Você está na página 1de 8

TICA E LIDERANA POLICIAL MILITAR

VIDA PROFISSIONAL E PESSOAL

DESERO
Art. 187. Ausentar-se o militar, sem licena, da unidade em que serve,
ou do lugar em que deve permanecer, por mais de oito dias:
Pena - deteno, de seis meses a dois anos; se oficial, a pena
agravada.

O CRIME DE DESERO SE CARACTERIZA A PARTIR DA ZERO HORA DO 9 DIA DA


FALTA INJUSTIFICADA, O CRIME SE ESTENDE AT A APRESENTAO VOLUNTARIA DO
MILITAR OU A CAPTURA PELA POLICIA JUDICIARIA MILITAR, COM PENA PREVISTA DE
6 MESES A 2 ANOS DE PRISO, CASO O MILITAR SEJA DO QUADRO DE OFICIAIS, A
PENA PODER SER AGRAVADA PELO CONSELHO ESPECIAL DE JUSTIA.

Para falarmos de tica e liderana Policial Militar- Desero, inicialmente


devemos constituir um conceito relativo tica:
Suponhamos que uma pessoa esta diante de uma situao, que exige um ato para
soluo do problema, esse ato deve ser tomado com uma viso ampla da sociedade
em que estamos inseridos, baseado na moral, sempre se preocupando com o reflexo
de sua ao no outro e na sua prpria vida, logicamente que o caso dos Policiais
Militares, em que cada ato reflete na imagem da instituio e na vida da sociedade
como um todo.

PARTINDO DESSE CONCEITO, TODO POLICIAL MILITAR DEVE TER CONSIGO O CONCEITO DE
LIDERANA, NO SENDO CARACTERSTICA ESSA INERENTE APENAS DE OFICIAS, MAIS SIM DE
UM SOLDADO SEGUNDA CLASSE AT UM CORONEL, POIS SO ELES BRAO DO ESTADO QUE
FAZEM CUMPRIR AS LEIS, VALENDO CITAR QUE NO ESTARO TRABALHANDO COM A
PRESENA DE OFICIAIS EM TODA SUA JORNADA DE TRABALHO

A LIDERANA

Uma boa figura de liderana, pode diminuir


as chances de cometimento de transgresses e
crimes militares. A liderana uma necessidade
existente em todos os grupos da sociedade, cada
grupo carece de um, e no meio militar no
diferente, pode-se notar que quando a liderana
da tropa firme e forte, poucos erros so
cometidos, e os militares subordinados so fiis e
tendem a seguir os passos do comandante.

DERROTAR O INIMIGO EM CEM BATALHAS NO A EXCELNCIA SUPREMA;


A EXCELNCIA SUPREMA CONSISTE EM VENCER O INIMIGO SEM SER PRECISO LUTAR.
-SUN TZU

TRABALHO ELABORADO PELO GRUPO 3

AURLIO
DARLLON
GUSTAVO
MARTINS
MARILSON
SOUZA

SETEMBRO - 2016