Integração Econômica

Níveis de Integração




Área de Preferência Tarifária
Zona de Livre Comércio
União Aduaneira
Mercado Comum
União Econômica

Área de Preferência Tarifária • Os países membros tributam o comércio recíproco em sua totalidade ou em parte com alíquotas de importação menores do que aquelas aplicadas às mercadorias originadas de países que não integram a área. .

. as barreiras comerciais tarifárias e não-tarifárias de quase todos os produtos da pauta de exportação.Zona de Livre comércio Resume-se a acordos comerciais entre os países visando reduzir. entre eles.

. relações trabalhistas e normas ambientais relacionadas ao comércio. L. formada pelos EUA. estabelece uma série de acordos específicos. propriedade intelectual. serviços. Comércio exterior: negociação e aspectos legais. M. investimentos. Canadá e México. – COSTA. foi criada a área de livre comércio denominada NAFTA (North American Free Trade Area). 2005. como acordos sobre regras de origem.NAFTA – No início dos anos 1990. Essa integração. que entrou em vigor em 1º de janeiro de 1994. Rio de Janeiro: Elsevier/Campus.

Diferencia-se no fato de promover a tarifa externa comum (TEC) aos países que não pertencem ao bloco.UNIÃO ADUANEIRA Possui as mesmas intenções da zona de livre comércio. isto é. . reduzir gradativamente e até eliminar as barreiras tarifárias e não-tarifárias.

UNIÃO ADUANEIRA • Exemplo: MERCOSUL. alguns protocolos adicionados ao Tratado de Assunção tornaram possível a transição do primeiro para o segundo estágio da integração econômica no Cone Sul. Os esforços de cooperação e integração entre os dois países culminaram na assinatura da Declaração de Iguaçu. • Criado. que iniciou como zona de livre comércio a partir dos acordos firmados entre Brasil e Argentina em 1985. oficialmente. que estabelecia uma aliança estratégica nas transações comerciais dos dois países. Argentina. por meio da assinatura do Tratado de Assunção entre Brasil. São eles: . Nos anos seguintes. Paraguai e Uruguai. em 26 de março de 1991.

que trata do sistema de resolução de conflitos no âmbito do MERCOSUL. . que conferiu personalidade jurídica ao MERCOSUL e estabeleceu a estrutura institucional. • Protocolo de Olivos. • Protocolo de Brasília.UNIÃO ADUANEIRA • Protocolo de Ouro Preto. que dispõe sobre a criação de uma Corte Permanente de Solução de Controvérsias.

além da compatibilização das legislações trabalhistas e previdenciárias. • Nesse estágio de integração. . os países membros delegam a administração da economia a uma instituição supranacional. a regulação de capital. transferem a soberania econômica para uma autoridade que representa os interesses de todos os integrantes. a regulação da concorrência. a proteção aos investidores. entre outras. isto é.UNIÃO ECONÔMICA • Harmonização das políticas econômicas entre os países-membros.

União monetária ou integração total: Último nível de integração econômica em que as políticas monetárias dos países são unificadas e estes aderem à utilização de uma moeda única. O acordo prevê. políticas sociais idênticas como forma de promover a equidade e evitar o deslocamento em massa de populações em direção aos países que oferecem melhores oportunidades e condições de vida. ainda. .

Lituânia. Estônia. Irlanda. Alemanha. Dinamarca. Espanha. Grécia. Holanda. A UE é formada por 25 países: França. apenas 12 adotaram a moeda única.UNIÃO EUROPÉIA Começou em 1951. quando seis nações devastadas pela guerra decidiram unir suas matérias-primas industriais de carvão e de aço para evitar a guerra entre elas. Malta e Chipre. Bélgica. Luxemburgo. Eslovênia. Eslováquia. . Itália. o Euro. a constituição da União Européia (EU) começou a ser moldada. A Constituição de base desta Comunidade. Letônia. Portugal. Polônia. entrou em vigor em 1958. República Tcheca. Áustria. Reino Unido. Suécia. Desses países. o Tratado de Roma. Daquele momento em diante. Finlândia. Hungria.

continuação da cooperação funcional que teve início em 1950 com a Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA).UNIÃO EUROPÉIA • CEE – Comunidade Econômica Européia. .

CECA • Instituída oficialmente em 18 de abril de 1951. Itália. França. Alemanha. • 1955 – Ministros dos negócios Estrangeiros acordam quanto ao objetivo de integração de seus países na área econômica . Luxemburgo e Países Baixos assinam o Tratado de Paris. quando Bélgica.

que institui: • CEE – Comunidade Econômica Européia.UNIÃO EUROPÉIA • 1957 – Tratado de Roma. • EURATOM – Comunidade Européia de Energia Atômica .

UNIÃO EUROPEIA • 1967 – Comunidade Européia • HOJE – UNIÃO EUROPEIA – Estadosmembros coordenam suas políticas econômicas e estabelecem políticas comuns • 1999 – EURO – Último estágio da integração • 2002 – Substituição integral das moedas .

• Estados – membros delegam sua soberania a um organismo supranacional .UNIÃO EUROPEIA • Não é um novo Estado e nem se assemelha a outra organização internacional.

• Afirmar o papel da Europa no contexto mundial . garantida pela cooperação judiciária e dos assuntos internos. • Promover o progresso econômico e social. alicerçada nos direitos fundamentais. moeda comum.OBJETIVOS • Instituir a cidadania européia. civis. políticos e na liberdade de circulação • Criar uma área de liberdade. a partir de mercado único. segurança e justiça. desenvolvimento regional e proteção do meio ambiente.

ADMINISTRAÇÃO • 5 instituições: • Parlamento Europeu: função legislativa e orçamental • Conselho da União: principal instância de decisões. desempenha função legislativa • Comissão Européia: força motora e órgão executivo para defesa da EU • Tribunal de Justiça: garantidor da interpretação uniforme da legislação comunitária • Tribunal de Contas: gestão e fiscalização do orçamento .

de forma compatível com o grau de abertura comercial desses países com outras regiões . • É o chamado Regionalismo Aberto – concessões comerciais diferenciadas entre os países-membros do acordo.ALCA • CENÁRIO: + 800 milhões de pessoas e PIB de US$ 11 trilhões.

. Brasil e EUA renderam-se à discussão econômica. Pressionados pelos demais países latinos.ALCA • O objetivo inicial (1994 – Miami – Cúpula de Chefes de Estado e Governo das Américas) era o combate à corrupção e ao narcotráfico. • Mas. ..

• Opõe-se à circulação de mão-de-obra . compras governamentais e comércio eletrônico. produtos agrícolas. liberalização dos fluxos de investimentos. além de definir um acordo de propriedade intelectual e patentes.ALCA • Objetivo pretendido: Criação de uma área de livre comércio que reúna a troca de bens e serviços.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful