Você está na página 1de 11

AULO OBRAS LITERRIAS UFPR- 2015

Prof. Bruno Scuissiatto


Lucola, Jos de Alencar
1862;
Romance urbano, primeiro de Alencar;

Narrao cronolgica, Rio de Janeiro, metade do sculo XIX;
Foco narrativo em primeira pessoa (Paulo, por intermdio de cartas
para a Senhora GM);
Lucia (Mria da Glria), ida e vindas; purificao da sua alma;
Paulo;
Couto (conta a verdade);
Ana (irm);


Os dois ou o ingls maquinista, Martins Pena
1871
Disputa amorosa;

Mariquinha (rica);
Negreiro (trficante de escravos);
Gainer (ingls, necessita de dinheiro);
Clemncia (me de mariquinha);
Felcio (primo e par de Mariquinha;
Caricatos, escravido, ganncia europeia, centrados
na explorao do Brasil;
Desfecho romntico.
Vrias Histrias, Machado de Assis
Coletnea de contos lanada em 1896;
Anlise psicolgica, conflitos, conciliaes, adultrio,
tringulo amoroso e misrias humanas;
Encontros com outras obras do autor;
A cartomante;
Um homem clebre;
Uns braos;
Conversa entre santos;



O bom crioulo, Adolfo Caminha
1895, Naturalismo;
Homossexualidade e homoafetividade;
Amaro (crioulo);
Aleixo;
Ideia determinista;
Hipocrisia da sociedade;
Tortura no navio;
Corveta (local do trabalho) e a Rua da Misericrdia,
subrbio do Rio de Janeiro;

Fogo Morto, Jos Lins
Publicado em 1943;
Regionalismo neorrealista;
Fogo Morto = engenhos desativados;
Transio para a usina; (tradio x modernidade);
Pilar, Paraba;
Coronelismo, tortura da polcia, cangao;
Jos Amaro (branco e livre), Seu Lula (aristocracia
falida), Capito Vitorino (fracos e oprimidos);
referncia ao D. Quixote;

Claro Enigma, Drummond
Obra de 1951;
Ps II Guerra Mundial; um grande vazio;
Poesia filosfica e reflexiva;
Clssico, sonetista, formalismo;
Poemas em desordem;
Ausncia, vida, amor, sexo e tempo;
Mquina do Mundo, Oficina Irritada,

Eles no usam Black tie, Gianfrancesco Guarnieri
1958;
Obra dramtica; trs atos
Famlia operria carioca em um momento grevista;
coletivo e pessoal (interesse);
Otvio e Romana (casal), Tio e Chiquinho (filhos);
Relao com a msica e Adoniran Barbosa - Nis
No Usa os Bleque Tai

Lavoura Arcaica, de Raduan Nassar
1975;
Filho prdigo
Diviso em duas partes: A partida e O Retorno;
Tempo no linear; Metfora do relgio;
Tradio:pai; Pedro e duas irms mais velhas;
Afeto: Me, Andr, Ana (caula) e Lula (irmo mais
novo;
Quarto da penso e a Fazenda;
Captulos 5 e 29, iguais, apenas os verbos
diferentes;
Sagrado e profano;
Incesto de Andr com Ana;
ltima Quimera, Ana Miranda
1995;
Romance histrico;
Mistura da fico e do histrico;
Nome tirado do poema Versos ntimos enterro de tua ltima
quimera);
Recorrente para a autora (Desmundo e Boca do Inferno);
Foco narrativo em terceira pessoa;
Conta a vida do poeta Augusto dos Anjos;
Flashback na narrativa;
Retrato do Rio do comeo do sculo XX (Revolta da Chibata e
Livraria Garnier)
Indefinio de Augusto dos Anjos;




Poemas Escolhidos, Gregrio de Matos
1975;
Autor barroco, sendo o principal;
Organizao de Jos Miguel Wisnick;
Vertente religiosa: arrependido das faltas;
Vertente satrica: problemas sociais da Bahia,
envolve todas as classes, alguns sensuais;
Vertente Lrica: homenagem a suas musas
(menor interesse);

Você também pode gostar