Você está na página 1de 41
Fisiologia do Sistema Nervoso (Parte I) Profa.: Aline de Albuquerque

Fisiologia do Sistema Nervoso (Parte I)

Fisiologia do Sistema Nervoso (Parte I) Profa.: Aline de Albuquerque

Profa.: Aline de Albuquerque

Sistema Nervoso  Controle atividades rápidas do corpo (contrações musculares)  Recebe informações (órgãos sensoriais) 

Sistema Nervoso

Controle atividades rápidas do corpo (contrações musculares)

Recebe informações (órgãos sensoriais) Integra p/ determinar resposta corporal Sist. Endócrino Funções metabólicas Divisão Sensorial SN- Receptores

Atividades do SN Experiência sensorial (receptores visuais, auditivos, táteis, etc) Podem causar reação imediata ou memória ser armazenada no cérebro (min, semanas, anos) determinar reações corporais no futuro.

Papel importante SN:  Controle atividades corporais: Contração músculos esqueléticos e lisos dos órgãos internos, secreção

Papel importante SN:

Controle atividades corporais:

Contração músculos esqueléticos e lisos dos órgãos

internos,

secreção

endócrinas.

das

glândulas

exócrinas e

Processar informações que chegam p/ respostas motoras apropriadas (99% descartadas)

Função integradora: Seleção das informações sensoriais relevantescanalização p/ regiões motoras apropriadasresposta desejada.

somática do sistema sensorial  Transmite informações dos receptores sensoriais de toda a superfície estruturas

Porção somática do sistema sensorial Transmite informações dos receptores

sensoriais

de

toda

a

superfície

estruturas profundas

e

algumas

Informaçãonervos periféricos SNC: áreas sensoriais: medula espinhal, substância reticular do bulbo, da ponte e mesencéfalo, cerebelo, tálamo, áreas somestésicas do córtex.

 Papel das sinapses: Ponto de junção entre neurônios  Controle da transmissão de sinais. Abertura

Papel

das

sinapses:

Ponto

de

junção

entre

neurônios

Controle da transmissão

de sinais.

Abertura

de

canais

de

Na

+ (excitatórias),

abertura de canais de Cl - (inibitórias).

Ação seletiva: Bloqueando ou amplificando sinais fracos e canalizando os sinais em muitas direções.

Armazenamento das Informações Córtex cerebral (outras regiões no encéfalo e até mesmo a medula)

 Memória: Cada vez que certos tipos de sinais sensoriais passam por seqüências de sinapses, estas

Memória: Cada vez que certos tipos de sinais sensoriais passam por seqüências de sinapses, estas tornam-se + capazes de transmitir os mesmos sinais da próxima vez Facilitação.

Sinapses facilitadas: Sinais gerados dentro do próprio cérebro tb podem desencadear transmissão (embora a entrada sensorial não tenha sido excitada) Memória das sensações.

Resumo das funções básicas SN Função sensitiva  Função integradora (análise, armazenamento e direcionamento)  Função

Resumo das funções básicas SN

Função sensitiva Função integradora (análise, armazenamento e direcionamento) Função motora (resposta aos estímulos: contrações musculares ou secreções glandulares)

2
Níveis da Função do SNC A) Medula espinhal: Movimentos de marcha, reflexos de retirada, de enrijecimento

Níveis da Função do SNC

A) Medula espinhal: Movimentos de marcha, reflexos de retirada, de enrijecimento das pernas, controle dos vasos sangüíneos locais, movimentos GI, etc.

B)

Nível

cerebral inferior: Controle das atividades

subconscientes PA, respiração, equilíbrio (juntamente ao

cerebelo); Reflexos alimentares, salivação.

C) Nível Cerebral Superior ou Cortical: Depósito de memória (associação c/ centros inferiores do SN). Converte funções em operações de grande precisãopensamento.

Centros inferioresVigília do córtexAbertura do banco de memória

Organização do SN: SNCentral e SNperiférico  SNP:  Nervos cranianos (12 pares, originados no encéfalo)

Organização do SN: SNCentral e SNperiférico

SNP:

Nervos cranianos (12 pares, originados no encéfalo) Nervos espinhais (31 pares, originados na medula) Conduzem os impulsos nervosos p/ dentro e p/ fora do SNC

SNC: conectado a receptores sensitivos, músculos e glândulas na periferia por meio do SNP.

 Componentes de entrada do SNP (neurônios sensitivos ou aferentes)  conduzem impulsos: receptores sensitivos 

Componentes de entrada do SNP (neurônios sensitivos ou aferentes) conduzem impulsos: receptores sensitivos SNC. Componentes de saída originados no SNC (neurônios motores ou eferentes) conduzem impulsos aos músculos e glândulas.

Neurônios de associação (interneurônios): No SNC, conduzem impulsos: sensoriais motores.

