Você está na página 1de 28

Diagrama esquemático

Diagrama de linhas simples ou unifilar


Mostra as partes que compõe o circuito através de
linhas simples, que representam dois ou mais
condutores
Fornece informações básicas do circuito, mas não dá
informações detalhadas de um diagrama
esquemático.
Diagrama de bloco

Mostra a relação de vários grupos de componentes


e seus estágios de funcionamento.

Diagrama de Fiação
Mostra a relação de vários grupos de componentes
e seus estágios de funcionamento.
Os componentes são identificados pelos nomes.

Volt
ar
O circuito elétrico
É composto de 4 partes básicas:
1- fonte de F.E.M.
2Condutores
3Carga
4Instrumentos de controle.
Circuito fechado ou completo

Circuito aberto ou incompleto


Proteção do circuito - FUSÍVEL
Curto-circuito

Aterramento - Dois pontos de um circuito estão ligados em pontos comuns


•Valor Conhecido e determinado.
•Representado pela letra “R” nas equações
•Aplicações: estabelecer o valor adequado da tensão,
limitar a corrente e constituir carga.
•Resistores fixos
Resistores de carbono – carbono ou grafite (0,1 Ω a
22 MΩ )
Resistores de fio enrolado – fio de níquel e cromo
enrolado em um aspiral sobre uma haste de cerâmica
O limite
(1 Ω aé 100
chamado
MΩ ). de tolerância – carbono (±5, ±10,
±20 por cento). Exemplo 100 ±10 Ω .
Especificação de potência de um resistor – calor dissipado
 se o calor for maior que aquele que ela pode dissipar a
resistência é danificada. Exemplo: chuveiro elétrico.
Símbol
o

Resistência de ajuste e controle – Trimpot e


potenciômetro

Lei de OHM 
A lei de ohm expressa a relação entre a corrente, tensão e resistência.

V= IR
Potência elétrica

P = IV
Cavalo
Vapor
Hp=3/4kW
Energia elétrica

kWh = kW * h

Volt
ar
Então R = R1 + R2 + ... Rn

Então VT = V1 + V2 + ... Vn
Ex. Uma bateria de 95 V está ligada m série com 3 resistores:
20Ω , 50Ω e 120Ω . Calcule a tensão nos terminais de cada
resistor.
Solução:

RT = R1 + R2 + R3 = 20 + + 50 +
120 = 190Ω
V = I X RT então I = V/RT = 95/190
= 0,5 A

Assim

V1 = I x R1 = 10 V
V2 = I X R2 = 25 V
V2 = I x R3 = 60 V
VT = 10 + 25 + 60 = 95 V
A corrente fluindo em cada resistor, provoca uma queda de
tensão entre os ponto AB, BC, CD e DA. Assim a queda de
tensão em cada ponto é:
A = 95 V; B = 85; C = 60; D = 0
Potencia Total do Circuito

Queda de tensão por partes proporcionais

IT = VT/RT I1 = V1/R1
Então se IT = I1, logo VT/RT = V1/R1
Portanto, V1=(VT/RT) X
R1
Assim: Vn = (VT/RT) X Rn Volt
ar
Circuito Paralelo de corrente
contínua
Ocorre quando dois ou mais componentes estão ligados à
mesma fonte e nesse casa a tensão é a mesma, ou seja

A resistência total sempre será menor que qualquer resistência em qualquer ram
Para resistências iguais
RT = R/N
Para duas resistências diferentes

RT=R2R1/R2+R1

Um circuito aberto funciona como se fosse uma grande resistência ao fluxo


Circuito aberto no ramo principal X Circuito aberto em ramo secundário

È uma resistência extremamente baixa. Quando existe,


toda corrente flui por ele e não passa por nenhum outro
ramo.
I1 = (R2/R1+R2)*IT
I2 = (R1/R1+R2)*IT

Quando a potência tem origem na fonte de tensão, a potência


total é igual a soma das potências em cada ramo.
PT = P1 + P2 + P3 + ... + Pn sendo a potência total dada por P=V x

E a potência e cada ramo é dada pela equação: P = VI

OBS: independente da associação, a soma das potências em


cada ramo é igual a potência fornecida pela fonte de tensão.
Qual o impacto que isso teria sobre uma instalação elétrica?
Ex. Os ramos os ramos de circuito num sistema de fiação
doméstica são paralelos. Liga-se ao circuito de cozinha um
torrador de pão, uma cafeteira elética e uma panela de
frituras. Sendo a tensão de linha de 110V. Calcule: (a) a
corrente total da linha principal, (b) e tensão que entra em
cada aparelho, (c) a resistência total do circuito. São dados: a
corrente através do torrador de pão = 8,3A, a corrente através
da cafeteira = 8,3A, e a corrente atravé da panela de frituras
= 9,6A.

