Você está na página 1de 28

m m m


  
  m
 
 
   m 
m m  
  m 
m     !
!""
#$%

- &'('))** ! '&(+)'(),

- -.+ $!'/.0(!$"
$!'/.0(!$"!)*.1!$'2#(!$'
*)!)3(!$"" */*$0-!$'"
*)!)3(!$ */*$0-!$'" )!)3(!$' 
*+(&' 4
Õ
    

-tem por objetivo desenvolver a técnica de


ensino;
investiga os modos de realizar o ensino;
visa o desenvolvimento das capacidades
mentais;
técnica de estimular, dirigir, encaminhar,
no decurso da aprendizagem a formação
do homem.
‘ ‘Õ ‘

crimórdios da Didática 1549- 1759


principais educadores- jesuítas
educação não possuía valor social
voltada à catequese indígena
elite - ensino humanista- ratio studiorum
após jesuíta- combal institui nova
organização ( prof. Leigos)
laicidade- Estado assume educação
1870- expansão cafeeira ( mudança do
modelo sócio-econômico)
Revolução de 30- Getúlio Vargas cria o
Ministério das Educação e Saúde cública
escolhem Francisco Campos para Ministro
da Educação
1a Universidade- Faculdade de Ciências e
Letras da Universidade de São caulo
Didática é incluída como disciplina na
formação de professores
1930 a 1945- educação marcada pela
concepção humanista
educação direito de todos
valorização da criança
1946-1961- crise da cedagogia Nova
tendência tecnicista
década de 70/80- abertura para discutir a
educação
mm   Õ
 

5 m
 
*.'6! (*&/*'.$* (&)/&$*
)!)3(!$'$* (&')' /&$*)*'7+!!6
)*'(!(+)*
$'.&2*/'(!'2'+($ -!' 6'
*),)*8! $+.')')/&$*$!"/.0(!$
5 m  
 ! * 8.8*'/*$(9:*(!8*
&'$! '!
'6! (* $! '.2!(*3(!$'
/&!8!.*1!'')!* (#$ !$'
NÕ ‘ 
wNwLISw w cRÁTICw cEDwGÓGICw
COMcLETw
CONTEXTUwLIZw w cRÁTICw
cEDwGÓGICw REcENSwNDO w
DIMENSÃO SÓCIO-cOLÍTICw
TRw wLHw TEORIw E cRÁTICw
cRIORIZw RELwES INTERcESSOwIS
 ÕmÕ
Õ mÕ NNÕ
 ‘Ց
LD número 9.394/96 art. 65 esclarece:
- formação docente deve incluir prática do
ensino (330 hrs) , exceto p/superior
-art.66- exercício do magistério superior
pós-graduação, priorizando
mestrado/doutorado
( um terço do corpo docente)
 ÕmÕ
Õ  mmmÕ
NNÕ ‘Ց
Conselho Federal da Educação
determina: pós-graduação (LwTO
SENSO) deve destinar um sexto de sua
carga horária para disciplinas de conteúdo
pedagógico
Mais frequentes:
Metodologia do Ensino superior
didática do ensino superior
c  


wcRENDIZwGEM- verificação de como se
aprende ( influências externas e internas)
wcRENDIZwGEM CwUSwL- assimilação do
ambiente ( imitação, tv)
wcRENDIZwGEM ORGwNIZwDw- tem por
finalidade aprender determinados conhecimento
( aprendizagem em cursos, etc.)
wprendizagem- ocorre quando há assimilação
ativa( apropriação, compreensão e aplicação
dos conhecimentos).
NÍ m ‘ Nm  N

REFLEXO- através da sensação,


percepção, etc. Ex: andar, agarrar objetos
COGNITIVO- através do meio físico e da
palavra : linguagem
Toda aprendizagem vai depender da
Motivação Intrínseca e Extrínseca.
ÕN  ÕÕN‘
N‘ Nm  
despertar o interesse na pessoa que aprende;
educação dasafiadora;
prof. Deve diagnosticar o conhecimento prévio;
estimular a auto-estima e autoconceito;
conteúdos expostos de forma significativa;
trabalhar na zona do desenvolvimento proximal.

ZONw DO DESENVOLVIMENTO cROXIMwL-


revelam o modo de agir e pensar. winda em
elaboração, e requer a ajuda do outro para
serem realizados.
  mm m 

;<=m m   *('9*.*$*'(*&!'-+ )'* ('.)


* ! 2*>'! ' )"
)".?*$&!(!$'* (*)!-*&* (*
#()*/&$*)!* (@
;A=m m    ' '.!''-+ 6*9:*(!8
)*$')')!$!/.! '2&!* (' )')'1*)''(#&!''*&
(&' !(!)'''.+ *+')!(&!9+!6/*.'-'**
1&'+)** ! ,
  mm m 

/'68!8)*$ (&+6)
*&! )!8!)+'.*$.*(!8,

 7+' ('9*&/*)'11!$2
* -$'('9#'&*.'6
/&-*&""'.+ ,
/&-*&
     m 5   
 m

â   
 
 â       
       
   
     

 
   
   
    

  
 

       !
     