Subdivisão do SNP: Somático- Neurônios sensitivos (cutâneos), enviam informação ao SNC e neurônios motores do SNC,

Subdivisão do SNP:

Somático- Neurônios sensitivos (cutâneos), enviam informação ao SNC e neurônios motores do SNC, conduzem impulsos somente aos músculos esqueléticos voluntário- controle consciente. Autônomo- Neurônios motores do SNC conduzem impulsos aos músculos liso, cardíaco e glândulas (involuntário)

SNA:

SIMPÁTICO e PARASSIMPÁTICO Em geral: Processos promovidos pelos neurônios simpáticos envolvem gasto de energia e pelos parassimpáticos restauram e conservam a energia corporal.

CÉLULAS DO SN  NEURÓGLIAS: sustentação e proteção p/ neurônios.  NEURÔNIOS: condução impulso, unidades básicas

CÉLULAS DO SN

NEURÓGLIAS: sustentação e proteção p/ neurônios. NEURÔNIOS: condução impulso, unidades básicas de processamento Dendritos Corpo celular Axônios* * Única extensão citoplasmática longa e fina (mm até + de 1m).

Terminações ramificadas (bulbos c/ vesículas sinápticas).

5
 NEURÔNIO ou CÉLULA NERVOSA : Unidade funcional, anatômica e estrutural do sistema nervoso.  4

NEURÔNIO ou CÉLULA NERVOSA: Unidade funcional, anatômica e estrutural do sistema nervoso. 4 regiões distintas:

corpo celular ou pericário: ( núcleo + citoplasma + organelas) dendritos: impulsos nervosos em direção ao corpo celular. axônio: impulsos nervosos a partir do corpo celular. terminal pré-sináptico (telodendro): vesículas com NT.

TIPOS BÁSICOS:

Quanto à morfologia:

BIPOLAR MULTIPOLAR PSEUDO-UNIPOLAR

 NEURÔNIO ou CÉLULA NERVOSA : Unidade funcional, anatômica e estrutural do sistema nervoso.  4
AGRUPAMENTO DE TECIDO NERVOSO  Substância branca: Grupos de axônios mielínicos de muitos neurônios.  Nervo:

AGRUPAMENTO DE TECIDO NERVOSO

Substância branca: Grupos de axônios mielínicos de muitos neurônios. Nervo: Grupo de fibras nervosas mielínicas no SNP. Substância cinzenta: Contém corpos celulares e dendritos ou feixes de axônios amielínicos.

OBS: Encéfalo: Subst. cinzenta recobre a superfície externa Medula espinhal: está internamente (cornos), circundados por substância branca (funículos).

MEDULA ESPINHAL   40 cm de comprimento.  Ocupa o canal vertebral (atlas/ 2ª vértebra

MEDULA ESPINHAL

40 cm de comprimento. Ocupa o canal vertebral (atlas/ 2ª vértebra lombar) Centro nervoso de atos involuntários e condutor de impulsos nervosos. Protegida pelas meninges, líquido cérebro- espinhal e ligamentos vertebrais. Da medula partem 31 pares de nervos raquidianos que se ramificam Conexão c/ partes do corpo.

 Medula integrador espinhal (Centro reflexo): Centro p/ reflexos espinhais (respostas a alterações ambientais).  Cada

Medula

integrador

espinhal

(Centro

reflexo): Centro

p/

reflexos

espinhais (respostas a

alterações ambientais).

Cada par de nervos espinhais está conectado à medula por 2 raízes:

Raíz dorsal (posterior): Sensitiva (periferia p/ medula)

Raíz ventral (anterior): Motora (fibras nervos motores/periferia)

 Meninges: Pia-mater (interna- fibras colágenas e elásticas); Aracnóide (média- fibras em forma de teia); Dura-máter

Meninges: Pia-mater (interna- fibras colágenas e elásticas); Aracnóide (média- fibras em forma de teia); Dura-máter (externa- tecido conjuntivo denso e resistente) Recobrem SNC.

Espaço epidural (dura máter/canal vertebral):

contém gordura e vasos sanguíneos; bloqueio epidural (anestesia).

Espaço subaracnóide (aracnóide/pia mater): circula líquor (punção lombar).

