VE NCEND O A BATAL HA NA MENTE TEXTO BÁSICO: Rm 12.2 – Pr 4.

23

A MENTE É UM CAMPO DE BATALHA

TUDO COMEÇA EM NOSSA MENTE NOSSA FORMA PENSAR – Rm 12.2 SAÍDAS DA VIDA – Pr 4.23 MALDADE DE DENTRO – Mt 15.18 BOCA E CORAÇÃO – Mt 12.34 INTERNO X EXTERNO – Pr 23.7 FORÇA X FRAQUEZA – Pr 24.1 MENTE DOENTE X CORPO DOENTE Pr 15.13, 15.15, 17.22

O HOMEM EM 3 DIMENSÕES I Ts 5.23, Gn 2.7, Jó 33.4 1- ESPÍRITO 2-ALMA 3-CORPO

CORPO ALMA
ESPÍRITO

Espírito

Alma

Corpo

TABERNÁCULO E O HOMEM

TABERNÁCULO E O HOMEM

TABERNÁCULO E O HOMEM

TABERNÁCULO E O HOMEM

TABERNÁCULO E O HOMEM

TABERNÁCULO E O HOMEM
ÁTRIO • pátio exterior visível permitido a todos • o culto exterior se efetuava ali CORPO • é o átrio exterior visível a todos onde todos possuem acesso

TABERNÁCULO E O HOMEM
LUGAR SANTO • Lugar onde só os sacerdotes podiam permanecer para oferecer azeite, incenso e pão a Deus ALMA • Lugar onde a palavra penetra, o ES age para curar • ofereço sacrifícios a Deus

TABERNÁCULO E O HOMEM
LUGAR SANTÍSSIMO • Morada do Senhor • Só o sumo sacerdote entrava 1 vez ano • Lugar escuro onde brilhava a luz do céu • Dali partia toda a ordem para a vida

ESPÍRITO
• Onde Deus habita • Jesus tem acesso sempre • Sem Deus vivo em trevas • Ele é quem deve dar ordens a vida

NOSSO ESPÍRITO:
FÔLEGO DE DEUS-Is 42.5, Sl 33.6, Jó 27.3

FÔLEGO napach- ação de pôr o ar em movimento VENTO ruach - energia vital superior

FUNÇÕES DO NOSSO ESPÍRITO
MANTEMOS COMUNHÃO COM DEUS FOMOS RECRIADOS-Rm 8.15/I Pd 1.23 RECEBEMOS ESPÍRITO SANTO-Gl 4.5 O ESPÍRITO É ETERNO - Ec 12.7 CORPO VOLTA AO PÓ

3 FUNÇÕES DO ESPÍRITO
2. CONSCIÊNCIA 3. INTUIÇÃO 4. COMUNHÃO

3 FUNÇÕES DO ESPÍRITO
1) CONSCIÊNCIA VOZ QUE DISCERNE JULGA - DENUNCIA APROVA - REPROVA MOSTRA O RISCO ( Pr 22.3, 14.16 ) SENSOR PERCEPÇÃO

“O espírito do homem é a lâmpada do Senhor” NVI “O Senhor deu aos seres humanos inteligência e consciência” LH “A lâmpada e Iahweh é o espírito do homem” JERUSALÉM

FUNÇÕES DA CONSCIÊNCIA
1.TESTIFICAR – Rm 9.1, 2.15, I Co 4.4, Jó 27.6, At 24.16, I Tm 4.2 2. TESTIFICA FILIAÇÃO – Rm 8.16 3.JULGA – I Co 5.3

3 FUNÇÕES DO ESPÍRITO
2) INTUIÇÃO
PERCEPÇÃO DE VERDADES NÃO VEM PELOS SENTIDOS NÃO VEM PELA ALMA É UMA VOZ DENTRO DO ESPÍRITO OBSERVAÇÃO INTERIOR

FUNÇÕES DA INTUIÇÃO
1.PERCEPÇÃO – Mc 2.8 2.COMOÇÃO – João 11.33 3.FERVOR – At 18.25 4.CONSTRANGIDO – At 20.22 5.ALEGRIA – I Co 16.18, II Co 7.13

3 FUNÇÕES DO ESPÍRITO
3. COMUNHÃO
• LUGAR ONDE DESENVOLVEMOS COMUNHÃO COM DEUS • QUEM NÃO NASCEU DE NOVO NÃO PODE DESFRUTAR DESTA COMUNHÃO I Co 2.14-15, Ef 2.1

FUNÇÃO DA COMUNHÃO
EXULTAR EM DEUS – Lc 1.47 ADORAÇÃO – João 4.23 SERVIR – Rm 1.9 CANTAR – I Co 14.15

ADÃO AO PECAR PERDEU
CONSCIÊNCIA INTUIÇÃO COMUNHÃO EM CRISTO SOMOS RESTAURADOS

NOSSA ALMA
Hb: EGO VIDA PESSOA PERSONA CORAÇÃO EU INTERIOR Gr: SEDE EMOÇÃO SER VIVO SER PENSANTE LUGAR DE DECISÃO LUGAR DE APETITES

