Você está na página 1de 32

Funções Inorgânicas

Aula 01/08/2015
Profª Carolina

Funções Inorgânicas
 Ácidos
 Bases ou Hidróxidos
 Sais
 Óxidos

Ácidos
 De acordo com a definição de Arrhenius,

ácido é todo composto que se ioniza em
solução aquosa liberando H+.

Ácidos

H2 O

 Hidrácidos
 Oxiácidos

H+
(H3O+)

Hidrácidos  Ácido + nome do elemento + ídrico Fórmula Nome HCl Ácido clorídrico HF Ácido fluorídrico HBr Ácido bromídrico HI Ácido iodídrico H2S Ácido sulfídrico HCN Ácido cianídrico .

Oxiácidos  Ácido + nome do elemento + ico Fórmula Nome H2SO4 Ácido sulfúrico H2CO3 Ácido carbônico HNO3 Ácido nítrico H3PO4 Ácido fosfórico HClO3 Ácido clórico Cuidado! H2SO3 ácido sulfuroso HNO2 ácido nitroso H3PO3 ácido fosforoso Fórmu Nome la HClO4 Ácido perclórico HClO3 Ácido clórico HClO2 Ácido cloroso HClO Ácido Cl «» Br. I hipocloroso .

Eto .Ato + SO 3 H3O+(aq) + Ânion 24 (aq) PO43-(aq) Macete: Teimoso mosquito no Bico do Pato Com Ácido clorídrico eu não me meto .Oso .Ídrico 2 H3O + (aq) .Ito .Ico .Ionização dos ácidos HCl H2O HClO H2SO4 H3PO4 H2O H2O H2O H3O+(aq) + Cl-(aq) Ácido H3O+(aq) + ClO-(aq).

base é todo composto que se ioniza em solução aquosa liberando OH-. Bases M(OH)x H2 O H2O OH- Mx+ + x OH- .Bases ou Hidróxidos  De acordo com a definição de Arrhenius.

Bases em meio aquoso NaOH H2O Na+(aq) + OH-(aq) Ca(OH)2 H2O Ca2+(aq) + 2 OH-(aq) Al(OH)3 H2O Al3+(aq) + 3 OH-(aq) Pb(OH)4 NH4OH H2O H2O Pb4+(aq) + NH4+(aq) 4 OH-(aq) + OH-(aq) .

Nomenclatura Fórmula Nome NaOH Hidróxido de sódio Ca(OH)2 Hidróxido de cálcio Al(OH)3 Hidróxido de alumínio Pb(OH)4 Hidróxido de chumbo NH4OH Hidróxido de amônio Atenção! Fe2+ e Fe3+ Fe(OH)2 = Hidróxido de ferro II ou hidróxido ferroso Fe(OH)3 = Hidróxido de ferro III ou hidróxido férrico Outros exemplos: CuOH Cu(OH)2 .

.  A exceção da família 2A. exceto Be e Mg. já as bases dos metais 2A são consideradas parcialmente solúveis..Força das Bases  Bases formadas por metais alcalinos (1A) e alcalinos terrosos (2A). são consideradas bases fortes.. . Fe(OH)2. Be e Mg são consideradas bases fracas e insolúveis.. como Al(OH)3.  As bases dos metais 1A são ainda consideradas muito solúveis.  As demais bases. Zn(OH)2. são consideradas bases fracas e insolúveis.

liberando pelo menos um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-. Ácido Base Sal Água . denominada reação de neutralização.  São compostos que em água se dissociam.Sais  São derivados da reação entre uma base e um ácido.

Exemplo NaOH + HCl NaOH + HCl OHNa+ H+ Cl- NaCl + H 2O NaCl + H2O .

Outros Exemplos Ca(OH)2 + 2 HNO3 2 H2O Ca(OH)2 + 2HNO3 2H2O 2OHCa2+ Ca2+ Ca(NO3)2 + Ca(NO3)2 + 2H+ 2NO-3 NO3- Ca(NO3)2 .

Outros Exemplos 3 NaOH + H3PO4 H2O Na+ PO43- Na3PO4 + 3 Na3PO4 .

Nítrico Nitrato de cálcio Na3PO4 H3PO4 = ác. seguem os exemplos. Nitroso Nitrito de potássio . Clorídrico Cloreto de sódio Ca(NO3)2 HNO3 = ác.Nomenclatura dos Sais  A nomenclatura dos sais é proveniente do ácido que o gerou. Sal Ácido que o gerou Nome do sal NaCl HCl = ác. Fosfórico Fosfato de sódio KNO2 HNO2 = ác.

Na+. Rb+. Ba2+. Na+. Rb+. Pb2+ Sulfatos Solúveis Ca2+. Cs+. Ba2+ Outros sais Insolúveis Li+. Ca2+. K+. Cs+. NH4+ -- . Sr2+. NH4+. Pb2+ Sulfetos Insolúveis Li+. K+.Solubilidade dos Sais Sal Solubilidade Exceções Nitratos Cloratos Acetatos Solúveis Cloretos Brometos Iodetos Solúveis Ag+. Hg2+. Sr2+.

Óxidos São compostos oxigenados binários. onde o oxigênio é o elemento mais eletronegativo.  • H2O CO2 Fe2O3 Existem 7 tipos de óxidos:  Óxidos básicos  Óxidos ácidos  Óxidos anfóteros  Óxidos mistos  Óxidos neutros  Peróxidos  Superóxidos Al2O3 .

Na2O + H2O Na2O + 2HCl 2NaOH 2NaCl + H 2O .Óxidos Básicos  São compostos que ao reagirem com água liberam uma base ou ao reagirem com um ácido liberam sal e água.

