o

m
s
i
c
a
R
e
l
u
d
i
S
e
h
t
r
a
p
A

o
d
a
c
i
r
f
Á
a
n

Introdução
• Neste trabalho vamos falar
sobre o apartheid e sobre o
racismo na África do Sul.
• Este trabalho foi-nos proposto
pela professora de Língua
Portuguesa como motivação
para o livro “Uma Questão de
Cor” da escritora Ana

África do sul:
• A África do Sul, oficialmente República
da África do Sul, é um país situado no
extremo sul da África, com 2.798
quilómetros de litoral sobre os oceanos
Atlântico e Índico. O país divide as
suas fronteiras com a Namíbia,
Botsuana e Zimbábue ao norte;
Moçambique e Suazilândia a leste; e
com o Lesoto, um enclave totalmente
rodeado pelo território sul-africano.

:
D
I
E
H
T
R
A
P
A

Apartheid:

 Apartheid é uma
palavra de
origem
afrikaans,
significa
“separação” em
africânder.
 Esta palavra foi
adaptada pela
África do Sul em
1948, com a
finalidade de
designar um
regime político.

 Este regime dizia que o povo de cor
branca tinha o poder e os outros
povos eram obrigados a viver
separados do povo de cor branca,
de acordo com regras que os
impediam de ser verdadeiros
cidadãos.

 Este regime foi mais tarde
demolido por Frederik de Klerk
no ano de 1990 e, finalmente,
em 1994 foram realizadas
eleições livres.

 A palavra Apartheid foi utilizada pela
primeira vez num discurso feito por
Jan Smuts em 1917.
 Jan Smuts tornou-se Primeiro-Ministro da
África do Sul no ano de 1919.

 Esta palavra tornou-se de uso comum
em várias outras línguas. As
traduções mais adequadas para
Português são “segregação racial”
ou “política de segregação racial”.

:
O
M
S
I
C
RA

RACISMO :
• O racismo é a tendência do
pensamento, ou da maneira de
pensar, em que se dá grande
importância à ideia da
existência de várias raças
humanas distintas e superiores
umas das outras.

• O racismo não é uma teoria
científica, mas um conjunto de
opiniões pré criadas onde a
principal função é valorizar as
diferenças biológicas entre os
seres humanos, em que alguns
acreditam ser superiores aos
outros de acordo com a sua
matriz racial.

• A crença da existência de
raças superiores e inferiores
foi utilizada muitas vezes
para justificar a escravidão, o
domínio de determinados povos
por outros e o extermínio de
indivíduos de um certo grupo
étnico que ocorreu durante
toda a história da
humanidade.

• Não devemos desvalorizar as
pessoas que são diferentes de
nós.
• Muitas das vezes as pessoas
que são vítimas de racismo
valem muito mais do que
aquelas que são racistas.
• O que é que importa se somos
brancos ou negros, se somos

• O racismo é comum
Para quem não tem coração
Discriminar pessoas
inocentes
Nãoa há
perdão!
“Enquanto
cor da
pele for
mais importante que o brilho
dos olhos, haverá guerra.”

Bob Marley

Conclusão:
 Neste trabalho concluímos que
tanto o Racismo como o
Apartheid são formas de
descriminação que afectam
milhares de pessoas nos
tempos que decorrem .
 A descriminação é um acto
malicioso que provoca a dor
em muitas pessoas .

Trabalho elaborado por:

Este trabalho foi elaborado por:
 Ricardo Lima
nº9
 Tatiana Vila Nova
nº11

•8ºA
• Ano Lectivo: 2009/2010

Bibliografia:

• http://pt.wikipedia.org/wiki/Apartheid
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Racismo

• http://www.lib.uconn.edu/classwebimages/

• http://israelsbirthday.files.wordpress.com

• http://www.alunosonline.com.br/img/racism

• http://www.minerva.uevora.pt/publicar/rac
• http://www.top30.com.br/news/
wp-content
/uploads/2009/06/racismo2.jpg

• http://www.luso-poemas.net/modules/news

• http://tiagosilva.org/pop/bob-marley/fras

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful