Você está na página 1de 20

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Esta sopa ir consolar, at um anjo que a


venha provar!

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Depois de meter tudo na panela, deixou ferver bem e era


um regalo o cheiro gostoso que saa dela. Pegou na colher
e ps-se a prov-lo!

Adaptado por Manuela Figueiredo

Adaptado por Manuela Figueiredo

Ps-se a comer e o beio a lamber, at que se viu


o fundo do panelo.

Adaptado por Manuela Figueiredo

S mesmo a pedra que ele deixou.


- Senhor frade, ento a pedra, no come?

Adaptado por Manuela Figueiredo

A pedra vai comigo! Vai servir de


novo para matar a fome!

Adaptado por Manuela Figueiredo