Você está na página 1de 10

Auto de Ins Pereira

O seu argumento um exemplo comum que


dizem: mais quero asno que me leve que
cavalo que me derrube.

Ins Pereira
O auto s chegar ao fim
quando Ins tiver levado a
bom termo o seu projeto de
libertao. (Cristina A. Ribeiro)

Auto de Ins Pereira


Desabafos de jovem,
jovem conselhos de me e
exerccios de alcoviteira

Diferentes interesses e diferentes concees de vida

Auto de Ins Pereira


Casamento

Segurana

Negcio

Emancipao

Auto de Ins Pereira


mais quero asno que me leve
que cavalo que me derrube.
Pro Marques
rico, honrado (v. 189)
eu em meu siso estou
(v. 276)

Joo das bestas (v. 289)


homem de bom
recado
(v. 342)

Escudeiro Brs da Mata


fala e com ora fala
(v. 493)

tange e com ora


tange
(v. 493)

Homem que no tem


nem preto
(v.
549)

Auto de Ins Pereira


Casamento com o Escudeiro
Ins:
Folgastes vs na verdade
Casar vossa vontade?
Eu quero casar minha.
(vv. 693-695)

Me:
Casa, filha, muit embora.
(v. 696)

Auto de Ins Pereira


Casamento com o Escudeiro
Escudeiro:
Vs buscaste discrio,
que culpa vos tenho eu? []
Vs no haveis de mandar
em casa somente um pelo.
(vv. 806-807 e 813-814)

Ins:
Havia
eu tem
de vingar
Quem m
bem
e mal escolhe
deste
mal
e lhe
deste
dano!
por mal
que
venha
no s
(vv. 885-886)
anoje.
(vv. 793-794)

Auto de Ins Pereira

Auto de Ins Pereira


Saber
terico

Experincia

Cultura corts:
o marido
avisado
Escudeiro

Saber
prtico
Cultura popular:
o homem de
bom recado

Casamento

Pro Marques

Reformulao dos ideais,


Ins Sobre quantos mestres so
modo de ser e de agir de Ins.
Experincia d lio. (vv. 958-959)
(Cristina A. Ribeiro)

Auto de Ins Pereira


Casamento com Pro Marques
Ins:
No lhe quero mais saber,
J me quero contentar
(vv. 979-980)

Auto de Ins Pereira


Ridicularizao de um
mundo de leviandades, de
mentiras e de libertinagem,
para desviar dele,
acautelar contra os perigos,
morais e materiais, e fazer
rir ao mesmo tempo.
(Pierre Blasco)

Pea com valor de documento sociolgico.


(Pierre Blasco)