×       "   
 
  #   
    $%   
  !&    '
  !&   
m      !

(   ) 


 "   
m     
*
  
$%    
    # !
# !! '&8'.?*!' '
;<BCC=,

    

' )'+;<BBD=

'$ $*/6)*+$ :+ ()*$ ?*$!* (


(#$ !$9&*E$-'F*&/*)'11!$2
)*8! $+.'))/&9.*'&*.'(!8'*
$+.'))/&9.*'&*.'(!8'* (!)*'
-!  )'*)+$'62)$ (*G)*/*$0-!$*
)*$ (*>(+'.!F'),
)'+Ë   
' )'+Ë  2)*8*$ !)*&'&'
+.(!)!* ! '.!)')* )/&$** ! "
"
'/&* )!F'1*Ë
)!F'1*Ë *$*!)')*)''&(!$+.'6
)*(&)!* H*

(#$ !$' ?+' '

/.0(!$'
)!*
)!* (#$ !$'&1'
!$'&1' !F'6*
/*&'$! '.!F'6)$/ * (*)
/&$** ! " "'/&* )!F'1*9:*(!82
*.*6)*$ (*G)2*(&'(#1!')** ! 2
'8'.!'6*($,@
)!*
)!* ?+'
?+' '&*.'6! (*&/*'.
/&** (* /&$**)+$'(!8,*)+$'6
/&*8$+ !$'6*! (*&'6@
)!*
)!* /.0(!$'+/.0(!$
/.0(!$'+/.0(!$""$!'.
$!'.
$ (*>(2' 3.!*)'&*'.!)')*7+*
/!9!.!(*+''6*)+$'(!8'
(&' -&')&',
m  m m 

-'F*&
E/&7+*-'F*&*
E/'&'7+*-'F*&E
&$*)!* ()!)3(!$' (*$*)*
* ()''+.'Ë
()''+.'Ë /.' *:'* (,
m  
mm m   

   
  +

 
E,,,  +

 
E,,,
   "!
     


 
 " ,   
   
     


 !     
  

  # 
  ,%
       
    " $%-!. /001(
 I
9(*&! -&'6H*$ ?*$*&'.+ @
 ?*$*&9:*(!8$+&&!$+.'&*2)$+&*
)')!$!/.! '@
)* (!-!$'&$ ?*$!* (/&#8!+/&#"
(/&#8!+/&#"
&*7+!!( *$*3&!@
'&1'?&3&!')$+&@
*$+&'(*&!'!*?+' )!/ 08*!@
*.*6)**>/*&! $!')*'/&* )!F'1*,
% 
/&-, #&1!2'&*/.' *:'&+')!$!/.! '
/'&'/&>!**(&*2$ +.(+
'&7+!8)*&*1!(&)*! -&'6H*9&*'
*',*(*&*1!(&2?'8!'' (')
!(+'6H*7+*/&*:+)!$'&'9
' )'* ()''+.'2/! .*8'&'*
$ !)*&'6! -&'6H*)**(&*
' (*&!&*,

')'' ('6H*$!('8''+(!.!F'6)'
(#$ !$')*)!$+.!8&*29&*+(*',
(*'*&'! (*&*' (*2'(+'.*1*&')&)*
/!6H*$ (&8*&(!)',
<AJ'.+ '(&!$+.')*('8'
/&** (**7+!*&'/'&(!$!/'&'(!8'* (*2
7+*(& +'!(+'6)*'+.'$'(!$'2
!/&)+(!8'*$(*/! +-!$!* (*/'&'
$ $.+H*,

/)**>/.!$'&7+*'$ (*$*+K
?+8*$ +.('9&*
G*&)*'.+ '(&!$+.')@
/&)+(!8/'&'1&+/
/*7+* (& +"
+"*$'(!$*+
1&' )*1&+/,
4

.' *:'&#+'(7+**>!1*$&!'(!8!)')**$&!(!$!)')*,
'.+ /*&$*9*7+' )''+.'#/.' *:')',

   '9*&)'*>/*&! $!'/&#8!'*


/&-!! '!)'.+ 2)'$'&1'?&3&!')$+&2
)'(*&!'!*'9!* (*)!/ 08*!2-'$!.!('
/&$*)*'/&* )!F'1***8!('#&!
)!'9&*,
 
  % 
*&*(&*#+!('!)7+**&+/&-!! '.
)'/&3(!$',
8*&)')*!&*(&*#'7+*.*7+*9+$''
! 8'6H*)*-&'$&0(!$'*$ (&+(!8'2'/&/&!'"
(&+(!8'2'/&/&!'"*
)'*'2$ (*>(+'.!F'"
(*>(+'.!F'"'*'$ 8*&(**+
$ ?*$!* (*>/*&!* (')/&*!)'/&3(!$'2+
*:'2/&*!)**+(&'9'.?2* ! ,2&*-.*(! )
9&**2(&' -&'*/&3>!,