Você está na página 1de 25

Os meios de comunicação como extensões do homem

por Marshall McLuhan.

Os meios de comunicação como extensões do homem por Marshall McLuhan.

Pequeno Histórico do Rádio

Século XIX – Descobertas das Ondas Eletromagnéticas e primeiros testes radiofônicos (Thomas Edson, Henrich Hertz e Nikola Tesla)

Primeiras Transmissões Radiofônicas: Guglielmo Marconi (Itália, 1895) e Roberto Landell de Moura (Brasil, 1893)

John Ambrose Fleming (1904, EUA) Válvula de Fleming, possibilitando a transmissão de Voz e Música.

Primeira Guerra Mundial (1914-18): Meio de difusão de informações, movimentação de tropas e de Navios

Conceito de Rádio

por Marshall McLuhan

Conceito de Rádio por Marshall McLuhan

McLuhan (2000) argumenta que o Rádio “fortalece a conexão do homem com o grupo com a comunidade” e também diz que ele altera “a produção de sentidos, porque cria uma ambiência na qual o homem se move, e que seus efeitos são culturais.” (DEL BIANCO, 2005), quais exemplos podemos observar disto?

Durante a “Era Vargas” (1930-1945)

Popularização do Rádio como uma forma de alcançar grandes parcelas da população brasileira.

A criação da ideia de “Brasileiro” Formas? “A Hora do Brasil” (atual “A Voz do Brasil”) Conexão entre o “Líder” Vargas e os “Trabalhadores do Brasil”

Rádio na Cidade de Londrina (Década de 1970-atual)

Surgimento de programas “policiais” que acabam virando um meio de solução de problemas da cidade não resolvidos pelo poder público: Bueiros entupidos, Podas de Árvores, Buracos nas Ruas.

Utilização política : Antônio Belinati, Barbosa Neto, Carlos Camargo.

Esses radialistas são vistos como aqueles que se importam com os problemas do povo, sendo vistos como um “Porta Voz”

•Efeito monopolístico: líderes de países totalitários usavam o rádio como uma forma de orientar a opinião política da população. •O rádio servia de extensão da voz deste líder que por sua vez, propagava a centenas de ouvintes seu poder de persuasão e retórica. •Exemplo disso: Adolf Hitler – Primeira Guerra Mundial •O rádio era posto ao lado do fascismo e da coletividade, ao contrário da população que pregava a cultura letrada, ou seja, não formavam suas opiniões por meio desta “voz” que ecoava no ouvido das massas, mas sim, tomava pra si o conhecimento proveniente da leitura de obras e documentos; tempo. •Paradigma do rádio: serem importantes da época. •Evolução dos conteúdos fornecidos por este canal: entretenimento; notícias; hora certa; informações sobre o tráfego visto como uma retomada da cultura oral, porém com mais amplitude e força pra atingir uma massa significativa. •Um canal que mantém uma relação mais íntima com o ouvinte; fornece a informação para que o ouvinte absorve, compreende e divulga.

Pequeno Histórico da Televisão

• Século XIX – Descoberta do Sistema de Varredura: Transmissão de Imagens por ondas eletromagnéticas.

• Primeiras décadas do Século XX – Várias pesquisas contribuirão para a consolidação do que conhecemos como Televisão

• Década

de

1920

Primeiras

transmissões

mecânicas de Televisão,

realizadas na União Soviética e na Escócia.

 

• Década

de

1930

Primeira

Transmissão

analógica

pela

BBC

(Reino

Unido),Primeira Televisão Pública (Alemanha).

• Segunda Guerra

Mundial:

transmissões na Europa

Expansão da TV nos EUA e interrupção das

• Década

de

Videotape.

1950

– TV no Brasil (TV Tupi – São Paulo), invenção do

• Década

de

1960

Televisão

a

Cores,

Lançamentos dos

primeiros Satélites, Redes de Televisão e transmissões de eventos a nível global (Chegada do Homem a Lua, Guerra do Vietnã, Copa do Mundo e Olímpiadas).

• Década de 1970 – Invenção do Videocassete e da Tv a Cabo (nos EUA).

• Década de 1980 e 1990 – Televisão em Alta Definição (Copa do Mundo da Itália - 1990 e Olimpíadas de Barcelona-1992)

• Década de 2000-2010 – Streaming (Youtube, Netflix,etc.)

Benefícios e malefícios

do Rádio

Benefícios e malefícios do Rádio

O tambor tribal

• O rádio é a extensão invisível do homem, pois desperta em todos, mesmo sem vê-lo, a noção de criação de imagens, e a associação daquilo que se ouve com o que se conhece. Atraindo a sociedade e a convidando a criar e imaginar seu complemento. (p. 334 – 345)

• As civilizações antes do rádio, eram letradas homogêneas, uniformes e unidimensionais.

• Ao contrário do rádio que graças ao seu poder de envolver e afetar as pessoas em profundidade.

Intervenções do Rádio

• Emissão de Orson Welles • Propaganda nazista • Aparelhos portáteis, livres de fios e tomadas

Conceito de Televisão

por Marshall McLuhan

Conceito de Televisão por Marshall McLuhan

• Diz McLuhan (2000, p.346) “Exerce uma força sinestésica unificadora sobre a vida sensória de muitas populações” como podemos observar isso?

• Em grandes eventos esportivos “globais”, como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos, que por meio da televisão.

• Ex: Audiência das Olímpiadas de Londres (2012): 4.300.000.000 de telespectadores. Final da Copa do Mundo do Brasil (2014) – 1.000.000.000 de telespectadores.

• Em acontecimentos localizados que ganham impacto em escala global. • Atentados em Paris (11/11/2015) • Posse do presidente dos EUA ou Coroação de um Rei/Rainha na Inglaterra.

• Outro aspecto mencionado por McLuhan é que a Televisão “As imagens geradas pela televisão exigem que a cada nova cena os telespectadores completem a trama, diminuindo ou fechando as lacunas deixadas com o intuito de envolver e fazer com que a audiência participe e se envolva com o que assiste.” (2000, p.114)

• Novelas no Brasil, Séries e Minisséries nos EUA e na Europa. • Ex: Quem matou Odete Roitman? (Vale Tudo, TV Globo, 1988-1989). Quem matou Lineu Vasconcelos? (Celebridade, TV Globo,2003-2004).

• Duas das três maiores audiências da história da TV Brasileira, são de novelas (Selva de Pedra, 1972 – 77 pontos e América, 2005, 70 pontos)

• Breaking Bad (AMC, 2008-2013); Game Of Thrones (HBO, 2011- atual); The Walking Dead (AMC, 2010-Atual); Doctor Who (BBC,1963-

1989;1996;2005-Atual)

• “A televisão consegue envolver e despertar sentimentos no telespectador, fazendo com que essa audiência se veja parte integrante de um processo complexo que o faz se aprofundar, que integra a massa social.” • Um problema: O poder político na Televisão e sua influência. • Candidatura de Silvio Santos a Presidente (1989) • Caso da Edição do ultimo debate entre Collor x Lula (12/1989) • Impeachment do Collor (1992): Mudança de postura da TV Globo. • Igrejas Protestantes Neopentecostais “Midiáticas”

Os benefícios e os malefícios

da Televisão

Os benefícios e os malefícios da Televisão

Os benefícios da televisão

•Fonte de Entretenimento •Promove o multiculturalismo •Difunde a educação •Veicula a informação •Recurso de comunicação de massa

Malefícios da televisão

•Indução ao consumo •Alienação •Sensacionalismo •Informações desnecessárias •Sedentarismo

Referências

BUCCI, Eugênio. Brasil em tempo de TV. Jinkings Editores Associados, Ltda. São Paulo, 2005. CASAGRANDE, Marina; VALÉRIO, Ana Claúdia. A influência da televisão na educação

infantil.

In:

Revista

Advérbio.

Volume

VII

número

14.

Disponível

em:

Acesso em: 14\11\15

• LOLLA, Daiane; MARTINELLI, Kátia Mirella Amadeu; PASQUIM, Roberta Cristina. A televisão como veículo de informação: uma linguagem de imagens e sons. Centro universitário católico Salesiano Auxilium. Lins – São Paulo, 2010.

MACLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. Editora Cultrix. São Paulo, 1964.

MATTOS, Sérgio. A diversidade cultural e o regionalismo na tv brasileira. In: Revista do instituto humanitas Unisinos, 2010. Disponível em: http://www.ihuonline.unisinos.br/index.php? option=com_content&view=article&id=3511&secao=343. Acesso em: 14\11\15

• RINCON, Omar (Org). Televisão pública: do consumidor ao cidadão. São Paulo, 2002. • TONDO, Rômulo; NEGRINI, Michele. Espetacularização e Sensacionalismo: Reflexões

Sobre o Jornalismo Televisivo . Universidade Federal de Santa Maria/ Unipampa São Borja,

2009.