Você está na página 1de 23

ENSAIOS TRIAXIAIS

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

VANTAGENS DO ENSAIO TRIAXIAL


Versatilidade na simulao de situaes reais;
Facilidade no controle da magnitude das tenses
principais, mas no em suas direes;
Controle de drenagem;
Medida da poropresso.

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

HISTRICO
Introduo do princpio das tenses efetivas por Karl
Terzaghi em 1920;
O primeiro ensaio triaxial com medida de poropresso
foi realizado por Bishop and Eldin (1950);
Aperfeioamento e desenvolvimento dos primeiros
equipamentos triaxiais pelos pesquisadores Bishop e
Henkel nas dcadas de 50 e 60 no Imperial College;
Equipamentos atuais podem permitir o controle de:
Deformaes;
Tenses;
Ensaios em amostras no-saturadas com medida
de suco.

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

CONHECIMENTO PRVIO
Princpio das tenses efetivas;
Entendimento da compressibilidade do solo;
Tenso cisalhante;
Tenses em um elemento de solo;
Resistncia ao cisalhamento;
Coeficiente de poropresso em solos
saturados;


E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

ESQUEMA SIMPLIFICADO




E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

EQUIPAMENTO




-Instrumentos de
medio (leitura);
-Equipamentos para
aplicao de presso;
-Equipamento para
imposio de
deslocamento.


E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

EQUIPAMENTO




E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

EQUIPAMENTO




E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

ETAPAS DO ENSAIO TRIAXIAL


MOLDAGEM;
MONTAGEM;
SATURAO;
ADENSAMENTO;
CISALHAMENTO.


E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

MOLDAGEM



E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

MONTAGEM



E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

SATURAO





E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

Coeficiente de poropresso em solos
saturados
Tenso total e mudanas na poropresso:





0
0

3
+
+

3
u=0

u
c
u
d

1
-
3
=

3
u

Tenso horizontal:

3
+0 =
3


Tenso vertical:

3
+(
1
-
3
) =
1
Poropresso:

u
c
+u
d
= u

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

Coeficiente de poropresso B


3
u
c
u
c
=B.
3
B = u
c
/
3
E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

ADENSAMENTO


Sem adensamento (U);
Isotrpico (I);
Anisotrpico (A).

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

CISALHAMENTO

RPIDO;
DRENADO;
NO-DRENADO.

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

PRINCIPAIS TIPOS DE ENSAIO
TRIAXIAL

UU;
CIU;
CID.
E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

RECAPTULANDO....

Fases dos ensaios triaxiais:
Saturao;
Adensamento;
Cisalhamento.

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

RECAPTULANDO....

Tipos de ruptura

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

Resultados tpicos
CIU

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

Resultados tpicos
CIU

E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

Resultados tpicos
CIU

-30
0
30
60
90
120
150
180
210
240
270
300
0 2 4 6 8 10 12
V
a
r
i
a

o
d
e
p
o
r
o
-
p
r
e
s
s

o
(
k
P
a
)
Deformao axial (%)
20 kPa
200 kPa
400 kPa
0
30
60
90
120
150
180
210
240
270
300
330
360
0 2 4 6 8 10 12
T
e
n
s

o
c
i
s
a
l
h
a
n
t
e

(
k
P
a
)
Deformao axial (%)
20 kPa
200 kPa
400 kPa
E
n
s
a
i
o
s

T
r
i
a
x
i
a
i
s

CTEC-UFAL
T
a

s
e

C
a
r
v
a
l
h
o

(
2
0
1
2
.
2
)

Resultados tpicos
UU

Você também pode gostar