Solução:

(a) IT = I1 + I2 + I3 = 8,3 + 8,3 + 9,6 =


26,2
(b) VA=
(c) 110 V V/IT = (110/26,2)
RT =
“ A tensão aplicada a um circuito fechado é igual à soma das
quedas de tensão naquele circuito”, ou seja:

VA = V1 + V2 + V3 + ... Vn

Nomenclatura: as letras maiúsculas indicam as fontes de


tensão e os números as quedas de tensão

VA-(V1+V2+V3+...Vn)=0
ΣV=VA-V1-V2-V3-...-Vn=0
Considere o seguinte circuito

ΣV=VA-V1-V2-V3=100-50-30-20=0

Suponha agora que seja adicionada uma outra fonte de tensão B, então

É importante
definir se a
fonte de tensão
alimenta o
circuito ou vice-
versa. Porquê?
Se a fonte B é alimentada pelo circuito, então

ΣV=VA-V1-V2-V3-VB=0

Se a fonte B é alimenta o circuito, então

ΣV=VA-V1-V2-V3+VB=0

Ver a possibilidade de experimento com baterias.

“A soma das corrente que entram num nó é igual a


soma das correntes que saem do nó.”

I1+I2-I3-I4=0
A correntes nas malhas

Simplificação das leis de kirchhoff através do método de correntes das malhas

Exemplo
Malha 1 Malha 2
ΣV = VA – V1 – V2 + V2 = 0 ΣV = - V3 – VB – V2 + V2 = 0
= VA – I1R1 – I1R2 + I2R2 = 0 = -I2R3 – VB – I2R2 + I1R2 = 0
VA = I1(R1+R2) – I2R2 VB = - I2(R2+R3) + I1R2

VA = I1(R1+R2) –
O sistema então fica I2R2
VB = - I2(R2+R3) +
I1R2
Tensão nos nós
1. A figura murta o circuito com uma companhia residência.
A companhia tem um resistência de 8 ohm e precisa de uma
corrente de 1,5 A para funcionar. Determine a tensão
necessária para que a companhia toque.

1.Calcule a corrente exigida por uma lâmpada


incandescente de 60 W cuja especificação de funcionamento
é de 120V. Calcule ainda a corrente exigida por uma
lâmpada de 150 W funcionando em 120 V e para uma
lâmpada de 300 W em 120V. À medida que a potência
aumenta o que a acontece com a corrente?
3. A eficiência de um motor é calculada dividindo a sua saída pela
sua entrada. A saída é medida em cavalo-vapor,enquanto a entrada
é medida em watts ou em quilowatts. Antes da eficiência ser
calculada, a saída e entrada precisam ser expressa nas mesmas
unidades de medida. Calcule a eficiência de um motor que recebe 4
kW fornece 4 hp.
4. Um receptor de rádio usa 0,9A funcionando em 110V. Se o
aparelho for usado 3h/dia, que energia ele consome em 7 dias?

5. Calcule a tensão necessária para que uma corrente de 10 A


circule pelo circuito série dado na figura abaixo
5. No circuito abaixo calcule a queda de tensão através de R3

5. Cinco lâmpadas estão ligadas em série. Cada lâmpada


exige 16 V e 0,1 A. Calcule a tensão total gasta

6. Utilizando o método do divisor de tensão calcule a queda de


tensão através de cada resistor
7. Lâmpadas de 60 W cada uma com a mesma resistência,
estão ligadas em paralelo através de um terminal residencial de
120 V, produzindo uma corrente na linha de 2 A. Qual a
resistência equivalente de circuito? Qual a resistência de cada
lâmpada? Qual a corrente que cada lâmpada gasta?
8. Um farol de automóvel de resistência desconhecida é
colocado em paralelo com o acendedor de cigarros de 75 ohm.
Se passar uma corrente de 0,8 A quando é aplicada uma tensão
de
9. 12 V, qual
Duas a resistência
resistências estãodo
emfarol?
parelelo. Calcule a corrente em
cada resistência. Dados ( IT = 30 mA, R1 = 75K ohm e R2 =
18k ohm
10. Calcule I3 no circuito paralelo divisor de corrente. Dados IT
= 96 mA, R1 = 4 ohm e R2 =4 ohm e R4 = 10 ohm