Você está na página 1de 17

Moléculas na Troposfera

CH 4 H2
Parâmetros
N2 de
Ligação CO 2

NH 3
H 2O
O2 1
Porque será que os átomos estabelecem ligações
entre si e formam moléculas?

H H

2
Gráfico da variação da energia potencial eléctrica em
função da distância de dois átomos de hidrogénio

3
Forças Eléctricas

1 1 electrão
1 H 1s 1 protão

Forças Atractivas Forças Repulsivas

4
5
Energia de ligação

É a energia libertada quando se forma uma mole


de moléculas a partir de átomos isolados e no
estado gasoso.

É um parâmetro importante, na informação que


nos dá sobre a estabilidade da molécula.

Quanto maior o valor da energia de ligação mais


estável é essa ligação.
6
Valores de energia de ligação

Molécula Energia de ligação (kJ/mol)

C C 347
C C 620
812
C C

7
Comprimento de ligação

É a distância média entre os núcleos de dois


átomos ligados na posição de maior
estabilidade.

Este é um valor médio, pois a molécula não é


uma entidade rígida, mas sim uma estrutura que
é capaz de vibrar no espaço.

8
Valores de comprimento de ligação

Molécula Comprimento de ligação (pm)

C C 154

C C 133

C C 120

9
Variação destes dois parâmetros:

Ligação covalente
simples – ordem um

Ligação covalente
dupla – ordem dois

Ligação covalente
tripla – ordem três

10
Molécula Energia de ligação Comprimento de
(kJ/mol) ligação (pm)
347 154
C C
620 133
C C
812 120
C C

Quando a ordem de ligação aumenta, a energia de


ligação também aumenta, pois há mais electrões a serem
partilhados.

Quando a ordem de ligação aumenta, o comprimento de


ligação diminui, pois como há mais electrões a serem
partilhados, os átomos aproximam-se mais, tornando a
ligação mais forte.
11
Maior ordem de ligação Maior energia de ligação

Menor comprimento de ligação

Maior estabilidade da molécula

Menor reactividade
12
Mecânica quântica e ligação
• A covalente
formação de ligações covalentes pode ser
explicada por 2 teorias semelhantes, baseadas
na Mecânica Quântica.
• Teoria do Enlace da Valência: postula que os
electrões numa molécula ocupam orbitais
atómicas dos átomos individuais formando-se a
ligação quando estas se sobrepõem;
• Teoria das Orbitais Moleculares: pressupõe a
formação de orbitais moleculares a partir das
orbitais atómicas.

13
Geometria molecular

É o arranjo espacial dos átomos que constituem a


molécula de modo a minimizar as repulsões.

Ângulo de ligação

Menor ângulo formado pelos dois segmentos de recta


que passam pelo centro do núcleo de um átomo central e
pelos centros dos núcleos de dois átomos a ele ligados.

14
Moléculas semelhantes com átomos centrais do
mesmo grupo da tabela periódica

Átomo central do grupo


Átomo
14 central do grupo
Átomo
15 central do
grupo 16

Ângulo de Ângulo de Ângulo de


Molécula ligação Molécula ligação Molécula ligação
(H – X – H) (H – X – H) (H – X – H)

CH4 109,5º NH3 107,5º H2O 104,5º


SiH4 109,5º PH3 93,6º H2S 92,4º
GeH4 109,5º AsH3 91,8º H2Se 91,0º

15
Diferentes tipos de geometria molecular

XY Geometria linear O2, N2, H2, HF,…

Átomo central não tem


Geometria linear
electrões não ligantes

AX2 CO2 ângulo de ligação ≈180º

Átomo central tem


Geometria angular
electrões não ligantes

H2O ângulo de ligação ≈ 104,5º


16
Geometria Átomo central não tem
triangular plana electrões não ligantes

AX3 BF3 ângulo de ligação ≈120º

Geometria Átomo central tem


Piramidal trigonal electrões não ligantes

NH3 ângulo de ligação ≈ 106,5º

AX4 Geometria Átomo central não tem


tetraédrica electrões não ligantes

CH4 ângulo de ligação de ≈ 109,5º


17