Você está na página 1de 10

1 Trim.

de 2017

As Obras da Carne e
o Fruto do Esprito
Como o crente pode vencer a
verdadeira batalha espiritual
travada diariamente.

Lio 04:
Alegria, Fruto do
Esprito; Inveja,
hbito da Velha
Natureza

TEXTO UREO

Regozijai-vos, sempre, no
Senhor; outra vez digo: regozijaivos (Fp 4.4).

VERDADE PRTICA

A alegria, fruto do Esprito, no


depende de circunstncias.

OBJETIVO GERAL

Explicar a alegria como fruto


do Esprito e a inveja como
obra da carne.

OBJETIVOS ESPECFICOS

I. Mostrarque Deus a fonte


da nossa alegria;
II. Entenderque a inveja traz
muitos males para o invejoso;
III. Saberque o crente tem a
alegria do Esprito apesar das
circunstncias.

Joo 16.20-24
20 Na verdade, na verdade
vos digo que vs chorastes e
vos lamentareis, e o mundo se
alegrar, e vs estareis
tristes; mas a vossa tristeza
se converter em alegria.

Joo 16.20-24
21 A mulher, quando est
para dar luz, sente tristeza,
porque chegada a sua hora;
mas, depois de ter dado luz
a criana, j se no lembra da
aflio, pelo prazer de haver
nascido um homem no mundo.

Joo 16.20-24
22 Assim tambm vs,
agora, na verdade, tendes
tristeza; mas outra vez vos
verei, e o vosso corao se
alegrar, e a vossa alegria,
ningum vo-la tirar.

Joo 16.20-24
23 E, naquele dia, nada me
perguntareis. Na verdade, na
verdade vos digo que tudo
quanto pedirdes a meu Pai, em
meu nome, ele vo-lo h de dar.

Joo 16.20-24
24 At agora, nada pedistes
em meu nome; pedi e
recebereis, para que a vossa
alegria se cumpra.