarueri@gmail.com " id="pdf-obj-36-28" src="pdf-obj-36-28.jpg">