Ou seja. • CaO Na2O BaO São sólidos com altos pontos de fusão e ebulição São compostos iônicos . metais ligados ao oxigênio que possuem Nox ≤ 3. 2A e 3A.Óxidos Básicos São formados por metais das famílias 1A.

Óxido Básico .Nomenclatura Na2O: óxido de sódio CaO: óxido de cálcio Fe2O3: óxido férrico óxido de ferro III FeO: óxido ferroso óxido de ferro II .

se reagirem com a água liberam ácido ou se reagirem com uma base liberam sal e água. ou seja.Óxidos Ácidos ou Anidridos Possuem caráter ácido. SO3 + H2O SO3 + 2NaOH H2SO4 Na 2SO4 + H2O .

Ou seja.Óxidos Ácidos São formados por ametais ou metais com Nox elevados. os elementos ligados ao oxigênio possuem Nox ≥ 4. • MnO3 Mn2O7 CrO3 São muito solúveis em água São compostos moleculares. .

Nomenclatura CO2: anidrido carbônico dióxido de carbono B2O3: anidrido bórico trióxido de boro SO3: anidrido sulfúrico óxido de enxofre VI SO2: anidrido sulfuroso óxido de enxofre IV MnO3: anidrido mangânico óxido de manganês VI Mn2O7: anidrido permangânico óxido de manganês VII .Óxido Ácido .

como a queima de combustíveis fósseis contendo enxofre.Chuva Ácida A chuva já possui um pH naturalmente ácido. forma a chuva ácida. 2S + 2O2 2SO2 + O2 2SO3 + 2H2O 2SO2 2SO3 2H2SO4 Quando o H2SO4 se dissolve com o vapor d’água na atmosfera. acidificação de solos. Principais consequências: destruição de fachadas e monumentos. poluição das águas. A chuva se torna ainda mais ácida devido alguns fatores. devido a formação de H2CO3. . problemas respiratórios.7. em torno de 5.

Os principais gases do efeito estufa são:  CO2 (53%)  Metano (17%) absorve 20x mais calor que o CO 2  CFCs (12%)  N2O (6%) Principais consequências: aumento da temperatura média do planeta. aquece o centro primeiro e depois reflete o calor para a atmosfera onde os gases estufa retêm parte desse calor. . A Terra é aquecida por irradiação. problemas respiratórios. ou seja.Efeito Estufa x Aquecimento Global É um processo natural para manter a temperatura do planeta. derretimento das calotas polares.

. Transformação do ozônio em oxigênio CF2Cl2(g) → Cl(g) + CF2Cl(g) Cl(g) + O3(g) → ClO(g) + O2(g) ClO(g) + O(g) → Cl(g) + O2(g) Os CFCs catalisam o processo de destruição da camada de ozônio.Camada de Ozônio – O3 É uma camada gasosa necessária para filtrar as radiações UV do sol. N2O e CO2 também podem destruir a camada de O3. Os gases NO. Principais consequências: problemas de pele e de visão. Está localizada entre 15 e 50Km de altitude.

Óxidos Anfóteros São óxidos de duplo caráter. Al2O3 ZnO SnO2 SnO PbO PbO2 Fe2O3 MnO2 Exemplo: ZnO + 2HCl ZnO + H2O NaOH ZnCl 2 + H2O Na 2ZnO2 + . pois reagem tanto com ácidos fortes. como com bases fortes.

Apresentam a fórmula geral: X3O4 Principais exemplos: Fe3O4 Pb3O4 tetróxido de triferro Mn3O4 tetróxido de trichumbo tetróxido de trimanganês .Óxidos Mistos Também são chamados de óxidos salinos ou duplos. São derivados da combinação de dois óxidos.

Óxidos Neutros São óxidos que não reagem com água. nem com ácidos e nem com bases. Também chamados de inertes. São gasosos e covalentes formados por ametais. Exemplos: N2O CO monóxido de dinitrogênio óxido nitroso NO monóxido de carbono monóxido de nitrogênio óxido nítrico .

.Contribuição para Chuva Ácida Na atmosfera o NO pode reagir com o O 2 e gerar o óxido ácido NO2 que por sua vez reage com água gerando HNO3: 2 NO + O2 → 2 NO2 2 NO2 + H2O → HNO2 + HNO3 HNO2 + O2 → 2 HNO3 O HNO3 por sua vez pode diminuir o pH da chuva. pois ele gera dois ácidos ao reagir com a água e gera dois sais ao reagir com uma base. tornando-a ainda mais ácida. O NO2 também pode ser chamado de óxido ácido misto.

Podem reagir com água e ácidos produzindo sempre H 2O2. CaO2 + 2H2O → Ca(OH)2 + H2O2 CaO2 + 2HCl → CaCl2 + H2O2 Outros exemplos: Na2O2: peróxido de sódio BaO2: peróxido de bário MgO2: peróxido de magnésio . São formados por cátions das famílias 1A e 2A. na qual o oxigênio possui número de oxidação igual a (–1).Peróxidos São os óxidos que apresentam na estrutura o íon (O2)−2.

São formados por cátions das famílias 1A e 2A. Ele remove CO2 do ar e reage com a água gerando O2.Superóxidos São os óxidos que apresentam na estrutura o íon (O 2)−1. Alguns exemplos: KO2: superóxido de potássio NaO2: superóxido de sódio RbO2: superóxido de rubídio O KO2 é muito utilizado em ambientes rigorosamente fechados (naves espaciais e submarinos). 4KO2(s) + 3H2O(l) → 4KOH(s) + 3O2(g) . na qual o oxigênio possui número de oxidação igual a (–1/2).