Os recursos

Energéticos
Renováveis
Trabalho realizado por:
-

Energia hidrelétrica .Indíce            Recursos energéticos utilizados em Portugal. Distinção entre termoelétrica e hidrelétrica. A dependência energética de Portugal . Desvantagens . Situação em Portugal relativamente aos recursos energéticos renováveis. deve-se…. Vantagens. Identificação das principais áreas de utilização dos recursos. Importância económica e ambiental da utilização dos recursos energéticos renováveis. Distribuição espacial do consumo de energia . O aumento do consumo energético em Portugal.

de seguida .Introdução    Realizamos um trabalho no âmbito da disciplina de Geografia . referimos a importância económica e ambiental que resulta na utilização destes . acerca dos recursos energéticos renováveis. analisamos a distribuição espacial do consumo de energia. explicamos a situação em Portugal relativamente aos recursos energéticos renováveis . Iremos ver . justificamos o aumento do consumo energético em Portugal. um quadro para percebermos melhor a situação em Portugal relativamente a estes recursos e variadas imagens. . Ao longo deste trabalho vamos falar sobre os vários tipos de recursos energéticos que se utilizam em Portugal. por fim . explicamos a grande dependência energética do país e. procurámos localizar e justificar as principais áreas de utilização dos recursos . distinguimos a energia termoelétrica da hidroelétrica e referimos as suas vantagens e desvantagens.

Recursos energéticos renováveis utilizados em Portugal  Portugal tem um enorme potencial em relação às energias renováveis. Energia Eólica Energia das ondas e marés Energia Solar Energia Geotérmica .

o movimento do ar pode fazer girar uma turbina. A energia das marés é outra fonte de energia.  Energia solar. Diminui a elevada dependência energética do exterior (petróleo e carvão) . as centrais não precisam de muito espaço e o impacto ambiental é bastante reduzido. . As desvantagens são: os seus preços elevados e a pouca eficiência das formas de armazenamento. As suas vantagens são: não produz poluição na sua utilização e a manutenção das centrais é mínima. “Geo” tem o significado de terra e “térmica” de calor. Quando a maré enche a água entra e fica armazenada no dique. As vantagens são: não se esgota. Quando a onda se desfaz e a água recua o ar desloca-se em sentido contrário passando novamente pela turbina entrando na câmara por comportas especiais normalmente fechadas. não emite gases poluentes nem produz resíduos de longa duração.Falar sobre as energias Energia eólica. A sua força impulsiona as hélices dos aerogeradores dando origem à produção desta energia. não há produção de poluição e não conserva material muito sofisticado. ao baixar a maré. As desvantagens são: não há muitos locais que sejam viáveis para a instalação de uma central geotérmica e é possível haver emissão de gases e minerais perigosos. não há continuação do fornecimento de energia e contém um baixo rendimento.  Energia das ondas e marés. logo a energia geotérmica é a energia calorifica que provém do interior da terra. a água sai pelo dique como em qualquer outra barragem.É a energia obtida a partir do vento. As desvantagens são: o impacto visual e sonoro.Esta energia existe desde que o nosso planeta foi criado. As desvantagens são: possui uma baixa capacidade e só funciona quando há maré forte.A elevação da onda numa câmara de ar provoca a saída do ar lá contido.  Energia Geotérmica. A energia mecânica da turbina é transformada em energia eléctrica através do gerador. Para a transformar são construídos diques que envolvem uma praia. As vantagens são: não é poluente.  As vantagens são: não polui o ambiente.É a energia que provém do sol.

serem virtualmente inesgotáveis e ainda por respeitarem o ambiente. são dados pela natureza como é o caso do vento. Deve ainda acrescentar-se que a utilização destes recursos permite a criação de novos postos de emprego. ainda que se gaste montantes financeiros para o seu aproveitamento.Importância económica e ambiental da utilização dos recursos energéticos renováveis:   Os recursos energéticos renováveis têm um impacto económico pertinente pois. como tal. do sol. As energias renováveis caracterizam-se pela capacidade que têm de se regenerar e. sendo que o investimento é normalmente recuperado. das ondas e marés e do calor interno da Terra. em tempo curto. Em termos ambientais importa referir que estes recursos não são poluentes. . Outro fator importante é a ampla utilização destes recursos em termos industriais e domésticos. em economia de energia e em ganhos de conforto.

o que lhe permite diminuir a dependência energética de fontes de energias não renováveis . e de acordo com este cenário natural. das ondas e do vento. luz. o que lhe confere a possibilidade de aproveitar o potencial energético da água. Portugal pode aproveitar estas energias renováveis e por isso assumiu um importante compromisso na UE definindo uma meta ambiciosa no que respeita à redução da dependência energética nos combustíveis fósseis. Assim.Situação em Portugal relativamente aos recursos energéticos renováveis   Portugal encontra-se numa situação vantajosa relativamente aos recursos renováveis. Portugal é composto por uma rede hidrográfica relativamente densa. Tem um enorme potencial que deve ser explorado. e é dotado de uma vasta costa marítima que beneficia dos ventos atlânticos. . apresenta uma elevada exposição solar média anual.

