Você está na página 1de 28

Ciclo de Aprendizagem: uma

proposta para a elaboração de


materiais didáticos.

* Texto adaptado de Gioppo, C.; Silva,R. V.


e Barra, V. M. M. A Avaliação em Ciências
Naturais. Curitiba: Editora da UFPR/ MEC,
2006 (no prelo).
• Dentre as várias metodologias e
estratégias que podem ser utilizadas
pelo(a) professor (a), é considerado
uma das formas mais efetivas (que
alcança os resultados esperados) no
momento atual.
• Esse modelo foi originalmente
proposto no início dos anos 60 por
Atkin e Karplus (1962), mais tarde
modificado por outros pesquisadores
(Karplus e Thier, 1967, Beisenherz e
Dantonio, 1996) quando passou a ser
denominado de 5E (Colburn, 2003),
porque se desenvolve em cinco
estágios.
OS 5 Estágios do Ciclo
cada um deles comportando inúmeras
atividades de ensino e de avaliação:
 Envolvimento
 Exploração
 Explicação
 Elaboração ou Aprofundamento
 Avaliação*

* Em Inglês, um dos termos utilizados para avaliação


é Evaluation. Assim, todas as fases do ciclo
começam com a letra E, perfazendo os 5E.
Figura 1: Ciclo de Aprendizagem traduzido de Llwellyn, 2002.

Avaliação aparece como um processo isolado,


como uma etapa separada.
Para que possamos compreender a avaliação como um
processo contínuo, que ocorre em cada uma e em todas
as etapas do ciclo de aprendizagem, o Ciclo de
Aprendizagem foi adaptado.

Figura 2: Ciclo de Aprendizagem adaptado por Gioppo, Silva e Barra, 2006*.


Estágio 1: Envolvimento
Nesse estágio, o(a) professor(a) prepara o(a)
aluno(a) para a aprendizagem:
 expõe o(s) objetivo(s) da(s) tarefa(s) ou da
unidade de ensino;
 apresenta o assunto e revela suas expectativas
para a aprendizagem indicando o que os alunos
deverão saber ou serem capazes de fazer ao
final da unidade ou das tarefas.
Nesse estágio, o(a) professor(a) busca
despertar e captar a atenção dos alunos
de várias maneiras:
•fazendo demonstrações ou estimulando
a discussão de eventos que interessam
aos alunos e que estimulam a
apresentação de opiniões diferentes
(Liem, 1987);
•interesse e curiosidade criando
expectativas nos alunos a respeito da sua
investigação.
•As observações apresentadas pelo(a)
professor(a) geralmente não coincidem com
os conhecimentos dos alunos e isso
rapidamente gera perguntas dos alunos
sobre o assunto.
•O(a) professor(a) deve estimular a
participação dos alunos nas discussões e, ao
mesmo tempo, tornar as explicações
significativas para eles.