AMAR A VIDA PERDER A VIDA GANHAR A VIDA João 12.215 – Mt 16.25

CARACTERÍSTICAS DA VIDA DA ALMA 1.NÃO TEM COMUNHÃO C/ DEUS 2.NÃO VIVE VITORIOSAMENTE 3.NÃO ENTENDE COISAS DE DEUS I Co 2.14 4.VIVE DE EMOÇÃO - SENTIMENTO 5.SATISFAZ AOS SEUS DESEJOS Rm 8.5, Ef 2.1-5, Tg 1.14-16, Gn3.6

7 PROBLEMAS DO CORAÇÃO 1.ENDURECER – Mc 6.52 2.CEGO – João 12.40, II Co 4.4 3.PECADO NASCE – Mt 15.19 4.SATÃ SEMEIA – João 13.2 o termo gr é TENDO POSTO

5.DÚVIDA – Mc 11.23, Rm 10.9 EXERÇO FÉ – DECISÃO Rm 1.17, Gl 2.20, II Co 5.7 6.ANGÚSTIA DOR – João 14.2, 16.6, Sl 43.5 7.ENGANOSO – Jr 17.8

O QUE ACONTECE COM NOSSO SER APÓS A CONVERSÃO?

O CRISTÃO E AS EMOÇÕES

DE FINI ÇÕES MO VI MEN TO, AÇ ÃO, ATO DE MOVER MO VIM EN TO PARA FORA

EM OÇÃ O É UM IMP UL SO QUE MO VE O ORG ANI SM O PARA UMA AÇÃO

GUI ADO POR EM OÇÃO : INS TABI LIBA DE II Ts 1 .4 ,3 .5, I Co 15.5 8

GUI ADO POR EM OÇÃO : DEPEN DE DO EXTER IO R Gn 3 .6

GUI ADO POR EM OÇÃO : PREC IPI TADA Pr 19.2, 17.27, 14.29, 16.32, 25.28

GUI ADO POR EM OÇÃO : EXCL UI A F É II Co 5 .7 - 4.1 8, Hb 3.17-1 9

GUI ADO POR EM OÇÃO : EXC LUI A RAZÃO Pr 2 .11, 4.6

GUI ADO POR EM OÇÃO : MA NI PUL ADOR AS

PO RQU E NÃO CON FIAR NAS EM OÇÕ ES 1-CI RCUN STÂ NCI AS 2-NÃO CON FIÁVEI S 3-ESTI MUL ADO EXTE RIO R

PO RQU E NÃO CON FIAR NAS EM OÇÕ ES 4-É PRECI PIT ADA 5-NÃO É TERMO METR O 6-GOV ERN O DE MOR TE

PER CEBEN DO SU AS EM OÇÕ ES 1-NOME IE/A DMI TA 2-APREN DA 3-L IMIT ES

NÃO VI VE PEL A EMO ÇÃO MANTÉM CAL MA Is 26.3, Pr 1 5.1 e 4 , 17.2 7 14.2 9, 1 4.3 0

NÃO VI VE PEL A EMO ÇÃO
LEVA TODO SENTIMENTO CATIVO AOS PÉS DA CRUZ

II Co 10.4-5

NÃO VI VE PEL A EMO ÇÃO TE M CON TROL E SOBR E AS EMOÇ ÕES I Co 14.32-33

NÃO VI VE PEL A EMO ÇÃO NEGA A VI DA DA AL MA João 12.25, Gl 2.2 0

COM O A MENT E PO DE TRABAL HAR J UN TO NO PL ANO DE DEU S

A MENTE E O ESPÍRITO TRABALHAM JUNTOS A IMPORTÂNCIA DA MENTE NO TRABALHO C/ DEUS

ESPÍRITO RECRIADO – I Pd 1.23 ALMA:
RESTAURAÇÃO – Tg 1.21, Sl 41.4, 147.3 SANTIFICAÇÃO – Rm 6.14, 6.19 ANDAR NO ESPÍRITO – Gl 5.16,25 CORPO: DISCIPLINA- I Co 6.12, 9.27, Gl 2.20,

NOSSO CORPO
ABRIGA ALMA - ESPÍRITO • É AFETADO PELA ALMA – Mt 6.22, Pr 15.3 • PODE SER VIVIFICADO – Rm 8.10 • É TEMPLO ESPÍRITO SANTO – I Co 6.19 • DEVE SER CUIDADO – Cl 2.23 • É AFETADO PALAVRAS – Pr 6.2, Tg 3 • SEREI JULGADO – II Co 5.10 • SERÁ TRANSFORMADO NA RESSURREIÇÃO – I Co 15.54, Fl 3.21 •

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful