Você está na página 1de 17

5 Casos de Carcinoma da Mama Bilateral

Sncrono submetidos a tratamento


conservador e braquiterapia

Experincia de um Servio

Autora: Joana Pinheiro


Co-Autores: Darlene Rodrigues, Pedro Fernandes, Alexandre Pereira,
Lurdes Trigo
INTRODUO
O Cancro da mama o tumor mais frequente nas mulheres incidncia

Idade mdia ao diagnstico 45 e os 65 anos

2 a 12% das doentes com diagnstico de Carcinoma da Mama (CM) vo


desenvolver CM contralateral

Factores de risco para CM Bilateral:


Histria familiar de CM
Idade jovem ao diagnstico do primeiro tumor
Histologia lobular
Multicentricidade
INTRODUO
CMB: um segundo primrio ou
metstase???
INTRODUO
Prognstico CMBS primrio com pior
prognstico

CM Bilateral Sncrono (CMBS) VS CM Blateral


Metcrono

Tratamento: Guidelines do CM unilateral


MATERIAIS E MTODOS
Doentes com CMBS que realizaram
tratamento no Servio de BT do IPOPFG,
EPE entre 2003 e 2016

CMBS Intervalo at 6 meses

Boost Critrios de Fourquet


RESULTADOS
RESULTADOS
RESULTADOS
DISCUSSO
Segundo os critrios de Chaudhary:
Doente 1 2 e 4 critrio
Doente 2 2, 3 e 4 critrio
Critrios de Chaudhary
Doente 3 1 critrio 1 Carcinoma in situ no
Doente 4 1 critrio tumor contralateral
2 Histologicamente
Doente 5 3 critrio diferentes
3 Maior grau de
diferenciao histolgica do
segundo primrio
4 Na ausncia de diferena
histolgica no dever haver
evidncia de metastizao
DISCUSSO
Factores de risco da nossa amostra:
Doentes em menopausa X
Ndulos nicos X
S a doente 2 tinha um componente lobular
enxertado no carcinoma ductal invasor X
DISCUSSO
Factores de risco da nossa amostra:
Doentes em menopausa X
Ndulos nicos X
S a doente 2 tinha um componente lobular
enxertado no carcinoma ductal invasor X
DISCUSSO
Factores de risco da nossa amostra:
Doentes em menopausa X
Ndulos nicos X
S a doente 2 tinha um componente lobular
enxertado no carcinoma ductal invasor X
DISCUSSO
Factores de risco da nossa amostra:
Doentes em menopausa X
Ndulos nicos X
S a doente 2 tinha um componente lobular
enxertado no carcinoma ductal invasor X
DISCUSSO
Tratamento
O leito tumoral ++
CMB taxas ligeiramente maiores de
recidiva local.
DISCUSSO
Tratamento
recidivas locais na loca
Boost ao leito tumoral
Boost com fotes ou electres,
maior toxicidade aguda e tardia.
Poortmans et al. verificou que
houve um menor nmero de
recidivas locais ao fim de 5 anos
usando o boost com BT, em vez de
utilizar electres ou fotes
DISCUSSO
Prognstico
Resultados contraditrios
Artigo de Schwentne et al.
CONCLUSO

CMB desafio complexo para os


clnicos
tratamento + agressivo e dificuldade em
cumprir os timings
tm um maior nmero de recidivas locais BT
tem melhores resultados
APBI em doentes com estadios precoces, se
possvel

Você também pode gostar