Você está na página 1de 28

Bioquímica

da Água
Bioquímica
Marcelo Correa

Forma da molécula da água
 Tetraedro Ligeiramente Alongado

.  Interação eletrostática entre o núcleo de hidrogênio de uma molécula de água e o par de elétrons não pareados de outro.ESTRUTURA MACROMOLECULAR DA  Se ordenam devido ÁGUA estrutura dipolar e a formação de ligações de hidrogênio.

5°). Pares de elétrons ñ compartilhados geram uma carga parcial (-) A força de atração eletrônica do Oxigênio origina uma carga parcial (+) .Átomo de Hidrogênio compartilha um par de elétrons com o oxigênio – geometria próxima do tetraedro (109.

 Elevado Calor Específico 1 Cal/g °C  Elevado Calor de Vaporização 536 Cal/g  Elevada Condutividade Calorífica  Elevada Constante Dielétrica D = 80  Capacidade de Hidratação ou Salvatação de íons  Solvente de Moléculas Anfipáticas  Solvente de Compostos Polares ou de natureza iônica  Elevada Tensão Superficial  Transparência  Eletrólito Fraco . PE (100°C).Água: Estrutura e Propriedades Físico-químicas  Elevada Temperatura de Fusão e Ebulição: PF (0°C).

Vamos comparar Temperatura de Fusão e ebulição. calor de vaporizaçã de alguns solventes: .

. ou seja. concretamente de 15 a 16°C.  Elevada Condutividade Calorífica Permite uma condução de calor adequada no interior corporal.a água se converte em um mecanismo adequado para estabilizar a temperatura do organismo. Mediante esta propriedade.contribuindo também à termorregulação.Explicando  Elevado Calor Específico 1 Cal/g °C É o calor necessário para elevar a temperatura de 1 g de líquido 1°C . atua na termorregulação.

 Importância em seres vivos: transporte de nutrientes e reações metabólicas. pulmões.  Todos os aspectos de estrutura celular e suas funções são adaptadas às propriedades físico-químicas da água.  Permeia todas as porções de todas as células. . rins e intestino.  Vias de Eliminação: Pele.Nos seres vivos  Animais: Intracelular: 55-60% e Extracelular: 40-45%.

 As pontes de hidrogênio são mais fracas que ligações covalentes.  A fluidez da água se deve a meia-vida curta das ligações:10-9seg. .  Cada molécula de água se une mediante pontes de Hidrogênio a 3 ou 4 moléculas .Pontes de Hidrogênio  Atração eletrostática resultante entre o átomo de oxigênio de uma molécula de água e o átomo de hidrogênio de outra molécula de água.

F: -0. Podem ser formadas entre um átomo eletronegativo (O. Exs. N) e um átomo de hidrogênio ligado a um outro átomo eletronegativo. Butano (P.F: 117°C).5°C). .: Butanol (P.Pontes de Hidrogênio  Observações Importantes:  Pontes de hidrogênio não são restritas à água.  Átomos de hidrogênio ligados à carbonos não formam pontes de hidrogênio.

Pontes de Hidrogênio .

cetonas. álcoois.Solubilidade  A interação com solutos ocorre porque a água é um líquido polar  A água pode dissolver: Sais cristalinos: se relaciona com íons que unem os átomos do sal  Compostos orgânicos polares (açúcares. aldeídos. ácidos) – formação de pontes de hidrogênio com os grupos hidroxila ou carbonila .

.

(fosfolipídeos. e uma região hidrofóbica (insolúvel em água. proteínas. interatuando com a porção hidrofílica e repelindo a porção hidrofóbica .Solubilidade  Substâncias anfipáticas são macromoléculas que apresentam a característica de possuírem uma região hidrofílica (solúvel em meio aquoso). porém solúvel em lipídios ). ácidos nucléicos) – A água forma micelas.