Identificação das principais áreas de utilização dos recursos .

É aquela que é gerada a partir da queima de combustíveis fosseis (diesel .Distinção entre termoelétrica e hidrelétrica:  Energia termoelétrica. carvão mineral . gás natural . etc) realizadas nas usinastermoéltricas. Usina termoelétrica . gasolina .

reduzindo o custo com torres e linhas de transmissão . podendo assim suprir carências de energia de forma mais rápida. Podem ser instaladas em locais próximos da regiões de consumo .Vantagens:    Em comparação com usinas hidrelétricas . São alternativas para países que não possuem outro tipos de fontes de energia . são mais rápidas para se construir .

. O custo final deste tipo de energia é mais elevado do que a gerada em hidrelétricas . Este tipo de energia é altamente prejudicial ao meio ambiente.Desvantagens:   Como são usados combustíveis fósseis para queimar e gerar energia . Estes poluentes são responsáveis pela geração do efeito estufa e do aumento do aquecimento global. em função do preço dos combustíveis fosséis. há uma grande liberação de poluentes na atmosfera.

Energia hidrelétrica  A energia hidrelétrica é a obtenção de energia elétrica através do aproveitamento do potencial hidráulico de um rio para que o processo seja realizado é necessário a construção de usinas em rios que possuam um elevado volume de água e que apresentem desníveis no seu curso. .

Assim . atualmente .O aumento do consumo energético em Portugal. . também se encontram disponíveis na natureza . Portugal tenta utilizar cada vez mais as energias renováveis. deve-se…    Os contantes desenvolvimentos na nossa sociedade têm levado a uma dependência cada vez maior das principais fontes de energia (não renováveis). petróleo e o gás natural. Entre 1990 e 2007 o aumento foi de quase 50% . o governo pretende diminuir o consumo de energia com base nos combustíveis fosseis e promover a eficiência energética . apostando mais nas renováveis. Dado que as energias não renováveis mais tarde ou mais cedo se vão esgotar. São exemplos destas energias o carvão . petróleo . em Portugal. eletricidade e gás natural subido muito. Estas . ao contrário . das não renováveis nunca se esgotam. O consumo de energia primária tem vindo a crescer consideravelmente nos últimos 20 anos. tendo o consumo de carvão . mas .

Contudo. a produção nacional de energia primária deixou de ter. em média. Atualmente. A dependência energética do País em relação à importação de produtos energéticos foi de 81. para produção de eletricidade. eólica. a economia portuguesa é pouco eficiente na forma como utiliza a energia disponível: em 2006 foram precisas. a partir de 1994. De facto. resíduos sólidos urbanos. essa produção tem como fontes principais a energia hídrica. Para além de ser dependente do exterior em termos energéticos. entre outros. enquanto que o mesmo indicador para a média europeia (UE-27) foi 177. Portugal despendeu cerca de 6 mil milhões de euros para satisfazer as suas necessidades de consumo energético (Relatório do Estado do Ambiente 2007). que incluem lenhas e resíduos vegetais. hídrica.A dependência energética de Portugal: Portugal é um país pobre em recursos energéticos de origem fóssil. o carvão.2% em 2006. licores sulfitivos. eólica e a de biomassa. e outras fontes de energia renováveis (FER). 200 tep para se produzir 1 000 € de Produto Interno Bruto (PIB). geotérmica e fotovoltaica. visível na fatura energética nacional: em 2006. contabilizadas as importações e as exportações. . biodiesel. biogás. o potencial nacional de energias renováveis é elevado. como fonte. com destaque para a energia solar.

Setúbal e Porto. .Distribuição espacial do consumo de energia    A indústria é o setor que consome mais energia.destacando-se Lisboa.prevendo-se uma diminuição. Existem assimetrias regionais no consumo de energia: é superior nos distritos onde existe maior concentração de população de serviços. O setor dos transportes revela um constante aumento(mais carros em circulação de maior cilindrada)bem como as melhorias das redes de tranporte e vias de comunicação.e indústria e onde o nível de vida é mais elevado.