Você está na página 1de 21

SENAC

Maria Luiza Caroline de Melo.

Taubaté 2010
Sumário
 Conceito sobre Ostomia/Tipos de Ostomia
 Colostomia
 Tipos de colostomia
 Complicações
 Bolsa coletora utilizada
 Cuidados
 Gastrostomia
 Indicações
 Cuidados
 Jejunostomia e Ileostomia
 Indicações
 Complicações
 Bolsa coletora utilizada
 Cistostomia
 Bolsa coletora utilizada
 Cuidados
Ostomia    
                    
 Uma ostomia é uma         
abertura criada
cirurgicamente na qual uma parte do
trato urinário ou digestivo é trazida à
superfície abdominal, onde uma
víscera se comunica com o meio
externo para dejetos serem
expelidos.
A ostomia recebe seu nome de acordo com a porção do
trato digestivo ou urinário que é trazida à superfície, ,
iniciado pelo nome do local e seguido de "ostomia".

Exemplos:
Colostomia (parede cólica)
Traqueostomia (traquéia)
Esofagostomia (esofagectomia)
Gastrostomia (estômago)
Duodenostomia (duodeno)
Jejunostomia (jejuno, metade inicial do intestino delgado
Ileostomia(íleo, metade distal do intestino delgado)
Cecostomia (ceco)
Ureterostomia (ureter)
Colecistostomia (vesícula biliar)
Cistostomia (bexiga urinária)
Colostomia
 É um procedimento
cirúrgico onde se faz
uma abertura no abdome
(estoma) para a
drenagem fecal (fezes)
provenientes do intestino
grosso (cólon). É feito
geralmente após a
ressecção intestinal.

A boca da colostomia pode ser terminal (na


amputação do reto, por exemplo) ou lateral (na parede
do cólon transverso).
A colostomia pode ainda ser provisória ou definitiva,
dependendo de cada doença que está sendo tratada.
Tipos de Colostomia:
Colostomia ascendente: o estoma é feito na alça
ascendente, no lado direito do abdômen. As fezes têm
consistência semi-líquida.
Colostomia transversa: o estoma é feito na alça do
transverso, no lado esquerdo ou direito do abdômen. As
fezes têm consistência pastosa.
Colostomia descendente: o estoma é feito na alça
descendente, no lado esquerdo do abdômen. As fezes têm
consistência semi-sólida.
Colostomia Sigmóide – uma colostomia sigmóide envolve
o cólon sigmóide. As fezes são firmes e sólidas.
Quando é retirada uma parte do intestino grosso
(cólon)
O intestino delgado é rico em enzimas e substâncias que
servem para decompor os alimentos, ao contrário do
intestino grosso, cuja principal função e absorver os
líquidos do bolo fecal.

Complicações da colostomia
*irritação cutânea - evitada pelo uso de bolsas e pomadas
protetoras, que evitam o contato entre o contato fecal e a
pele;
*processo inflamatório que ocorre na serosa da alça
exteriorizada;
*infecção - da pele e/ou subcutâneo, causando celulite
pericolostômica;
BOLSAS
servem para recolher as fezes, que saem pelo estoma.
CARACTERÍSTICAS
· Discretas pela sua cor e forma
· São seguras e de fácil utilização.
· São descartáveis.
· Flexíveis.
· Com filtro para neutralizar gases no caso das bolsas
fechadas.
· Têm adesivos protetores para a pele.
· Estão preparadas de modo a que se ajustem à medida do
seu estoma.
· Existem diferentes tipos de bolsas adequadas às suas
características, tanto do estoma como da pele.
Protetores cutâneos ou barreiras
protetoras de pele :
Protetor cutâneo natural ou resina natural
Protetor cutâneo sintético ou resina sintética
Protetor cutâneo ou barreira semi-sintética ou
resina mista : A resina mista é resultante da

associação da resina sintética à resina natural.


Cuidados:
A pele ao redor da colostomia requer um cuidado especial, para manter
a integridade e a aderência da pele ao dispositivo deve-se:

1 - NUNCA utilizar substâncias agressivas à pele, como álcool,


benzina, colônias, mercúrio, pomadas e cremes. Estes produtos
ressecam a pele, favorecendo o aparecimento de feridas e reações
alérgicas.
2 - A limpeza da pele ao redor da colostomia deve ser feita com água e
sabão neutro. Não é necessário esfregar com força ou usar esponjas
ásperas.
3 - Tome cuidado com inseto. Não permita que eles pousem na
colostomia ou na pele ao redor.
GASTROSTOMIA
Orifício (abertura) na
região do abdômen por
onde se passa um tubo
flexível (sonda), sendo
uma cirurgia feita em
pacientes que perderam,
temporariamente ou
definitivamente, a
capacidade de deglutir
alimentos.
Indicações
*conseqüências de lesões
cerebrais graves
*transtornos do trato intestinal
superior.
*dificuldade de acesso por via
oral, nasal ou esofágica;
*casos de obstrução mecânica,
trauma ou inflamação;
*uso prolongado de SNE;
Cuidados:

