Você está na página 1de 10

Sorco,Sua me,Sua filha

Brbara Furlan
Camila Mahalem
Enredo
O conto narra o triste momento da separao
de Sorco de sua nica famlia, as duas
mulheres com quem vivia e que, vtimas da
loucura, acabam por se tornar um problema
para ele. Vemos um homem humilde,
abatido, um homem que lutara por seus
entes, que resistira at o ltimo momento
mas que acabara cedendo ante situao
de seus familiares. Assim, Sorco busca
ajuda e consegue que um trem do governo
as venha buscar. durante este momento (a
chegada do trem e o caminhar do trio at o
mesmo) que se desenrola nossa histria. O
trem chega.
Sorco sai de sua casa, com as mulheres
aos braos, uma de cada lado, Parecia
enterro. Enquanto isto, o povo, curioso e
complacente, sai rua para observar. A
moa desata a cantar: uma cantiga sem p
nem cabea, que (...) no vigorava certa,
nem no tom nem no se-dizer das palavras. A
velha faz o mesmo, em seguida. A cantiga
a representao clara da loucura, sua
caracterizao. Chegam ao trem, e ambas
so levadas ao vago, cercado com grades,
vigiadas por dois homens, e l so deixadas,
sem despedida.
Este tratamento, desumano, mais uma vez
refora a idia da loucura como um mal,
marginalizando-a. Sorco as v subir e, depois,
partir, quando o trem chega e leva o carro onde
estavam, e l fica. O povo, comovido, faz o
mesmo. Quando resolve ir para casa, pra,
como se fosse (...) perder o de si, parar de ser,
e comea a cantar a mesma cantiga de outrora,
seguindo seu caminho. O momento mais
marcante do conto o que se sucede: as
pessoas, todas, solidrias, cheias de compaixo,
desatinam a cantar tambm, em coro com
Sorco, seguindo-o de perto. O povo (...) ia com
ele, at onde ia aquela cantiga.
O autor, como de praxe, faz uma pequena
anlise da loucura, do psicolgico de seus
personagens e do povo do serto, em geral.
Narrador
O conto narrado em 3 pessoa (foco
narrativo), por um narrador que , ao
mesmo tempo, onisciente e
personagem.
Personagens
Sorco: descrito como um homenzarro,
de corpo e cara grandes, brutos. Sujo,
maltrapilho, mesmo com suas melhores
roupas. De voz grossa, mas rara, quase
nunca ouvida. Sorco nos mostrado
como impotente diante da doena de
me e filha, como que sentindo uma
grande dor por ter envi-las para longe.
Aparentemente, um homem de bom
corao, humilde e, talvez por isso, de
poucas palavras
Me e Filha: pouco nos dito sobre
suas personalidades. Sabemos que
esto loucas agora, e que adoeceram
ao longo do tempo; afora isso, nada
nos revelado sobre seu passado,
sua aparncia e sequer seus nomes.
Espao e Tempo
O Espao se passa em algum lugar
de Barbacena, na estao de trem e
rvore de cedro.
No se passa em pouco mais de
alguns minutos, num dia ensolarado,
em torno do meio-dia.
O tempo cronolgico.
Clmax
O clmax quando Sorco surta por
conta da ausncia de sua me e sua
filha,que esto no sanatrio de
Barbacena.
Desfecho

Você também pode gostar