Você está na página 1de 45

Introdução

• O cerebelo é um órgão que faz parte do SNC.


A palavra cerebelo significa pequeno cérebro.

• Sua função básica é a de modular e regular a


função motora, coordenando os movimentos,
regulando o equilíbrio, o tônus muscular e
mantendo a postura.
• Uma lesão no cerebelo leva a uma diminuição
ou dificuldade na atividade motora, e não a
uma paralisia, ou seja, perda do movimento.

Marta Regina Clivati


Funções cerebelares na
motricidade

Manutenção do equilíbrio e da postura


Controle do tônus muscular
Planejamento dos movimentos voluntários
Aprendizagem motora
Localização
• Está situado posteriormente ao tronco encefálico
e inferiormente à região mais posterior do
cérebro. Repousa na fossa cerebelar do osso
occipital.

• Está ligado ao tronco encefálico por três grossos


feixes de fibras chamados pedúnculos.
pedúnculos O
pedúnculo cerebelar superior liga o cerebelo ao
mesencéfalo (traz axônios eferentes); o
pedúnculo cerebelar médio liga o cerebelo à
ponte (axônios aferentes); o pedúnculo cerebelar
inferior liga o cerebelo ao bulbo (axônios
eferentes e aferentes).

Marta Regina Clivati


Precentral gyrus Postcentral gyrus
Cingulate gyrus Thalamus
Corpus callosum Central
sulcus Membranous portion
Fornix
Interventricular of epithalamus
foramen
Hypothalamus
Septum
pellucidum Parieto-occipital
sulcus
Frontal lobe
Pineal gland
Anterior
commissure Superior
colliculus
Corpora
Optic chiasm Inferior quadrigemina
colliculus
Mamillary
body Aqueduct
of midbrain
Temporal lobe Pons
Cerebellum
Mesencephalon Fourth ventricle

Midsagittal section Medulla


oblongata
Divisão ontogenética

• Está baseada no desenvolvimento do


homem.
• A primeira fissura a surgir é a póstero-
lateral, que separa o lobo flóculo-
nodular. A segunda é a fissura prima,
que separa o lobo anterior do posterior.

Marta Regina Clivati


ANATOMIA MACROSCÓPICA
Sistema Nervoso Central
Cerebelo
• Lóbulos e fissuras
Marta Regina Clivati
Divisão Filogenética
• Arquicerebelo:
Vestibulo-cerebelo.

• Paleocerebelo:
Espino-cerebelo.

• Neocerebelo:
Cérebro-cerebelo.
Divisão filogenética

• Está baseada no desenvolvimento do


cerebelo desde os seres mais simples
até os mais complexos.

• Arquicerebelo:
Arquicerebelo cerebelo vestibular,
relacionado ao equilíbrio; corresponde
ao lobo flóculo nodular.

Marta Regina Clivati


Divisão filogenética

• Paleocerebelo:
Paleocerebelo cerebelo espinal, controla
o tônus e mantém uma postura
adequada. Corresponde ao lobo anterior.

• Neocerebelo:
Neocerebelo cerebelo cortical, controle
dos movimentos finos; corresponde ao
restante dos hemisférios cerebelares.

Marta Regina Clivati


Marta Regina Clivati
Cerebelo

Hemisférios:

• 1. Verme: Zona
vermiana (medial);

• 2. Zona intermediária;

• 3. Zona lateral.
Cerebelo

• Lobo anterior;
• Fissura primária;
• Lobo posterior;
• Fissura póstero-
lateral;
• Lobo flóculo nodular.

• Vérmis.
Cerebelo

Pedúnculo cerebelares:

Superior - mesencéfalo;

Médio - ponte;

Inferior - bulbo e a
medula espinal.
Marta Regina Clivati
Macroscopia

• A substância cinzenta é externa, formando


o CÓRTEX CEREBELAR. Internamente
fica a substância branca, o CORPO
MEDULAR DO CEREBELO.
• No centro da substância branca estão
localizados os 4 pares de núcleos do
cerebelo : fastigial, globoso, emboliforme,
denteado.

Marta Regina Clivati


Cerebellum

Vermis Vermis

Anterior lobe
Primary fissure

Posterior lobe
Folia
Folia

Left hemisphere Right hemisphere


of cerebellum of cerebellum
Posterior, superior surface

Dendrites projecting
into the gray matter
of the cerebellum

Cell body of Purkinje cell


Axons of Purkinje
cells projecting into
the white matter of Purkinje cells
Superior colliculus the cerebellum
Aqueduct of midbrain Mesencephalon
Mamillary
Inferior colliculus
body
Anterior lobe Anterior lobe
Arbor vitae
Arbor vitae
Cerebellar cortex Pons
Pons Cerebellar nucleus
Cerebellar nucleus
Flocculonodular lobe Cerebellar cortex
Fourth Posterior lobe Superior
Cerebellar Posterior lobe
ventricle Middle
Medulla peduncles Inferior Choroid plexus of the fourth ventricle
oblongata
Medulla oblongata Flocculonodular lobe
Sagittal section
Cerebellum
Left Vermis
hemisphere
of cerebellum Anterior lobe
Vermis
Primary fissure

Posterior
Folia lobe

Folia

Right hemisphere
of cerebellum
Posterior, superior surface
LE 15-19b_1
Superior colliculus
Aqueduct of midbrain Mesencephalon
Mamillary
body Inferior colliculus
Anterior lobe