•Se o professor fizer uma pergunta e assim


que o aluno respondê-la disser que a
resposta está errada, não estará permitindo
que ele valorize o seu conhecimento.
Agindo de forma adequada no estágio de
envolvimento, os(as) professores(as) criam
oportunidades para a aprendizagem,
avaliam os conhecimentos dos alunos e
exploram experiências anteriores deles
sobre o assunto. Por isso a avaliação
realizada nesse estágio é denominada de
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA.
O estágio de Envolvimento do Ciclo de
Aprendizagem, no entanto, pode fornecer
meios para o(a) professor(a) reconhecer
as crenças e entendimentos dos alunos e
propiciar instrumentos para “cruzar as
fronteiras” (Aikenhead, e Jegede, 1999)
entre as culturas e apresentar uma forma
de pensar da ciência.
Nesse estágio, o(a) professor(a) deverá
também buscar a clarificação (ou
explicitação) dos valores e atitudes dos
alunos que podem estar implícitos ou
explícitos no modo como percebem e
avaliam os fatos ou eventos estudados.
Estágio 2: Exploração
• um excelente momento para engajar os
alunos em investigações;
• coletarão evidências, dados, farão
anotações, organizarão as
informações,compartilharão observações.
• Os alunos podem assumir papéis como o
de anotador, coletor de materiais, leitor,
ou coordenador do grupo.
• O(a) professor(a) deverá elaborar um
instrumento que possibilite a avaliação do
alcance dos objetivos específicos
estabelecidos.
• No decorrer da atividade, o(a) professor
(a) deverá percorrer os diferentes grupos
observando o desempenho dos alunos,
esclarecendo dúvidas, verificando se os
procedimentos estão sendo executados de
forma adequada e preenchendo uma tabela
de avaliação.
•Após o encerramento da atividade, os
alunos de cada grupo poderão reunir-se
para, em conjunto, escreverem uma
breve síntese preliminar das atividades
realizadas, dos resultados preliminares
obtidos, das dificuldades encontradas e
formas de superação, incluindo o que
conseguiram ou não realizar.
•Em seguida, cada grupo apresentará a
síntese preliminar elaborada. Nesse
momento, o(a) professor(a), com o
objetivo de avaliar o desempenho dos
alunos, poderá estimular discussões entre
os grupos fazendo perguntas, solicitando
opiniões, etc.. O(a) professor(a) avaliará
se os alunos foram capazes de expressar
com clareza o trabalho realizado, os
resultados obtidos, as dificuldades
encontradas e como selecionaram as
maneiras para solucioná-las.
Estágio 3: Explicação
 O(a) professor(a) deve pedir aos alunos que,
a partir dos dados coletados anteriormente e
do que aprenderam durante o estágio de
exploração, iniciem a fase de reflexão.
 O(a) professor(a) deverá ensinar técnicas
simples para interpretação e análise dos
dados para os grupos ou para toda a classe
(dependendo da natureza da investigação),
isto é, técnicas para análise das informações
coletadas durante o estágio de Exploração.
Somente nesta etapa que o(a)
professor(a) fará explicações sobre
conceitos, o que derruba toda a ideia de
apresentação de conteúdo comum numa
aula tradicional, ou desconstrói a ideia
simples de “passar informações”. A
proposta é que neste momento os alunos
possam ter informações suficientes para
discutirem com o(a) professor(a), que os
auxiliará na ampliação dos conhecimentos.
•O(a) professor(a) pode continuar a
introduzir detalhes, vocabulário apropriado
e definições enquanto os alunos assimilam
seu entendimento a partir de explanações.
Isso pode ser feito com aulas expositivas,
recursos audiovisuais, recursos on-line,
programas de computador, etc.
•Usará as experiências e conhecimentos
dos alunos, anteriormente identificados,
para explicar os conceitos e tentar trazer à
tona outras concepções diferentes daquelas
aceitas e que não foram abordadas nos
dois Estágios anteriores.
O estágio de Explicação = Estágio de
desenvolvimento de concepções, porque
novos conhecimentos e evidências são
assimilados na estrutura cognitiva do
aluno.
Neste estágio, os alunos devem trabalhar
para:
a. assimilar e acomodar novas
informações (que devem fazer sentido para
ele);
b. construir novos significados a
respeito do que está sendo estudado a
partir das experiências vivenciadas.
Durante a atividade, o(a) professor(a)
deverá percorrer os grupos, observar o
trabalho dos alunos e coletar
informações para a avaliação formativa
planejada (Bell, 2000). Tais informações
poderão ser anotadas numa tabela
previamente elaborada. ·
Nesse momento, é importante que o(a)
professor(a) tire dúvidas, ajude os alunos
a articularem suas ideias e esclareça as
dúvidas nos grupos e individualmente.
Esse processo caracteriza o que Bell (2000)
denominou de Avaliação Formativa não-
planejada.
• Após essa atividade, o(a) professor(a)
fará uma reflexão a partir dos dados
obtidos tanto na avaliação formativa
planejada quanto na não–planejada e
elaborará uma síntese em que apareçam os
aspectos positivos e negativos do trabalho
realizado, bem como necessárias alterações
no planejamento e implementação de
atividades semelhantes no futuro.
Estágio 4: Elaboração ou
Aprofundamento

• O(a) professor(a) ajudará o aluno a


reforçar os conceitos apreendidos,
possibilitando que este aplique os
conhecimentos obtidos a novas
situações do cotidiano, fora da sala
de aula, analisando a utilização dos
conhecimentos a partir de valores,
tais como: cidadania, respeito,
responsabilidade, entre outros.
•A utilização dos novos conhecimentos na
resolução de problemas do cotidiano faz
com que os alunos participem
efetivamente no desenvolvimento do
processo ensino-aprendizagem.
•A resolução de problemas reais, que
afetam as necessidades, desejos e
interesses dos alunos é, portanto, uma
estratégia muito efetiva.
•Selecione atividades que possibilitem
diferentes enfoques e/ou perspectivas
culturais sobre o assunto. Discussões que
tragam à tona visões contrastantes sobre
o tema.

•Proponha uma avaliação que avalie o


processo.
Estágio 5: Avaliação
O(a) professor(a) faz o fechamento
da unidade ou atividade:
1. fazendo perguntas que levem o aluno
a fazer julgamentos, análises e
avaliações do seu envolvimento no
trabalho executado;
2. permitindo que os alunos discutam e
apresentem sugestões para o
aperfeiçoamento das atividades
desenvolvidas;
3. possibilitando que os alunos explicitem
a aquisição de conceitos relativos aos
assuntos estudados e
4. permitindo que os alunos avaliem se o
novo conhecimento obtido é significativo
para aplicação em novas situações do
cotidiano.
Nessa etapa, o(a) professor(a) pode
comparar os conceitos identificados no
Estágio de Envolvimento com os
entendimentos construídos durante e
após o desenvolvimento das atividades.
O(a) professor(a) deve oferecer uma
forma para que os alunos avaliem a sua
aprendizagem e façam conexões entre o
conhecimento anterior e os conhecimentos
construídos durante os demais estágios do
ciclo de aprendizagem de modo a permitir
a aplicação desses conhecimentos a novas
situações para resolução de problemas.