Você está na página 1de 33

 A caminho da

República …
100 anos de República
A 5 de Outubro de

1910, uma
revolta
republicana
terminava com a
Monarquia no
nosso país. Em
vez de um Rei, o
país passaria a
ser dirigido por
um Presidente.
 Desde essa altura, já foram muitos
os Presidentes da República de
Portugal

Teófilo Braga
 Manuel Arriaga Bernardino Machado Sidónio Pais Canto e Castro
A. José de Almeida

Teixeira Gomes
 Mendes Cabeçadas Gomes da Costa Óscar Carmona Craveiro Lopes
Américo Tomás


 Mas como é
que tudo
começou?
O Partido Republicano
 Em 1876, é criado o
Partido
Republicano, a
primeira alternativo
ao regime
monárquico.
Rodrigues de Freitas
é o primeiro
deputado eleito pelo
Partido, que
defende a
substituição da
A subida ao trono de D.
Carlos
 Em 1889, morreu o
rei D. Luís I.
Sucedeu-lhe o seu
filho mais velho, D.
Carlos. Rei culto e
viajado, comandou
o país até 1908,
num período de
grande contestação
social, económica e
política.
O Ultimato britânico
 No ano seguinte,
em 1890, a
Inglaterra, com o
objectivo de
aumentar o seu
Império, obriga
Portugal a
abandonar os
territórios entre
Angola e
Moçambique, o
chamado Mapa
As reacções ao Ultimato
O Rei aceitou o

Ultimato, o que
provocou grande
descontentamento.
Em Janeiro de 1890,
o Partido
Republicano
organizou uma
manifestação,
acusando D. Carlos
de ter traído os
interesses dos
Portugueses em
A revolta do 31 de Janeiro

 Em 31 de Janeiro
de 1891, no
Porto, dá-se
uma revolta
republicana,
com o objectivo
de derrubar a
Monarquia.
Sampaio Bruno Capitão Leitão João Chagas Miguel Verdial

Alves da Veiga Tenente Coelho Basílio Telles Alferes Malheiro
Apesar da derrota, o 31 de
Janeiro foi o primeiro aviso sério
dos republicanos, que
mostraram que existia uma
alternativa à Monarquia. Estes
foram os principais heróis da
revolta.
A ditadura de João Franco

 Perante o
agravamento da
crise económica e
do
descontentamento
popular, é
instaurada a
Ditadura em
Portugal – a
Ditadura de João
Franco.
O regicídio

No dia 1 de Fevereiro de

1908, em Lisboa, o rei
D. Carlos é morto, bem
como o príncipe
herdeiro, Luís Filipe,
por dois elementos da
Carbonária, grupo
secreto ligado aos
republicanos.
Nos dias anteriores, D. Carlos, que estava a
passar uma temporada em Vila Viçosa, decidira
regressar a Lisboa
Nesse dia, o rei
partiu de Vila
Viçosa de manhã.
Foi de comboio até
ao Barreiro e daí
de barco até
Lisboa.
Desembarca no
Terreiro do Paço,
onde seguirá em
carruagem aberta
para mostrar que
tudo vai bem no
reino.
São 17 horas desse dia 1 de Fevereiro de
1908. Um final de tarde de Sábado muito frio.
E eis que o rei chega ao Terreiro do Paço…
Os últimos dias da
Monarquia…

Com a morte do rei e

do príncipe herdeiro,
sobe ao trono D.
Manuel II, filho mais
novo de D. Carlos –
jovem e impreparado
para as funções reais.
Era o princípio do fim
da Monarquia…

Interesses relacionados