Você está na página 1de 30

PRAGAS E FUNGOS NA

ARMAZENAGEM
Descrição e Métodos de
Controle

Acadêmicos:
Charles F. M. Peixoto
Elias Cruz Leão
José C. Mello
Kátia de Souza

Processamento de Produtos Agrícolas – Ana


Maria de Moraes Maio - 2008
Os Cereais
• Maior fonte de alimento tanto para seres
humanos como para os animais.
• 90% de grãos produzidos para consumo
provém dos cereais, ( trigo, milho e
arroz).
• A avaliação da qualidade do cereal
considera diversas propriedades ( teor
de óleo, umidade, massa específica
etc...), mais, as propriedades
qualitativas desejáveis dependem
especificamente dos compradores .
As Pragas - Insetos
• São muitas espécies de pragas que
se encontram em produtos
armazenados e seus subprodutos.
• A maioria são cosmopolitas (em biol.
animal ou planta encontrado em todo o mundo
sob variadas condições ecológicas).
• São distintas em 02 Grupos: Pragas
Primárias e Pragas Secundárias.
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Coleóptera.
• São insetos primários
• Conhecidos como
gorgulhos, mais
comumente chamados
de carunchos.
• Insetos resistentes o
que lhes permite o
movimento pelos Família Curculionidae – Gorgulho
dos Cereais.
espaços reduzidos entre
Embora esta família agrupe as
os grãos inclusive nas principais pragas, as espécies
grandes profundidades Sitophilus são mais importantes,
dos silos e graneleiros. sendo elas: S. zeamais
Motschulsky, S. orizae (L.) e
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Coleóptera.
• São insetos
primários
compostos pelas
seguintes familias:
• Família
Curculionidae;
• Família
Antrhiribidae e Família Anthribidae – Gorgulho dos
Cereais.
• Família Normalmente encontrados sobre
fungos e madeira podre. A espécie
Bostrichidae Araecerus fasciculatus é a que
causa sérios danos a grãos e
produtos armazenados.
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Coleóptera.
• São insetos primários
• Conhecidos como
gorgulhos, mais
comumente chamados
de carunchos.
• Insetos resistentes o
que lhes permite o Família Bostrichidae – Gorgulho dos
Cereais.
movimento pelos Praga primária de grande capacidade
espaços reduzidos entre destrutiva, a medida que se
alimentam deixam em abundãncia o
os grãos inclusive nas pó sobre os grãos. Existem registros
grandes profundidades de perca de 40% de milho
dos silos e graneleiros. armazenado em espiga durante 6
meses.
Ataca os grãos antes e depois da
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Coleóptera.
• Insetos
Secundários
•Família
Tenebrionidae,
•Familia Silvanidae
e,
Família Tenebrionidae
• Família Cucujidae
Depende do ataque de outras pragas
para se instalar. Podem vir a causar
prejuízos ainda maiores que as
pragas primárias se as mesmas
permitirem sua instalação.
Insetos e
Suas Família Silvanidae – Besouro dos
Cereais

Ordens
• Ordem Coleóptera.
• Insetos
Secundários
•Família
Tenebrionidae,
•Familia Silvanidae Destroem principalmente grãos danificados
e, ( fendidos, rachados, quebrados), nele
penetranto e atacando o germe. Pelo seu
• Família Cucujidaeconsumo, causa elevação da massa de grãos
e a deterioração dos mesmos. Espécies
tolerante a inseticidas químicos.

