Você está na página 1de 39

A Pré-História abarca um

período de tempo muito longo,


desde há mais de 4 milhões de
anos até cerca de 4000 a.C.,
quando surgiu a escrita nas
primeiras civilizações.

Mas nem sempre o Homem


habitou a terra...
Há cerca de 20 milhões de anos,
ocorreram alterações climáticas
muito importantes em África: o
clima tornou-se muito mais seco e
quente e as grandes Florestas
deram origem às Savanas. Por isso
as árvores escasseavam.

Da Floresta à Savana e a Hominização


Descoberta de Australopitecos em África,
o continente “Berço da Humanidade”
Como já não era possível viver nas árvores,
os primatas tiveram que se adaptar a viver
na Savana, um espaço mais aberto e
menos arborizado.
Este nosso antepassado chamava-se
Australopiteco (um macaco do sul) e viveu
há 4 milhões de anos.
Era pequeno e curvado
Não era totalmente
bípede.
Não sabia fazer
instrumentos, mas
usava seixos
quebrados.
E teve de aprender a defender-se dos perigos
e de predadores para sobreviver.
Era sobretudo vegetariano, mas na sua
alimentação já havia uma componente de
proteínas animais, de presas encontradas e
abandonadas.
O Australopiteco ao longo de muito
tempo foi-se adaptando à nova vida.
Ocorreram, então, modificações
muito importantes no seu corpo,
particularmente na coluna, no crânio
e nas mãos.
Foi ficando com uma postura mais
vertical.
As mãos começavam a conseguir
mexer o polegar.
A capacidade craniana ia
aumentando.
A Importância da Bipedia
Em 1978, os arqueólogos
encontraram, na Etiópia, o
esqueleto da nossa “Avó
Ancestral” – denominada então
de Lucy, porque aqueles
estavam a ouvir a música “Lucy
in the Sky with Diamonds”, dos
Beatles. Uma análise do seu
esqueleto permitiu concluir que
se tratava de um indivíduo do
sexo feminino, com cerca de 20
anos e 1,20m de altura.
Algumas variantes da espécie Australopitecos

Australopiteco Afarensis Australopiteco Africanus


Há cerca de três milhões e trezentos mil
anos, devido à evolução que resultou da
adaptação ao meio, surgiu o HOMO
HABILIS.
o Era bípede e mais
vertical.
o A sua capacidade
craniana aumentou e
por isso era mais
inteligente (700 cm3).
o O polegar era oponível
o Sabia fazer
instrumentos de pedra e
de madeira.
Ainda era necessário
A capacidade comer carne crua
craniana aumentou

Mas era muito


habilidoso!!
Os Bifaces: serviam para
caçar; raspar e cortar a
carne.
Há cerca de 1.600 000 anos
devido à luta pela sobrevivência,
os hominídeos evoluíram e surgiu
então o HOMO ERECTUS

Era bípede e vertical.


Possuía uma linguagem
rudimentar.
Fabricava Bifaces.
E descobriu...???
A descoberta do Fogo
modificou muito a sua vida.
A Importância da Invenção do Fogo
Com a descoberta do fogo,
era possível comer carne
cozinhada. Os dentes já não
precisavam de ser tão
fortes, e a capacidade craniana
aumentou: 900 a 1100 cm3.
Desse facto, a não necessidade
de ter maxilares tão proeminentes.
O Homo Erectus possuia, também,
uma verticalidade mais perfeita o
que o tornava mais inteligente.
O Homo Erectus, oriundo da África, foi o primeiro a
emigrar para a Ásia e a Europa, onde foram
descobertos vestígios seus. O clima mais frio
destes continentes determinou a importância do
domínio do fogo, que contribuiu para o surgimento
das primeiras famílias.

Emigração do Homo Erectus(setas a amarelo)


Há 120.000 existiu um Hominídeo
mais desenvolvido e por isso
conhecido por Homo Sapiens.

Era totalmente bípede e


vertical.
Mais inteligente (capacidade
craniana de 1500cm3)
Fabricava pontas; lascas e
bifaces mais perfeitos
Caçava grandes animais
em grupo
Enterrava os mortos
• Vivia em grupos, construía tendas
ou ocupava temporariamente
cavernas e caçava de uma forma
organizada. Era a época dos
Grandes Caçadores, com técnicas
muito aperfeiçoadas.
Era necessário
caçar em grupo e
pensar em boas
estratégias de
caça.
Havia animais muito perigosos,
mas suficientemente grandes
para se alimentarem.

Tigre de dentes de
Sabre
Bisonte

Mamute Lanudo
Há 40.000 anos já havia o HOMO
SAPIENS SAPIENS que era
semelhante ao Homem actual
Era inteligente
(1500cm3 de
capacidade craniana)‫‏‬
Excelente caçador
Fabricava arcos;
flechas; arpões;
agulhas; lâminas...
Fazia pinturas nas
paredes das cavernas
PINTURAS
RUPESTRES
Fabrico de
Utensílios

1
2
Para fabricar utensílios, foi utilizada
a técnica da Lascagem com martelos
de ossos e de madeira.
3
Legenda:
1. lâmina; 2. raspador; 3. ponta de
seta; 4. perfurador; 5. buril.
4 5
Instrumentos do
Homo Sapiens Sapiens

Propulsor Machado de Arpão em Arco e flecha


de osso mão em silex marfim

Perfurador
Biface
Folha de Loureiro Lâmina
Como a maior parte dos
instrumentos, que se faziam nesta
época, eram de pedra lascada,
chama-se a este período da Pré-
História: Paleolítico.
O Período Paleolítico é também, e
por isso, conhecido como “Idade da
Pedra Lascada”.
Este período iniciou-se com as
origens do Homem e terminou com a
descoberta da Agricultura em 8000
a.C.
EVOLUÇÃO DO HOMINÍDEO
AO HOMEM
A Evolução foi muito lenta e
muitos hominídeos
extinguiram-se.
O esqueleto foi-se
modificando.

Homo Habilis Homo Erectus Homo Sapiens


A capacidade craniana foi-se
sempre desenvolvendo e a
inteligência também.
Nós somos o resultado do
processo de HOMINIZAÇÃO:
a evolução lenta e longa, a
níveis físico e intelectual, do
Hominídeo ao Homem Actual.
Como o homem dependia exclusivamente da Natureza
para sobreviver, desenvolveu uma Economia
Recolectora. Conforme a alteração das estações do
ano, foi obrigado a deslocar-se temporariamente à
procura de alimentos, tornando-se num Nómada.
Será que o processo de Hominização já terminou? Olha
para esta figura, que é uma brincadeira e tira as tuas
conclusões… Qual será o objectivo desta imagem?

Interesses relacionados