Você está na página 1de 14

Reino Animalia (Metazoa)

Prof. Édio
Características
 Seres Pluricelulares.
 Seres Eucariontes (Possuem células
com núcleo organizado e organelas
membranosas).
 Seres heterótrofos (não produzem o
seu próprio alimento – necessitam se
alimentar de matéria orgânica.
Principais Filos
 Filo Porifera
 Filo Cnidaria
 Filo Plathielminthe
 Filo Nematelminthe
 Filo Annelida
 Filo Mollusca
 Filo Arthropoda
 Filo Echinodermata
 Filo Chordata
FILO PORIFERA
 Porifera: do latim
porus – poro e ferre –
portador; animais
portadores de poros.
 São conhecidos mais
de 10.000 espécies
 São fixos no substrato
e praticamente
imóveis
 Esta imobilidade fez
com que estes
animais, durante
muito tempo, fossem
confundidos como
súditos do Reino
Plantae
 Em 1765 foram
observados correntes
internas de água no
 Não possuem tecidos
verdadeiros por este motivo
alguns autores os
consideram como um sub-
reino isolado, o sub-reino
Parazoa.
 são seres sem tecidos,
órgãos ou sistemas
 Outra característica
importante deste táxon é a
existência de poros por onde
a água entre no corpo do
animal, a água sai por uma
abertura superior
denominada de ósculo, a
cavidade interna é
denominada de espongicele,
espongiocele ou átrio
 São comuns encontrá-los
formando colônias.
 Digestão é intracelular
 Hematose (trocas gasosas)
por difusão direta
 Reprodução assexuada por
gemiparidade e fragmentação,
muitos deles são monóicos
(hermafroditas)
 Possuem alto grau de
regeneração
 Células especiais
características
 amebócitos (participam da
digestão intracelular e
reprodução)
 coanócitos (pequenas células
flageladas responsável pelo
movimento da água dentro do
animal)
 Sustentação se dá através de
espículas de calcário (em
algumas espécies) e de uma
proteína denominada
 De acordo com a
complexidade na
disposição dos poros e dos
coanócitos (ou
coanoblastos) as esponjas
podem ser classificadas
em três grupos, em ordem
crescente de
complexidade: Ascon,
Sycon e Leucon.
 Curiosidade: São
conhecidas pelo nome de
esponjas porque durante
muito tempo foram
utilizados como esponjas
para banhos, hoje ainda
são comercializados
podendo custa de 2 a 400
euros, preço variando de
acordo com a
profundidade encontrada e
a existência ou não de
espículas de calcário.
FILO CNIDARIA
 Os cnidários (do grego
knide que significa
urtiga) também são
conhecidos como
celenterados (do grego
coilos, oco; enteron,
intestino).
 10.000 Espécies
 Aquáticos – Grande
maioria marinhos
 Simetria radial
 Diblástico
 Possuem tecidos
organizados:
 Epiderme (ectoderme)
 Gastroderme
(Mesoderme
 Digestão
 Extracelular
 Intracelular
 Reprodução
 Assexuada
(Gemiparidade ou
estrobilização)
 Sexuada – Dióicos
 “Sistema nervoso
difuso”
 Formas Básicas
 Medusa (livre
natante)
 Pólipo (fixo)
 Metagênese
 Ausência de
sistema de
órgãos
 Classes
 Hidrozoa (hidra)
 Cinfozoa (águas
vivas)
 Antozoa
(anêmona do mar
e corais).