Família Cucujidae – Besouro dos


Cereais
Outros Coleópteros e suas particularidades

Família
Família • São encontrados regularmente Lathiridiidae
Cerylonidae
em produtos armazenados,
principalmente em produtos
contaminados com fungos.
• São indicadores de condições
inadequadas de higiene.
• São indicadores também de alto
teor de umidade ou presença de
resíduos de emboloramento.
Família
Cryptophagidae Família
Trogossitidae
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Lepdóptera.
• São insetos primários
• Conhecidos como
mariposa, mariposa-
noturna.
• Existem mais de Família Gelechiidae – Sitrotoga
165.000 espécies, das cerealella.
Traça dos cereais
quais 70 constituem
É praga que ataca grãos inteiros
pragas de produtos ( primária), porém afeta a superfície da
armazenados. massa de grãos.
Suas larvas destroem o grão, alterando
• Principais famílias: o peso e a qualidade, ataca as farinhas,
• Gelechiidae e nas quais se desenvolve, causando
deterioração.
Pyralidae. Pode infestar quando o grãos encontra-
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Lepdóptera.
• São insetos primários
• Conhecidos como
mariposa, mariposa-
noturna.
• Existem mais de Família Pyralidae – Plodia
165.000 espécies, das Interpunctella
Traça dos cereais
quais 70 constituem
É praga que ataca grãos inteiros
pragas de produtos( primária), porém afeta a superfície da
armazenados. massa de grãos.
Não causa prejuízos ao trigo e milho
• Principais famílias: armazenado a granel, pois seus danos
• Gelechiidae e Pyralidae. se limitam a superfície exposta do grão.
Alimenta-se principalmente do embrião
dos grãos.
Insetos e
Suas
Ordens
• Ordem Lepdóptera.
• São insetos secundários.
• Suas larvas se
desenvolvem sobre o
residuo dos grãos e de
farinhas deixadas pela
ação de outras pragas.
Família Pyralidae – Ephesia
• Seu ataque prejudica a kuehniella
qualidade de grãos Traça dos cereais
armazenados e torna o
produto imprestável para o
consumo, em razão da
grande quantidade de
resíduos dos insetos no
produto final.
Métodos de Controle de Pragas
Insetos
• Limpeza e higienização das
instalações e Unidades
Armazenadoras
• Métodos Físicos ( Temperatura, URA,
Atm. Controlada, Uso de Pós Inertes,
Remoção Física, Radiação, Luz e Som.
• Métodos Químicos( Tratamento
preventivo dos grãos, Tratamento
curativo dos grãos, Métodos
Biológicos.
• MIP.
As Pragas - Roedores
• Em indústrias de alimentos e unidades de
armazenagem de grãos, roedores apresentam-se
como problema devido ao volume de produtos,
que estes podem consumir, danificar e contaminar
.
• Estudos revelam que em média um roedor
consome 25g de alimentos por dia. Fato, que pode
gerar um prejuízo anual de 10 dólares. No entanto,
um roedor ao alimentar-se geralmente danifica um
volume que varia de 5 a 10 vezes ao consumido. O
que estende o prejuízo anual para a faixa de 50 a
100 dólares, por roedor.
Pragas
Roedores
• Principais espécies que
atacam os grãos
armazenados:
• Camundongos;
• Rato de Telhado e Mus musculus –
Camundongo.
• Ratazana.
•Contaminam via pelos, Estes, vivem em pequenos grupos
fezes, urina e suas familiares e abrigam-se em caixas,
podem transmitir em móveis, pilhas de caixas e, ou, sacarias,
e tocas escavadas em paredes. O raio
torno de quarenta e de ação a partir do abrigo  é de
cinco tipos de doenças aproximadamente 3 metros.
aos seres humanos. Curiosidades: Peso de 10 a 20 gr, vivem
no máximo 12 meses, Período gestação
19 a 21 dias, se repete por 5 a 6 vezes
e nascem de 3 a 8 filhotes.
Pragas
Roedores
•Rato de Telhado
• Os ratos de telhado
chegam a pesar 300g.
• A maturidade sexual
ocorre de 60 a 75 dias e o
período de gestação é de
20 a 22 dias, com ninhadas
de 7 a 12 filhotes (4 a 8
ninhadas/ano). Rattus rattus – Rato de
• A expectativa de vida é Telhado
de 18 meses e estes
organizam-se em colônias.
• Geralmente, abrigam-se
em lugares altos, onde
constroem seus ninhos,
descendo ao solo em busca
de alimento e água.
Pragas
Roedores
• Características:
• Peso  médio de 600 g;
• Período de gestação de 22 a 24
dias, podendo ocorrer de 8 a 12
gestações por ano, sendo que a
cada uma delas gerado de 7 a 12
filhotes.
• A maturidade sexual ocorre aos
60 a 90 dias de vida. Estes
roedores abrigam-se, Rattus novergicus – Ratazana ou
preferencialmente, em tocas em
forma de túneis escavados no Rato de esgoto.
solo e estas podem chegar a
profundidade de até 1,5 m. Fato
que pode causar danos •. O raio de ação é de
estruturais às edificações. Outros aproximadamente 50 metros, no
locais utilizados como abrigo são entanto, estes podem nadar
galerias de esgoto ou de águas distâncias superiores a 500 m.
pluviais, caixas subterrâneas de
telefone e rede elétrica e
margens de córregos.
Métodos de Controle de Pragas
Roedores
• A identificação das espécies de roedores
presentes ( camundongos, rato de
telhado ou ratazanas;
• Mapeamento dos pontos críticos
( Constatar presença, capturação e
medição de consumo);
• Implantação de barreiras físicas;
• Adoção de métodos de saneamento
ambiente e
• Redução nº indivíduos da população
Os Fungos
• Fungos, também denominados mofos
ou bolores, são microrganismos
multicelulares e filamentosos, que ao
infestarem os grãos e alimentos podem
produzir substâncias tóxicas tais como
micotoxinas.
• No caso de grãos, estes podem ser
infestados durante o cultivo ou no
período pós-collheita. Desta forma, os
fungos são classificados em Fungos do
Campo e Fungos do Armazenamento.
Fungos continuação
• Materiais biológicos, como grãos, sementes
e alimentos, possuem a característica de
serem higroscópios, pois, entre estes e o ar
são estabelecidos trocas de água,
principalmente na forma de vapor. Deste
modo, sobre as superfícies dos produtos são
estabelecidos microclimas, que têm suas
situações de estado influenciadas
principalmente pelo teor de umidade dos
produtos.
• Durante o período de armazenagem é
estabelecido um ambiente, que tem suas
condições de estado afetadas
principalmente pelo teor de umidade da
massa grãos. O que pode favorecer ou não
Espécies
de Fungos
• Muitas espécies de
fungos podem
desenvolver utilizando os
grãos como substrato, no
entanto as espécies
Aspergillus spp.,
Penicillium spp. e
Fusarium-spp são as mais
encontradas, em maior
destaque as duas
primeiras. Sob condições Aspergillus
de armazenagem as restrictus.
espécies Aspergillus spp.,
Penicillium spp. proliferam
Espécies
de Fungos