Propriedades Coligativas  São propriedades que estão intimamente relacionadas com o número de partículas de um soluto dispersas em uma solução. Por quê? AUMENTO DE FORÇAS INTEMOLECULARES . (NaCl) á água fervente nota-se que a fervura imediatamente pára. Quando adiciona-se sal de cozinha.

congelamento e quantidade de vapor do solvente produzido. .Influência no comportamento da solução frente ao aquecimento.

.OSMOSE  fenômeno que permite a passagem do solvente do meio mais diluído para o meio mais concentrado.

Ao microscópio .

Ionização da Água  Propriedades dos Solventes: características da     molécula não carregada + Grau de Ionização [H+] e [OH-] Moléculas de água: tendem a ionizar-se (reversível) H2O H+ + OHÁcidos ou bases dissolvidos na água produz H+ (ácidos) e OH. Água pura: pH neutro .(bases).

Conceito de pH: valor de pH no qual 50% do ácido encontra-se dissociado.Ionização da Água Numa reação de ionização há sempre um par ácidobase conjugado. IMPORTANTE: Quanto menor o pH. maior é a força de ionização do ácido . Para cada doador de próton (ácido) há sempre um receptor (base).  Constantes de dissociação (Ka): a força de ionização de um ácido. H2SO4) e baixa em ácidos fracos (acético). A ionização é alta em ácidos fortes (HCl.

 Volume do ácido é titulado com uma base forte (NaOH) até a neutralização deste ácido. .Curva de Titulação  Usada para determinar a concentração de um ácido em uma solução.

8 a 7.Tampões  Substâncias que em solução aquosa dão a estas soluções a propriedade de resistir a variações do seu pH quando as mesmas são adicionadas em quantidades pequenas de ácidos (H+) ou base (OH-).35 – 7.  Quase todos os processos biológicos são dependentes do pH. Plasma → 7.8) Intracelular: Função da célula (Eritrócito: 7.48 (6.2) .

em conseqüência da presença de grupos dissociáveis contidos em resíduos de aminoácidos ácidos (glutâmico e aspártico) e básicos (lisina e histidina) . O fosfato e as proteínas são os principais tampões do fluido intracelular.

Tampões  Sistema Tampão Bicarbonato É um sistema tampão fisiológico efetivo Principal tampão do espaço extracelular: ácido carbônico /Bicarbonato  Componentes: Ácido.   .CO2 e Básico.íon bicarbonato (HCO3-)  O ácido carbônico é formado a partir de CO2 e H2O e está em equilíbrio com o reservatório de CO2 localizado nos pulmões.

Tampões  Quando H+ é adicionado no sangue.  Quando a OH. a concentração de H2CO3 aumenta. aumentando a pressão deles nos espaços aéreos e o CO2 é expirado.é adicionado ocorrem eventos opostos . aumentando a concentração de CO2 no sangue.

o corpo não depende da ingestão de compostos exógenos ou de sínteses complexas para a manutenção desse sistema-tampão.  Os componentes do sistema-tampão do bicarbonato são produzidos metabolicamente em grande quantidade. Portanto. A finalidade do tampão é manter o pH do sangue praticamente constante. .

Alterações do Equilíbrio ácidobásico Condição Causas possíveis acidose respiratória apnéia ou capacidade pulmonar prejudicada.) Condição Causas possíveis alcalose respiratória hiperventilação. produzindo diminuição do CO2 no sangue. (Em todas elas. (O aspecto comum é a perda de H+ não decorrente de uma baixa do CO2 sangüíneo) . com acúmulo de CO2 nos pulmões. vômitos prolongados (perda de HCl) ou desidratação extrema levando a retenção de bicarbonato pelos rins. alcalose metabólica ingestão de álcali (base). produção de cetoácidos no diabetes descompensado ou disfunção renal. acidose metabólica ingestão de ácido. há um acúmulo de H+ não decorrente de um excesso de CO2.

Importância do pH  Atividade catalítica das enzimas. .: plasma sanguíneo do animal com diabetes é menor que 7.4 (acidose). Ex.  Diagnóstico de doenças (sangue e urina).