Arbor vitae

Cerebellar
Pons cortex
Cerebellar
nucleus
Flocculonodular lobe
Posterior lobe
Fourth
ventricle
Medulla
oblongata

Sagittal section
LE 15-19b_2
Dendrites projecting
into the gray matter
of the cerebellum

Cell body of Purkinje cell


Axons of Purkinje
cells projecting into
the white matter of Purkinje cells
the cerebellum

Anterior lobe
Arbor vitae
Pons
Cerebellar nucleus

Cerebellar cortex
Superior
Cerebellar Posterior lobe
Middle
peduncles Inferior Choroid plexus of the fourth ventricle
Medulla oblongata
Flocculonodular lobe

Sagittal section
CEREBELO

Visão posterior

LESOES DO CEREBELO: perda de coordenação dos movimentos (ataxia)


com efeitos sobre a postura e o tônus muscular (perda). Não afetam a
percepção proprioceptiva as funções corticais superiores e não causa
paralisia.
Marta Regina Clivati
CLASSIFICAÇÃO DO CEREBELO

ANATOMICA ANATÔMICA FILOGENETI FUNCIONAL


transversal longitudinal CA

Lobo anterior Zona medial + Paleocerebelo Espinocerebelo


Intermedia
Lobo posterior Zona lateral Neocerebelo Cérebrocerebel
o
Lobo flóculo- Floculo-nodulo Arquicerebelo Vestibulocereb
nodular elo

N. Fastigial

N. interposito

(Zona medial)

N. denteado

Zona intermédia
Zona lateral

Três eferências cerebelares


CÓRTEX
CEREBELAR
Tipo único: 3 camadas

O cerebelo possui uma


organização semelhante ao
cérebro
Córtex convoluta (uniforme
de 3 camadas) e núcleos em
sua base
Está conectado ao neuro-eixo
através dos pedúnculos
Fibras musgosas
núcleos vestibulares → vestibulo-cerebelo
trato espino-cerebelar → paleocecrebelo
núcleos da ponte → neocerebelo

Fibras trepadeiras
núcleos olivares inferiores contralaterais →
córtex cerebelar (celulas de Purkinje)
CIRCUITO CEREBELAR

- Fibras aferentes (trepadeiras e musgosas)


- Células granulosas
- Neurônios associativos locais Núcleos profundos específicos
- Fibras aferentes (Células de Purkinje)

- Neurônio do núcleo profundo (eferência cerebelar)


Para que serve o circuito básico?

Modular a intensidade e o ritmo de saída dos


impulsos eferentes do cerebelo que vão
influenciar os diferentes níveis da motricidade.
As células de Purkinje fazem sinapses
inibitórias com os neurônios dos núcleos
profundos

NPF= núcleo profundo


CP= cels de Purkinje
GR= cels granulares
GOL=cels de Golgi
CC= cels em cesto
Aferências cerebelares

Aferências somestésicas

Aferências corticais associativas Aferências vestibulares Eferências cerebelares

VIAS DESCENDENTES MEDIAIS


N. Fastigial N. vestibulares e N. reticulares

VIAS DESCENDENTES LATERAIS


N. denteado Tálamo → Córtex motor

Tálamo → Córtex motor


N. interposito N. rubro

Aferências vestibulares Núcleos vestibulares


Cérebro-cerebelo (NEO) LESÂO
Zona Lateral Ataxia

Diminuição do tônus muscular


Idéia de
movimento Distúrbios de planejamento motor (como
tremor de intenção, dismetria
e disdiadococinesia)

ataxia (incoordenação motora)


dismetria (erros na força)
decomposição motora,
COORDENAÇAO DO MOVIMENTO PLANEJADO disdiadococinesia (dificuldade de realizar movimentos
rápidos e alternados);
AFERÊNCIAS rechaço (dificuldade de controlar voluntariamente os
Córtex frontal, parietal e occipital, via núcleos da músculos extensores);
ponte tremor intencional
EFERENCIA Nistagmo (PATOLOGICO)
Para o córtex motor, via tálamo
Espino-cerebelo (PALEO)
LESÂO
Zona Intermédia
correção do movimento em execução Ataxia
Marcha instável,
cambaleante
e oscilante
Erros de execução
motora

AFERÊNCIAS
trato espinocerebelares (anterior e posterior)

EFERENCIA
Para o núcleo rubro
Para o córtex motor, via tálamo
Vestíbulo-cerebelo (Arqui)
Zona medial LESÂO
Floculo-nodulo
Ataxia troncular

Base alargada

AFERÊNCIAS: núcleos vestibulares e sistema vestibular

EFERÊNCIAS
- Para o núcleo vestibular
- Para a FOR

Controle sobre equilíbrio e a postura


Funções cerebelares

• O neocerebelo está relacionado com


o início e planejamento motor, o
paleocerebelo se correlaciona com a
coordenação e correção do
movimento, e o arquicerebelo se
relaciona com a manutenção do
equilíbrio e da postura durante todo o
processo.
Marta Regina Clivati
Disfunções cerebelares

• Instabilidade postural, estática e dinâmica


• Retardo do início e do término das ações motoras; rechaço
• Incapacidade de efetuar movimentos contínuos e repetidos –
disdiadococinesia
• Erros na regularidade de direção dos movimentos – dismetria
• Falta de coordenação ou de sinergia dos movimentos –
decomposição
• Falta de plasticidade motora ou aprendizado motor.

Marta Regina Clivati