Você está na página 1de 14

Seminrio - Acionamentos e Transmisses Mecnicas para Aplicaes Especiais

Sistemas Mecnicos de Transmisso


Sistema Came Seguidor

Prof. Helena Navas


FILIPE RAPOSO 41425
Mestre David Braga (SEW-EURODRIVE Portugal)
LUS CLARO 37832
PEDRO CATARINO 39740
RUI CABRAL 41303

27 Abril, 2017
INTRODUO
Definio
Came um elemento mecnico de uma mquina que
usado para acionar outro elemento, chamado seguidor,
por meio de contato direto

Histria
1 vez que se tem conhecimento da utilizao de um
sistema came-seguidor foi por volta no ano 300 a.C. no
autmato Nysa
Bastante utilizado em autmatos e mquinas industriais
a partir do sculo XIV
CARACTERSTICAS

Transformao de Rotaes em Movimento Rectilneo


Mecanismo compacto
Fcil Fabrico
Permite obter praticamente qualquer movimento para o Seguidor
A Came deve ser sempre vinculada ao Seguidor para garantir o seguimento do Perfil
Projeto adequado resulta numa melhor eficincia de funcionamento
ONDE SE UTILIZA

Mquinas Ferramentas
Acionamentos
Prensas Mecnicas
Indstria Automvel Comandos de Vlvulas
Indstria Txtil
Armas Automticas
Tipos de Cames

Disco
Cilndrica
Frontal
Quadro
Invertida
Tipos de Seguidores
COMO SE FABRICA
ALGUNS FABRICANTES

Fabricante de Cames para vrios construtores de veculos ligeiros e comerciais


(ex: Scuderia Ferrari)

Lder Mundial no ramo de rolamentos e vedantes, detm uma posio cada vez
mais importante no mercado de produtos de movimento linear

Projeta e fabrica Cames e mecanismos de Came para qualquer


sector que requeira automao e movimentos de transferncia
precisos e repetitivos
PROJETO DE CAMES
CONSIDERAES GERAIS
NOMENCLATURA
Crculo de Base

Crculo Principal

Curva Primitiva

Crculo Primitivo

ngulo de Presso

Pontos Primitivos
PRINCPIO DA INVERSO
DIAGRAMA DE DESLOCAMENTO

Para se desenvolver a superfcie da


came, mantm-se a mesma estacionria
e gira-se o seguidor no sentido oposto
ao da rotao da came

Eixo xx: ngulo de Rotao da Came


Eixo yy: Curso do Seguidor
COMO SE DIMENSIONA / CLCULOS

1. Desenhar 2 Crculos (Max e Min)


2. Divises iguais (tipicamente 30). Ponto A 0
3. Diagrama:
Eixo xx: Rotao da came [graus]
Eixo yy: Deslocamento do Seguidor [mm]

4. Unir Pontos da Came ao eixo do Seguidor


5. Traar Linhas do Eixo do Seguidor ao Diagrama
6. Traar Diagrama no sentido contrrio de
EXISTNCIA DE PONTAS