ARCO REFLEXO E HOMEOSTASE: Componentes básicos: 1) Receptor (terminação nervosa sensitiva): dendrito de um neurônio sensitivo

ARCO REFLEXO E HOMEOSTASE:

Componentes básicos:

1) Receptor (terminação nervosa sensitiva): dendrito de um neurônio sensitivo ou estrutura sensitiva associada c/ um receptor Produção impulso nervoso. 2) Neurônio sensitivo: terminações axonais do neurônio sensitivo (substância cinzenta medula ou encéfalo) 3) Centro integrador (regiões de substância cinzenta no SNC): Sinapse entre neurônios sensitivo/motor ou neurônios de associação (+ freqüente). 4) Neurônio motor: Impulsos do centro integrador saem do SNC pelo neurônio motor até a partes do corpo. 5) Efetor: Parte do corpo que responde ao impulso 10

ENCÉFALO   100 bilhões de neurônios e mil bilhões de neuróglia. 1.300g, forma de cogumelo,

ENCÉFALO

100

bilhões

de

neurônios

e

mil

bilhões

de

neuróglia. 1.300g, forma de cogumelo, divide-se em:

1) Tronco encefálico: Bulbo + Ponte + Mesencéfalo 2) Cérebro : DIENCÉFALO: Tálamo + Hipotálamo TELENCÉFALO: Hemisférios cerebrais 3) Cerebelo: Sob o cérebro e atrás do tronco encefálico.

* Proteção e revestimento: Meninges encefálicas e líquor

ventrículos (cavidades no encéfalo) conectados ao canal central da medula e espaço subaracnóide (80 a

Líquor: ventrículos

(cavidades

no

encéfalo)

conectados ao canal central da medula e espaço

subaracnóide (80 a 150mL): Contém proteínas, glicose, uréia e saisProteção e circulação.

Formado por

filtração e secreção dos plexos

coróides (membranas c/ capilares especializados nos ventrículos).

Fornece 20% suprimento de O 2 corporal e glicose continuamente

• Barreira Hematoencefálica: Células dos capilares + conectadas, memb. basal + espessa, circundadas por astrócitos (proteção).

DIENCÉFALO Tálamo: Estrutura oval (massas subst cinzenta organizadas em núcleos)  Estações de transmissão p/ impulsos

DIENCÉFALO

Tálamo:Estrutura oval (massas subst cinzenta organizadas em núcleos) Estações de transmissão p/ impulsos sensitivos de outras partes de SNC até o córtex cerebral. Hipotálamo: Funções de seus núcleos:

1) Controle e integração das atividades do SNA (ritmo cardíaco, TGI, bexiga urinária) 2) Controle da liberação de hormônios da hipófise (conexão SN / Sendócrino) 3) Temperatura corporal normal 4) Regula alimentação Centros da fome e saciedade. 5) Participa da manutenção da consciência e padrões de sono.

Hipotálamo a. controle neuro-endócrino b. organização de comportamentos motivados c.integração de informações viscerais

Hipotálamo

Hipotálamo a. controle neuro-endócrino b. organização de comportamentos motivados c.integração de informações viscerais

a. controle neuro-endócrino b. organização de comportamentos motivados c.integração de informações viscerais

TELENCÉFALO Superfície: Córtex cerebral (subst cinzenta): 6 camadas de corpos de céls nervosas, abaixo  subst.

TELENCÉFALO

Superfície: Córtex cerebral (subst cinzenta): 6 camadas de corpos de céls nervosas, abaixo subst. branca cerebral. Corpo caloso (feixes de fibras da subst. Branca):

Menor nos homens (fluxo de informações é + lento entre o lado direito (emocional) e o lado verbal (esquerdo).

TELENCÉFALO Superfície: Córtex cerebral (subst cinzenta): 6 camadas de corpos de céls nervosas, abaixo  subst.
NEUROTRANSMISSORES  Níveis apropriados: regulação atividades do SN. 1) Acetilcolina (ACh) : Córtex cerebral, junções neuromusculares

NEUROTRANSMISSORES

Níveis apropriados: regulação atividades do SN. 1) Acetilcolina (ACh): Córtex cerebral, junções neuromusculares esqueléticas e SNA. 2) Dopamina (DA): Encéfalo. Respostas emocionais e movimentos subconscientes (automáticos) dos músculos esqueléticos, níveis associados ao Parkinsonismo. 3) Noradrenalina ou norepinefrina (NA): Liberada em algumas junções neuromusculares e neuroglandulares, concentrada no tronco encefálico e outras partes do SN, relacionada à vigília e regulação do humor.

4) Serotonina (5HT) : Encontrada no SNC, normalmente inibitória, envolvida na indução do sono, percepção sensorial,

4) Serotonina (5HT): Encontrada no SNC, normalmente inibitória, envolvida na indução do

sono, percepção

sensorial,

regulação

da

temperatura e controle do humor.

5)Ácido gama-aminobutírico Concentrado no encéfalo, inibitório.

(GABA):

6) Encefalinas: Concentradas no SNC, inibem os impulsos da dor, suprimindo a substância P. 7) Endorfinas:

6) Encefalinas: Concentradas no SNC, inibem os impulsos da dor, suprimindo a substância P.

7) Endorfinas:

Concentrdas

na

hipófise

e

encéfalo, inibem a dor

inibindo a substância P,

podem ter papel na memória, aprendizado, atividade sexual, controle da temperatura.

8) Glutamato (Glu): Neurotransmissor excitatório do SNC, juntamente à glutamina.