Aspergillus
Aspergillus
glaucus.
candidus.
Espécies • Condições para crescimento
de fungos em grãos para
de Fungos temperaturas de 25 a 27 °C.

Espécie URA Teor de


inter- Umidade dos
granular grãos
(%) (%)
A. halophilieus 68 12 – 14
A. restrictus 70 13 – 15
A . glaucus 73 13 – 15
A. candidus, 82 14 – 16
Penicillium spp ochraeus
A. flavus, 82 15 – 18
parasictus
Penicillium spp 80 - 90 15 – 18

Fonte: BAKKER-ARKEMA(1999).
Espécies de
Fungos ->
Toxinas
• Micotoxinas.
São substâncias químicas resultantes da
atividade metabólica de fungos, que podem
intoxicar seres humanos e animais. A
intoxicação pode proceder de forma direta
ou indireta. A forma direta ocorre quando o
produto é diretamente utilizado na
alimentação humana ou de animais.
Enquanto a forma indireta resulta quanto
subprodutos e derivados contaminados são
empregados. Dentre as principais
micotoxinas encontradas em produtos
alimentícios e grãos têm-se a: aflatoxina,
Espécies de
Fungos

• Ocratoxinas
São produzidas pelas espécies
Aspergillus alutaceus, A. alliaceus e
outras, em cereais e leguminosas,
estas promovem acumulação de
gordura no fígado e sérios danos
renais, principalmente em suínos e
cães.
Espécies de
Fungos

• Tricocentenos
São toxinas produzidas por fungos do gênero Fusarium,
que podem causar aos homens e animais problemas
como:
iv.Vômitos;
v.Hemorragias;
vi.Recusa do alimento;
vii.Necrose da epiderme;
viii.Aleucia tóxica alimentar (ATA);
ix.Redução do ganho de peso, produção de ovos, leite;
x.Interferência no sistema imunológico e
xi.Morte.
Espécies de
Fungos
• Zearalenonas
É uma toxina produzida pela espécie Fusarium
graminearum, principalmente em grãos de milho.
Em casos de intoxicações podem causar:
v.Hiperestrogenismo,
vi.Aborto,
vii.Natimortos,
viii.Falso cio,
ix.Prolapso retal e da vagina,
x.Infertilidade,
xi.Efeminização dos machos com desenvolvimento de mamas.

Esta toxina age como hormônio feminino.


feminino
Controle de fungos na
armazenagem
• Durante o armazenamento, o período e as
condições do ambiente são fatores
determinantes de qualidade, pois podem
predispor o ataque dos grãos armazenados
por fungos de armazenamento que por sua
vez depreciam o produto comercialmente. O
tratamento preventivo dos produtos
armazenados é executado através da
aeração, o que permite a redução e a
manutenção da temperatura dos grãos em
níveis baixos. A aeração contínua preserva
a qualidade dos grãos através do controle
da atividade de Aspergillus spp. e
Penicillium spp..
Cuidados na armazenagem dos
grãos.
• Como no controle de insetos e
roedores, o controle da proliferação
de fungos na massa de grãos
fundamenta-se em cuidados a serem
procedidos durante as operações de
colheita, limpeza e secagem dos
grãos; e na sanificação dos
graneleiros, silos e equipamentos
mecânicos.  Desta forma, são
descritos a seguir alguns
Recomendações
• Realizar colheita tão logo cultura atinja umidade
permitida;
• Ajustar equipamentos para proceder o maximo de
limpeza da massa de grão e evitar danos
mecânicos;
• Desinfecção de instalações e equipamentos;
• Limpeza dos silos;
• Proceder de forma correta na pré-limpeza e
limpeza, removendo impurezas e materiais
estranhos, estes por sua vez, são utilizados como
substrato para fungos;
• Efetivar a secagem correta;
• Monitorar a temperatura;
• Adotar técnica de controle de insetos e roedores,

Interesses relacionados