Você está na página 1de 13

Agrupamento de Escolas Alfredo da Silva

BIBLIOTECA ESCOLAR

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO
DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Equipa da Biblioteca Escolar


Novembro de 2009
Constitui um
um
Biblioteca
Biblioteca Escolar
Escolar Constitui
contributo essencial
essencial
contributo
para oo Sucesso
para Sucesso Educativo
Educativo

Recurso Fundamental
Recurso Fundamental
para oo
para
Ensino ee para
Ensino para
aa Aprendizagem
Aprendizagem
Pertinência da existência de um Modelo de Avaliação para as

Bibliotecas Escolares.

É necessário objectivar a forma como se está a concretizar o

trabalho da Biblioteca Escolar.

A Escola :

Deve conhecer o impacto que as actividades realizadas pela

Biblioteca Escolar;

O grau de eficiência dos serviços dos serviços prestados e de

satisfação dos utilizadores da Biblioteca Escolar .

MODELO AUTO-AVALIAÇÃO
Modelo de Auto-Avaliação

Programa da Rede de Bibliotecas Escolares - 1996


Escolas Piloto testam o Modelo de Auto-Avaliação – 2008

O actual modelo de Auto-Avaliação resultou de uma análise


efectuada
sobre outros modelos já existentes e sobre a realidade da Escola
portuguesa.

4
Modelo de Auto-Avaliação

Pretende-se avaliar a qualidade e a eficácia da Biblioteca Escolar, o seu contributo


para o sucesso educativo do Agrupamento.

A Auto-Avaliação deve ser um processo pedagógico e regulador, permitindo


identificar as necessidades e as fragilidades com vista à melhoria;

A Escola deve encarar este processo como uma necessidade própria e que este
mobilize toda a Escola através de uma acção conjunta;
Organização
Modelo
de Auto-Avaliação

Áreas essenciais
em que a Biblioteca
actua:
Será
Avaliado
Ciclo de 4 anos 1 Domínio por ano

DOMÍNIO – C DOMÍNIO – D
DOMÍNIO – A DOMÍNIO – B
Projectos, Parcerias e Gestão da
Apoio ao Actividades Livres e de Biblioteca
Leituras e Literacias Abertura à Comunidade
Desenvolvimento Escolar
Curricular
DOMÍNIO – A
Apoio ao
Desenvolvimento
Curricular

Subdomínio
Subdomínio
A.1
A.2
Articulação curricular da Biblioteca
Desenvolvimento da
com as estruturas pedagógicas e
literacia de informação
os docentes
DOMÍNIO – B

LEITURAS E LITERACIAS
DOMÍNIO – C
Projectos, Parcerias e
Actividades Livres e de
Abertura à Comunidade

Subdomínio Subdomínio
C.1 C. 2
Apoio a actividades livres,
extracurriculares e de Projectos e Parcerias
enriquecimento curricular
A equipa
da BE
decidiu DOMÍNIO – D
avaliar
em Gestão da
2009/201 Biblioteca Escolar
0
Domínio
D

Subdomínio
Subdomínio Subdomínio
D.1
D. 2 D.3
Articulação da Biblioteca
com a Escola. Condições humanas e materiais Gestão da colecção
Acesso e serviços prestados para a prestação dos serviços
pela Biblioteca
 A Avaliação da Biblioteca Escolar
deve apoiar-se em evidências;
 A recolha de dados sistematizada;
 Utilização de instrumentos
construídos especificamente no
âmbito da auto-avaliação;
1.
Escolher
DOMÍNIO
6.
2.
Divulgar os resultados
Recolher
COMUNIDADE
EVIDÊNCIAS
ESCOLAR

ETAPAS
3.
5. Identificar o
Apresentar PERFIL DE
Relatório DESEMPENHO
da Biblioteca
4.
Elaborar
Relatório
de Auto-avaliação
 A avaliação não constituiu um fim, devendo ser entendida
como um processo que deverá conduzir à reflexão e deverá
originar mudanças concretas na prática
 A Auto-avaliação deverá contribuir para a elaboração do
novo plano de desenvolvimento, ao possibilitar a
identificação mais clara dos pontos fortes e pontos fracos.

 Este novo plano deve instituir-se como um compromisso da


escola
Um melhor
desempenho da
Biblioteca Escolar irá
beneficiar o trabalho
de todos.