*Os cuidados são os mesmos de quem usa


sonda nasoenteral, acrescentando-se apenas o
cuidado com o local de inserção da sonda :
* limpar o local da inserção com gaze embebida
em soro fisiológico duas vezes ao dia;
* observar a presença de fluídos ou secreções
no local;
* Observar vazamento de dieta no local de
inserção da sonda.
Jejunostomia e
Ileostomia
Jejunostomia e Ileostomia e são cirúrgias realizada para trazer o
jejuno ou o íleo através da parede abdominal, realizada no
intestino delgado (fino) que é removido, localizando-se no lado
inferior direito do abdômen. É freqüentemente nos casos
intratáveis de colite ulcerosa, na doença de Crohn (enterite
regional) e no carcinoma de cólon. Pelo fato da Jejunostomia e a
ileostomia drenar constantemente conteúdo liquido intestinal, a
absorção de gordura e de vitamina B pode se apresentar
reduzida. Perdas de sódio e potássio são aumentadas.
Se for necessário poupar o intestino de suas atividades digestivas normais
enquanto ocorre o processo de cicatrização, então poderá ser feita uma
abertura temporária (estoma) no abdome (jejunostomia e ileostomia). Se
uma porção maior do intestino for extirpada então a jejunostomia ou
ileostomia devem ser feitas com a finalidade de se tornar permanente.

Indicações:
A ressecção do intestino delgado pode ser recomendada para:
deformidades ou bloqueio do intestino (obstrução intestinal) como
conseqüência de tecido cicatricial
sangramento, infecção ou úlceras devido a inflamação do intestino delgado
(ileíte regional, enterite regional, Doença de Crohn).
lesões
câncer
pólipos pré-cancerosos
Complicações

A principal complicação pós-operatória


verificada no seguimento tardio de doentes
submetidos a jejunostomias e ileostomias
continentes é a perda da função de
continência em função de disfunção no
mecanismo de válvula. Nesses casos, requer-
se revisão cirúrgica
 1 - Bolsas para estomas : É um dispositivo que
adapta-se ao estoma intestinal ou urinário,
coletando o efluente eliminado. Para os
estomas intestinais as bolsas são apresentadas
no sistema de uma ou duas peças, abertas ou
drenáveis e fechadas. Para os estomas
urinários, as bolsas são abertas ou drenávies,
apresentadas, também no sistema de uma ou
duas peças.
Cistostomia

Cistostomia suprapúbica ou vesicostomia é uma conexão criada


cirurgicamente entre a bexiga urinária e a pele a qual é utilizada para
drenar urina da bexiga em indivíduos com obstrução do fluxo urinário
normal.
O fluxo urinário pode estar bloqueado por aumento da próstata
(hiperplasia prostática benigna), lesão traumática da uretra, doenças
congênitas do trato urinário,lesões cerebrais graves com recorrente
infecções urinaria ou por obstruções como pedras nos rins que
passaram para a uretra e câncer
Bolsa coletora
Existem dois tipos de bolsa coletora
urinária: bolsa
de drenagem e bolsa de perna. A
bolsa de
drenagem armazena um volume
maior de urina e geralmente é usada
à noite para
dormir. A bolsa de perna é usada
quando a pessoa
está de pé e em atividade. Ela
armazena menos
urina, mas permite que a pessoa se
movimente
com maior facilidade durante o dia.
Cuidados:

É muito importante manter limpa a área em torno


da cistostomia. Lave as mãos antes e depois de
qualquer cuidado com o cateter, curativo e bolsa
de drenagem a fim de evitar infecções. Procure
não dobrar o cateter nem deitar-se em cima dele,
pois isso obstrui a livre passagem da urina que
estiver sendo eliminada pela bexiga.
O curativo deve ser trocado diariamente, ou com
maior freqüência, caso fique sujo ou se solte.
Bibliografia
http://www.aora.org.br/tipos.htm
http://www.gastronet.com.br/nutricao_e_colostomi

http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/a

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ileostomia
http://www.hc.unicamp.br/servicos/emtn/Manual_p